Alguns estudos referem que cerca de 20% dos portugueses tem dificuldade em adormecer e que não dormem o suficiente. Os especialistas do sono alertam para a importância de uma boa noite de descanso, tanto nos adultos como nas crianças, para um bom funcionamento global do organismo. Afinal, este é o momento em que recuperamos as nossas capacidades físicas, intelectuais e mentais.

O colchão que escolhemos tem uma grande influência na qualidade do sono. Dormir num colchão desadequado pode provocar dores nas costas, no pescoço ou por todo o corpo. Um colchão de qualidade é sinónimo de boas noites de sono e, a qualidade do sono, é fundamental para uma vida saudável.

Existem aspetos sobre como escolher um colchão que não podem ser descurados. Descobre quais são.

Existem diferentes tipos de colchões

Para perceberes como escolher um colchão, é crucial entender os materiais disponíveis e encontrar aquele que melhor se adapta a ti. O material tem influência na tua posição a dormir, no conforto e até na temperatura.

Colchão de molas

O colchão de molas é o mais comum, sendo constituído por molas de vários tipos de metal, permitindo manter a sua forma por vários anos. O espaçamento entre as molas promove a circulação do ar, permitindo a respirabilidade do próprio colchão.

Existem ainda molas bicónicas, cujos colchões permitem definir zonas ergonómicas. São molas de aço, de duração e resistências variáveis, revestidas por uma camada de espuma para dar um maior conforto.

Por fim, podes ainda considerar colchões com molas ensacadas, que se adapta melhor ao corpo, especialmente quando partilhado por duas pessoas de diferentes pesos. Este tipo de molas está mais bem preparado para garantir noites mais tranquilas.

Colchão de espuma

Muito associado a um melhor conforto e suporte do corpo, os colchões de espuma adaptam-se a cada movimento do teu corpo e recuperam sempre a forma original. Adequam-se a qualquer posição para dormir e têm um ponto elástico fixo, impedindo a transferência de energia e vibrações, quando alguém se move.

Também há desvantagens. Devido ao seu material de espuma, este tipo de colchão retém o calor e pode tornar-se demasiado quente para alguns utilizadores, sensíveis às elevadas temperaturas. São uma ótima escolha para quem quer algo simples para descansar e existem em diferentes tamanhos e alturas.

Este tipo de material adequa-se tanto a estrados de madeira perfurada e de ripas, mais rijos, ou a estrados de molas, mais suaves.

Colchão de látex

Os colchões de látex aptam-se aos teus movimentos durante a noite, mantêm uma temperatura amena e são menos propícios à proliferação de alergénicos. São uma ótima opção para asmáticos ou para quem sofre de alergias no geral, podendo ainda ser revestido com uma capa anti ácaros.

Pode ser um tipo de colchão que exija um investimento mais elevado, mas as suas características trazem vantagens ao teu descanso e podem justificá-lo. Este colchão adequa-se quer a estrados de madeira, quer de molas.

11 truques de limpeza para quem tem problemas respiratórios

Colchão viscoelástico

Os colchões viscoelásticos também são de espuma, mas com maior elasticidade. Adaptam-se igualmente aos contornos do teu corpo, sem deformar ou perder a sua essência. Este tipo de colchão suporta qualquer peso e altura, com toda a qualidade e conforto.

Para manter a pressão, são constituídos por uma camada extra de espuma ou molas, sendo comum encontrar no mercado uma oferta de colchões mistos de viscoelástica com molas ou espuma de memória.

Colchão de água

Entre todos, o colchão de água é talvez o menos confortável e saudável, pela falta de firmeza do reservatório de água. Apesar de dar a ideia que pode ser agradável, de estares a flutuar durante o sono, este colchão não oferece o apoio correto ao corpo, pelo que não é aconselhável para uso permanente.

5 dicas para saberes como escolher um colchão

Depois de definido o material que melhor se adequa às tuas necessidades, existem ainda três aspetos que deves ter em conta na hora de escolher.

1# Tamanho

O colchão deve permitir o relaxamento das pernas e dos braços sem atingir as bordas, sendo recomendável ter um comprimento e largura de 20 a 30 cm a mais do que a estrutura do teu corpo. Para além disso, o colchão deve respeitar a base da cama.

As diferentes dimensões dos colchões são padrão e obedecem a regulamentações europeias, compreendendo pequenas variações possíveis.

  • Colchão simples: Para uma única pessoa, com medidas de 80/90 cm de largura por 190/200 cm de comprimento;
  • Colchão de corpo e meio: Para uma única pessoa, embora um pouco maior, com medidas de 120cm de largura por 190/200 cm de comprimento;
  • Colchão de casal: Para duas pessoas, com medidas de 140 a 170 cm de largura e 190/200 cm de comprimento.

Existem ainda colchões personalizados, projetados para quem tem necessidades especiais, podendo ser produzidos em dimensões específicas.

Sabes como escolher uma cama de casal? No OLX encontras os melhores modelos

2# Altura e espessura

Saber como comprar um colchão passa por estar atento a parâmetros como a altura e a espessura. Um colchão muito fino não vai garantir um sono confortável e pode causar dores musculares, se usado de forma recorrente. Um colchão muito alto também pode tornar-se incómodo.

Regra geral, o colchão deve ter uma altura entre 23 e 30 cm, embora a partir de 21cm de espessura já seja confortável.

3# O teu peso e altura

Na hora da compra, é preciso perceber se o colchão se adapta na totalidade ao teu corpo, ao teu peso e altura. Deve ser firme e flexível, mas também confortável e sustentar todo o peso do corpo sem ceder.

4# Partilha do colchão

Os colchões de casal são idealizados para receber dois corpos, sem prejuízo de conforto para uma das partes. Deves optar por um colchão que consiga receber duas pessoas diferentes, considerando diferentes pesos e alturas, sem que para isso um tenha de ficar desconfortável.

5# Densidade, altura e firmeza

Quando mais alto for e mais densidade tiver um colchão, mais conforto, resistência e durabilidade vai oferecer.

Já no que respeita à firmeza, esta deve ser intermédia para garantir a melhor qualidade de sono possível. Um colchão pouco firme dá a sensação de afundamento. Outro extremamente firme, pode dar a ideia de que estás a dormir no chão. O ideal é encontrar o meio termo.

Encontra o colchão certo para ti no OLX

Sabes o que fazer ao teu colchão velho?

Um colchão deve ser substituído a cada 8 a 12 anos, devido à perda de firmeza e de altura. Para garantir uma maior durabilidade, podes deixá-lo a arejar diariamente, para permitir que a humidade saia e, podes virá-lo regularmente, para não criar zonas de deformações e desníveis.

Se vais trocar de colchão, coloca o teu colchão antigo à venda no OLX e recupera algum do investimento que lhe dedicaste.

Caso o colchão já não apresente condições de ser usado, podes contactar o serviço municipal da tua área de residência, destinado à recolha de monos domésticos. Normalmente os colchões são encaminhados para um aterro sanitário, mas podem ser entregues a um sistema de tratamento de resíduos com capacidade de o desmantelar, separando as estruturas e que os entregue para reciclagem.

Quais as consequências de comprar um mau colchão?

A tua saúde é a primeira afetada. A compra de um colchão incorreto pode provocar diferentes tipos de problemas na tua saúde e condicionar a tua qualidade de vida.

Entre eles, podes vir a sofrer de insónias, ter cãibras ou dores musculares, dores cervicais e lombares, ou problemas de circulação sanguínea. Para além disso, noites mal dormidas têm impacto também no teu humor.

Posto isto, lembra-te que o teu descanso e uma boa noite de sono são sagrados. Agora que sabes como escolher um colchão, adere às entregas OLX para que o mesmo chegue até à porta de tua casa sem grande esforço.


Próximas leituras:

Guia para escolher um forno elétrico
Descobre tudo o precisas de saber acerca dos fornos elétricos e acerta …
Como escolher o sofá? Um guia prático
Procuras o teu primeiro sofá ou está na hora de trocar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *