Depois da crise sanitária que nos encerrou dentro de quatro paredes por longos meses no último ano, a mobilidade individual é cada vez mais valorizada, já que muitas pessoas procuram alternativas, como as motos elétricas usadas, para fugir aos transportes públicos apinhados.

E, claro, uma moto elétrica usada pode ser a solução ideal para quem trabalha ou estuda no centro da cidade e não tem carta de condução. Além disso, ainda consegues poupar alguns euros e o ambiente.

5 motos elétricas usadas que podes comprar por menos de 1000€

Yamaha EC-03

Yamaha-ec-03 motos elétricas usadas OLX

De aspeto minimalista, a Yamaha é uma scooter elétrica capaz de tornar o dia a dia mais divertido. E ainda que nova não esteja no grupo das mais baratas, não será difícil encontrar um exemplar entre as motos elétricas usadas, já que o seu lançamento já leva 11 anos. Muito leve e com uma bateria de iões de lítio de 15 Ah, a Yamaha garante que consegues percorrer 43 quilómetros com uma única carga (são 7 horas para a alcançar). E se notares que a bateria já não está a viver os seus melhores dias, poderás sempre tentar substituí-la – os valores estão longe das baterias dos carros elétricos. Mas voltemos à Yamaha EC-03: com 600 W de potência, esta scooter é capaz de atingir os 45 km/h, ainda que o melhor seja refrear o impulso da aceleração. É que já se sabe: no caso dos veículos elétricos, devagar se vai ao longe.

Vê todas as motos elétricas usadas à venda no OLX

Generic Onyx 50 Govecs

Generic Onyx 50 moto elétrica usada

A marca Generic nasceu com a mira apontada ao mercado italiano, mas rapidamente atraiu as atenções de outros mercados. Mesmo que o fabrico chinês levante dúvidas – e esta poderá ser a maior crítica que a pequena scooter, de menos de 100 kg, poderá receber (ainda que, nos dias que correm, saem da China produtos de elevada qualidade). O motor é de dois tempos e debita uma potência de 2,5 kW (pouco mais de 3 cv) às 6500rpm, atingindo uma velocidade máxima de 45 km/h, ideal para ti caso estejas a começar a aventurar-te com as duas rodas e se as tuas deslocações forem feitas maioritariamente em ambiente urbano. O equipamento é básico, mas na mala há espaço para guardares o capacete.

Megabike Power

Megabike Power moto elétrica usada

Mais uma moto elétrica usada para a qual não vais precisar de carta de condução, já que se enquadra no Artigo 112 do Código da Estrada: ou seja, na verdade é um velocípede, no caso, equipado com um motor auxiliar com potência máxima contínua de 0,25 kW, cuja alimentação é reduzida progressivamente com o aumento da velocidade e interrompida se atingir a velocidade de 25 km/h. A autonomia da bateria de 12 volts e 12 Amperes/hora (Ah) chega para percorrer até 32 quilómetros, mas a marca faz a ressalva: quanto mais pesado for o condutor, menos quilómetros conseguirá fazer com uma só carga. Já em termos de comodidade, podes contar com um pequeno espaço de arrumação sob o banco e uma cesta à frente.

Artigo relacionado: 4 motos que podes conduzir com menos de 16 anos

Rooder vespa elétrica

moto elétrica usada Rooder vespa

Eis uma scooter elétrica, com uma aura saída de um filme italiano dos anos 70 do século passado, mas sem deitar um único gás poluente. Afinal, como as restantes desta lista, trata-se de uma moto elétrica, ainda que, no caso em apreço, permita viajar até 80 quilómetros, graças a uma bateria de 40Ah. E para a carregar bastará deixar a bateria a carregar durante a noite: demora seis horas até ter a carga completa. A cereja está no facto de a bateria, de iões de lítio, ser amovível. Ou seja, não precisas de morar num prédio com garagem para carregares a tua motinha; basta levares a bateria contigo para casa. A potência de 2 kW permite acelerar até 45 km/h – mas, mais uma vez, tanto a rapidez como a duração da bateria vão depender do peso que se coloca em cima da mota.

Artigo relacionado: Guia para comprar uma moto elétrica usada

Mini Moto Dirt Bipower 500W – Elityon

Mini Moto Dirt Bipower 500W moto elétrica usada

Tens mais de 12 anos e já andas por aqui a espreitar que motas poderás conduzir? Esta poderá ser a tua cara! Mas com um senão: não poderás ir para a estrada com ela; terás de a usar apenas em circuitos ou em ambientes controlados (e privados). Ainda assim, pode ser esta a prenda ideal para te fazer vibrar: com potência de 500 W, a velocidade máxima poderá ser limitada pelo adulto que te estiver a supervisionar em 14, 28 e 40 km/h. Já a bateria, de 9 Ah, precisa de 4 a 6 horas para estar carregada. Depois, é pura diversão! Mas, um aviso: mesmo em zonas privadas, nunca deixes de usar proteções, nomeadamente capacete. Lembra-te: a segurança vem sempre em primeiro lugar.


Próximas leituras:

Pneus recauchutados: bom ou mau negócio?
Está na altura de trocares os “sapatos” do teu carro e ponderas …
5 dicas para vender uma moto em segurança no OLX
Vais vender uma moto no OLX? Segue as nossas regras de segurança …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *