Sabes aquela camisola que tanto adoras e que, por alguma razão, deixaste de ver? Provavelmente ainda está pelo teu roupeiro, apenas não a encontras devido à desorganização.

Com um roupeiro organizado é muito mais fácil encontrar as tuas peças preferidas, especialmente naquelas manhãs mais caóticas e complicadas.

Assim sendo, partilhamos sete dicas que te vão dar o empurrãozinho que precisas para deixar o teu roupeiro arrumado.

Organiza o teu roupeiro em 7 passos

1 # Esvazia o armário por completo

O primeiro passo para organizar o roupeiro é retirar tudo o que lá está dentro, incluindo cabides e caixas de arrumação. O teu roupeiro deverá ficar completamente vazio.

É nesta fase que vais encontrar peças de roupa e acessórios “perdidos”, como prova de que estavas mesmo a precisar de fazer uma reorganização.

2 # Realiza uma limpeza profunda

Antes de começares a planear e a visualizar como irás reorganizar o teu roupeiro é necessário fazer uma limpeza profunda. Dá especial atenção ao pó acumulado nas arestas do armário e a todos os acessórios que possam ter acumulado sujidade (pó ou humidade), como cintos, cestas e malas.

Temos uma dica extra para ti: coloca ambientadores próprios para armários para que a tua roupa fique sempre cheirosa, não ganhe bolor nem seja alvo de traças.

3 # Separa o que vais manter, doar e vender

Esta é a etapa mais importante para a organização do teu roupeiro. É necessário que te foques naquilo que pretendes manter e decidir o rumo daquilo que já não precisas mais. Para isso, separa as roupas em quatro pilhas diferentes:

  • O que é para o lixo: toda a roupa que estiver danificada e não pode ser reaproveitada.
  • O que é para manter: as roupas que mais gostas e que vestes frequentemente.
  • O que é para doar: peças que se encontram também em bom estado, mas que já não te servem ou não queres usar mais.
  • O que é para vender: aproveita tudo o que estiver em bom estado e tiver algum valor, para venderes mais tarde. Atualmente é muito fácil vender artigos usados, basta anunciá-los no OLX. Não só estarás a dar uma segunda oportunidade àquelas peças, como ainda ganhas algum dinheiro sem sair de casa!

4 # Projeta o novo sistema de organização

Roupeiro vazio, limpeza feita e roupas separadas. É hora de idealizar a melhor forma de guardares a tua roupa.

Opta por um sistema de arrumação que te permita tirar o máximo proveito do espaço e manter as tuas roupas e acessórios organizados. Projeta um organizador que te permita rentabilizar o espaço superior do teu roupeiro. Se tens muitas malas ou chapéus, o melhor é idealizares divisórias para não perderem a sua forma. Quantos cabides vais necessitar para todas as tuas camisas? Tens as ferramentas necessárias em casa? Descrimina tudo aquilo que precisas e compra o que está em falta.

5 # Instala organizadores de armários

Agora que o novo sistema de organização está desenhado, é necessário tirar as ideias do papel e pô-las em prática.

Mantém-te fiel ao plano idealizado e começa a instalar os organizadores, divisores e suportes de armários que compraste ou que já tinhas por casa. Mãos à obra!

6 # Volta a arrumar todas as roupas que ainda vais usar

Planeia de que forma faz mais sentido organizar cada categoria de roupa – por cores e padrões, tamanhos, tecidos, etc. – e separa a roupa, dos acessórios e do calçado.

Reserva a frente e o meio do roupeiro para as peças que usas com mais frequência e utiliza a parte superior para roupas fora de estação ou de ocasião especial, como fatos de cerimónia. Já a parte inferior é um bom local para o armazenamento dos sapatos.

7# Mantém o roupeiro organizado

Organizar o roupeiro é um processo contínuo e que implica uma constante manutenção. O objetivo é que se façam adaptações frequentes conforme as necessidades do teu quotidiano e estilo de vida.

Se adotaste uma estratégia para guardares as tuas calças que não está a resultar, reorganiza novamente. Com a prática, vai-se tornando cada vez mais fácil.


Próximas leituras:

Mi Band 5: conhece o novo modelo da Xiaomi
A Mi Band 5 veio para ficar e traz ainda mais funcionalidades! …
Como escolher uma pulseira fitness e dar um boost aos teus treinos
Estás a pensar investir numa pulseira fitness, mas não sabes qual comprar? …