Se és fã de fotografia talvez já te tenhas apercebido que nos últimos anos este hobby tem vindo a ficar mais acessível. Atualmente, há mais oferta de máquinas fotográficas novas com um boa relação qualidade-preço. Mas também existem muitos outras opções económicas: podes comprar em segunda mão no OLX ou então, levá-la para todo o lado no teu smartphone.

Top 5 telemóveis com as melhores câmaras fotográficas

No entanto, embora vivamos numa era quase 100% digital, há coisas que nunca se perdem nem se querem perder, como a magia da fotografia analógica.

Se és apaixonado por fotografia e queres fazer os primeiros clicks com uma máquina fotográfica analógica, este guia vai ajudar-te!

O que é e como funciona a fotografia analógica?

A fotografia analógica teve origem no final dos anos 70, mas tornou-se muioto popular na década de 90. Desde então, conquistou o mundo e sobreviveu até aos dias de hoje.

Há quem diga que a fotografia analógica é uma arte que resiste ao tempo. Envolve uma máquina fotográfica específica (analógica) e a captura de fotografias em “filme”. Exige um processo de revelação específico e que cria um efeito único.

Os resultados tão especiais devem-se ao processo químico que acontece cada vez que tiras uma fotografia. Ao contrário da imagem digital, a fotografia analógica utiliza ‘filmes’ para gravar as imagens. Os filmes são tiras finas e transparentes de plástico, revestidas com uma emulsão de gelatina e compostas por pequenos cristais de haleto de prata, que determinam o contraste e a resolução da fotografia.

Estes cristais são sensíveis à luz e, quanto mais expostos, mais brilhante e detalhada fica a fotografia. Quando uma máquina fotográfica analógica tira uma fotografia, a lente expõe o filme à imagem. Esta exposição “queima” uma impressão na emulsão e cria aquilo a que chamamos de “imagem de latente”.

Uma vez capturada, a imagem é dissolvida num negativo e projetada para um papel fotossensível, dando assim origem à fotografia. É aqui que acontece a tal magia que deixa todos apaixonados pela fotografia analógica.

Mulher jovem a tirar fotografia com uma máquina analógica

Máquina fotográfica digital vs. Máquina fotográfica analógica

Existem vários elementos que distinguem estes dois tipos de máquinas. As máquinas fotográficas analógicas usam a tal película banhada pela solução fotossensível, enquanto que as digitais são compostas por sensores. 

Deixamos-te um quadro com o resumo das principais diferenças entre as duas máquinas fotográficas:

Máquina fotográfica analógicaMáquina fotográfica digital
É necessário um filme físico para capturar as imagens.A captura de imagens é digital e estas ficam armazenadas em cartões de memória.
Requer que as fotografias sejam reveladas quimicamente.São produzidas imagens visíveis instantaneamente.
Processo de revelação demorado.As imagens podem ser acedidas a qualquer momento, em qualquer dispositivo.
Número de exposições e de captura limitado pelo rolo.Número de exposições e captura de imagens ilimitado.
Não contém visor de pré-visualização.As máquinas fotográficas digitais reflex (DSLRS) permitem ver as imagens enquanto as capta.

Se acabas de ler a tabela e não estás familiarizado com a fotografia analógica podes estar a perguntar qual é a vantagem.

As melhores máquinas fotográficas abaixo dos 500€

4 vantagens das máquinas fotográfica analógicas

  1. HDR – High Dynamic Range: O filme padrão permite-te tirar fotografias com uma qualidade de imagem impressionante, com uma maior variação entre claro e escuro. Ao tirares fotografias a preto e branco com uma máquina fotográfica analógica, consegues reparar logo neste detalhe.
  2. Processo mais envolvente e consciente: Uma máquina fotográfica analógica nas tuas mãos representa uma oportunidade de sentir o verdadeiro processo da fotografia. É quase como uma viagem ao passado, um processo mais envolvente para aprender os princípios da fotografia. E uma vez que um rolo de filme limita o número de fotografias, sabes que é “one moment, one shot”. 
  3. Foco, disciplina e crítica: A fotografia analógica obriga-te a seres mais focado, crítico e disciplinado na hora de tirares fotografias. Uma máquina fotográfica analógica não tem um “modo automático” que tira fotografias quase perfeitas sem exigir muito de ti. Pelo contrário, obriga-te a ser mais rigoroso com enquadramentos, exposição e a explorar todos os botões e funcionalidades da máquina e da própria fotografia.
  4. Efeitos old school: Com uma máquina fotográfica analógica, não precisas de filtros do Instagram ou do Lightroom. Se te esforçares um bocadinho consegues criar tu mesmo esses efeitos, que são muito mais autênticos do que os produzidos num software de edição: sobreposição de imagens, fotografias superexpostas ou subexpostas ou arrastamentos.
Máquina fotográfica com rolos

Como utilizar uma máquina fotográfica analógica

Para seres um verdadeiro artista no mundo da fotografia de filme, deves tentar aprender mais sobre fotografia e praticar muito.

A par disso, tens de conhecer profundamente a tua máquina fotográfica analógica, todas as suas funcionalidades e configurações, nomeadamente:

Velocidade do obturador

A velocidade do obturador é o tempo, em segundos, que o obturador da tua máquina fotográfica analógica permanece aberto. Por exemplo, se na tua máquina tiveres a velocidade do obturador em 1/100 significa que este estará aberto por 1/100 de segundos.

Quanto mais rápida for a velocidade, mais facilmente consegues congelar e capturar movimentos rápidos, como um animal a correr. As velocidades mais lentas são ótimas para fotografia noturna porque, como o obturador demora mais a fechar, deixa entrar mais luz.

Abertura

Esta configuração representa o tamanho da abertura que permite a entrada da luz. Em qualquer máquina é representada por um “f/” seguido de um número. Quanto maior for este número, menor é a abertura (e vice-versa).

A abertura impacta a profundidade de campo e a distância entre os objetos a fotografar. Ou seja, aberturas maiores criam uma profundidade de campo menor e aberturas menores fazem com que os objetos principais fiquem mais focados.

Top 3 máquinas fotográficas analógicas

Estás à procura de uma máquina fotográfica analógica? Então, temos 2 coisas a dizer-te: a primeira é para dares preferência a máquinas fotográficas em segunda mão para promoveres a economia circular; a segunda é que vejas o nosso top 3 melhores máquinas fotográficas analógicas, se ainda não te decidiste sobre qual escolher.

1# Nikkormat

Aconselhamos-te a histórica 35mm Nikkomart original, mas podes sempre explorar os modelos seguintes, como a FTN, FT2, FT3, a série EL e por aí fora.

2# Pentax Spotmatic

Tal como a Nikkormat, a Pentax Spotmatic foi durante muito tempo a máquina fotográfica analógica mais desejada pelos amadores da altura e amantes da fotografia de filme.

Ambas têm uma robustez incrível. Se as molhar, basta colocá-las a secar e elas voltam a trabalhar como se nada tivesse acontecido.

3# Leica M

As máquinas fotográficas analógicas Leica M são uma continuação da lenda Leica Barnak. As mais conhecidas da série M são a M3 e a M4P. As versões mais recentes também apresentam uma qualidade incrível. Escolhe a que mais se adequa às tuas necessidades e à tua carteira.

Compra a tua máquina fotográfica em segunda mão no OLX

Já tens tudo aquilo que precisas para dar os primeiros passos (ou clicks) no mundo das máquinas fotográficas analógicas. Assim que começares, não há volta a dar!


Próximas leituras:

Como montar um estúdio fotográfico em casa
Gostas de fotografia e davas tudo para ter um estúdio fotográfico em …
Tablet ou portátil: qual escolher?
A escolha entre um tablet ou portátil vai além das características que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *