A bateria do telemóvel é um dos componentes mais sensíveis e cujo desgaste depende do uso. Tal como acontece com outros dispositivos eletrónicos, o comportamento do utilizador determina a sua durabilidade e bom funcionamento. Por isso é tão importante conhecer os comportamentos que podem mesmo prejudicar a bateria do telemóvel e quais os mitos que não passam de ficção.

1. Devo esperar que o telemóvel descarregue totalmente antes da primeira carga

Mito! Se antigamente, esperar que o telemóvel descarregasse por completo antes de fazer a primeira carga era uma boa prática, agora já não é bem assim. Esta herança da primeira geração de bateria de telemóvel de níquel, que passou agora para baterias LiPo, não passa agora de um mito.

Artigo relacionado: 7 smartphones com melhor bateria

2. Carregar a bateria do telemóvel durante toda a noite faz mal

Apesar de ser um mito relativamente comum, é um mito. Muitas pessoas assumem que deixar o telemóvel a carregar durante toda a noite é prejudicial para a bateria. No entanto, os smartphones atuais incluem tecnologia que faz com que parem de carregar e de consumir energia, após concluir a carga necessária.

Posto isto, não vais ficar com a bateria do telemóvel viciada por estar toda a noite ligado à tomada.

3. Carregar a bateria do telemóvel num espaço público é perigoso

Verdade! Até há uns anos, esta questão nem se colocaria porque a entrada de carregamento servia apenas essa função. Hoje, é possível (e conveniente) carregar o telemóvel a partir de portas USB – relativamente comuns em locais públicos como centros comerciais ou aeroportos.

O que pode parecer uma ajuda preciosa, pode facilmente tornar-se uma ameaça. É desta forma que cibercriminosos infetam os dispositivos móveis e acedem aos dados pessoais. Se a bateria é algo que nunca te pode falhar, o método mais seguro é utilizar um powerbank.

4. A bateria do telemóvel deve ser recarregada apenas quando vai “a zero”

É outro mito e vamos explicar-te porquê. A maioria das baterias de telemóvel atualmente usadas são de lítio e funcionam por ciclos. Ao contrário do que possas pensar, carregar o telemóvel apenas quando a bateria descarrega por completo pode até afetar o desempenho do smartphone, se o fizeres com frequência. O ideal é carregar a bateria do telemóvel quando esta estiver abaixo dos 20%.

5. O carregamento rápido pode comprometer o desempenho da bateria do telemóvel

Veredito: depende! Se utilizares o carregamento rápido em dispositivos que estejam preparados para tal, não há problema. No entanto, se utilizares um sistema de carregamento rápido num dispositivo que não possui gestão integrada para tal, isso sim, pode comprometer a durabilidade da bateria.

6. Só se pode carregar a bateria do telemóvel com carregadores da marca

Falso. Não há problema em carregar o telemóvel com carregadores que não sejam da mesma marca do dispositivo. Existe uma ampla gama de marcas que produzem excelentes carregadores, a preços mais convidativos. No entanto, é importante encontrar um modelo com as mesmas características de amperagem e tensão. Se a qualidade do carregador não puder ser verificada, o ideal é não comprometer o teu dispositivo. 

Artigo relacionado: Os 10 melhores telemóveis até 150€

7. Não se deve usar o telemóvel enquanto carrega

É mito que não se possa utilizar o telemóvel enquanto carrega. Não há problema, desde que se evite o sobreaquecimento, que é prejudicial à bateria do telemóvel. Além disso, desligá-lo durante o carregamento apenas vai influenciar a rapidez do processo, mas não a durabilidade da bateria. 

8. O modo de poupança só poupa bateria quando se está na “reserva”

É mito. O modo poupança é muito útil para situações em que se tem pouca bateria. Mas também ajuda a prolongar a autonomia, mesmo quando o telemóvel está totalmente carregado. No entanto, ao ativar este modo está-se a limitar o desempenho do telemóvel, pelo que não é recomendado que esteja sempre ativo.

9. As baterias dos telemóveis não carregam mais rápido em modo avião

Se não acreditas que tal acontece, faz o teste. O modo avião permite um carregamento mais rápido do dispositivo, porque desativa a troca de dados entre o smartphone e a operadora, reduzindo o seu consumo energético. Nos modelos mais recentes, essa diferença nota-se também ao desligares o Wi-Fi e o Bluetooth.

10. Fechar aplicativos abertos é indiferente para a economia da bateria do telemóvel

Não, não é indiferente. De facto, as apps em segundo plano continuam a consumir dados da rede do teu telemóvel ou do Wi-Fi, o que obriga a um gasto contínuo de energia. É claro que os smartphones mais recentes podem fazer uma melhor gestão da bateria dessas aplicações, mas para preservares a tua bateria podes mesmo fechá-los. Vais notar diferenças.

11. Não se deve carregar o telemóvel através do computador

Correto! Evita carregar constantemente a bateria do teu telemóvel através de outros dispositivos, como o computador. Existe uma diferença na capacidade de carregamento oferecida. Como consequência, o telemóvel sobreaquece devido à oscilação das correntes entre as diferentes entradas USB.

Agora podes ajustar os teus hábitos à utilização que dás à bateria do teu telemóvel e usufruir do máximo desempenho do mesmo. Se gostavas de ter um telemóvel com maior bateria, vende o teu modelo antigo no OLX e encontra smartphones de última geração a preços incríveis.


Próximas leituras:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.