Cada família tem as suas próprias tradições de Natal. Mas no que toca à ceia de Natal, há clássicos incontornáveis: o bacalhau cozido ou assado são presença obrigatória para muitos. Mas há muitas outras que vale a pena experimentar este ano. Estas são 6 opções que não podem faltar.

Artigo relacionado: 8 ideias para decorar a mesa de Natal

6 receitas para a Ceia de Natal

#1 Bacalhau cozido

Ingredientes:

  • 4 postas de bacalhau grossas
  • 1 kg de batatas
  • 1 couve portuguesa
  • 4 ovos
  • 3 dentes de alho
  • 400 ml de azeite
  • 2 folhas de louro
  • Sal

Modo de preparação:

  1. Descasca as batatas e corta-as ao meio ou em quatro.
  2. Lava bem as folhas da couve portuguesa.
  3. Coloca uma panela com água temperada com sal ao lume, e leva as batatas a cozer com os ovos e o bacalhau. Quando estiver a ferver, junta as couves e deixa cozer.
  4. Numa frigideira coloca o azeite, as 2 folhas de louro e os dentes de alho esmagados. Deixa cozinhar por uns minutos.
  5. Depois, coloca as postas de bacalhau, as couves e as batatas numa travessa e serve de imediato, acompanhando com o azeite aromatizado à parte.

O que fazer com o que sobra do bacalhau: A resposta mais óbvia é a Roupa Velha, uma receita típica, feita precisamente com as sobras do bacalhau da ceia de Natal. Este prato tradicional português ganha o seu nome devido ao seu aspeto, resultado da envolvência de todos os alimentos, cortados em pedaços, numa mistura de cores e sabores. Normalmente é regado apenas com um fio de azeite e servido antes do prato de carne.

#2 Polvo à lagareiro

Ingredientes:

  • 1,5 kg de polvo
  • 250 ml de azeite
  • 2 cabeças de alho
  • 1 cebola
  • 900 g de batatas
  • 2 folhas de louro
  • Sal
  • Pimenta branca
  • Salsa

Modo de preparação:

  1. Aquece o forno a 160ºC.
  2. Numa panela, coze o polvo com cerca de 5 litros de água, 50 ml de azeite, uma cabeça de alho esmagada e uma cebola com casca, e coze durante 40 minutos, até ficar tenro. Tempera com sal e deixa-o arrefecer na própria água.
  3. Separa a cabeça dos tentáculos e reserva-os numa travessa de ir ao forno.
  4. Lava bem as batatas e envolve-as no sal. Para que estas fiquem macias, leva-as ao forno a 160ºC, durante 35 minutos.
  5. Sacode bem o sal das batatas e junta-as aos tentáculos. Aumenta o forno para 180ºC.
  6. Rega o polvo e as batatas com 200 ml de azeite, distribui os dentes de alho esmagados e as folhas de louro pela travessa e polvilha com pimenta branca.
  7. Leva ao forno e retira quando o polvo estiver dourado.
  8. Polvilha com salsa picada e serve o polvo de imediato.

O que fazer com as sobras de polvo: Pataniscas de polvo pode ser a solução perfeita. Com o resto do polvo à lagareiro, junta cebola, ovo e alguma farinha para criar umas pataniscas saborosas. Depois basta servir com um arroz de tomate ou grelos salteados.

#3 Bolo de rei

Ingredientes:

  • 750 g de farinha trigo
  • 30 g de fermento padeiro
  • 150 g de margarina vegetal
  • 150 g de açúcar
  • 150 g de frutas cristalizadas
  • 150 g de frutos secos
  • 4 ovos
  • 1 limão
  • 1 laranja
  • 100 ml de vinho do Porto
  • Sal

Modo de preparação:

  1. Pica as frutas cristalizadas e deixa a macerar com o vinho do Porto e as frutas secas.
  2. Dissolve o fermento em 100 ml de água tépida e junta-a a uma chávena de farinha. Mistura e deixa a levedar em ambiente morno, aproximadamente 15 minutos.
  3. Bate a gordura, o açúcar e a raspa das cascas do limão e da laranja. Junta os ovos, um a um, batendo entre cada adição. Depois, junta a massa de fermento.
  4. Com tudo bem ligado, adiciona a restante farinha peneirada com o sal. Bate a massa muito bem, devendo esta ficar macia e elástica.
  5. Junta as frutas maceradas no vinho e volta a amassar. Molda uma bola.
  6. Polvilha a massa com farinha, tapa com um pano e envolve a tigela com um cobertor, para levedar em ambiente morno aproximadamente 5 horas.
  7. Quando a massa estiver bem levedada vai dobrar de volume. Mexe e molda novamente em bola. Coloca-a sobre um tabuleiro untado e faz um buraco no meio. Coloca a fava e o brinde, embrulhado em papel vegetal, e deixa levedar mais 1 hora.
  8. Pincela o bolo com gema de ovo e enfeita com frutas cristalizadas inteiras, torrões de açúcar, pinhões inteiros, nozes e outros a teu gosto.
  9. Leva a cozer por 20 minutos. Depois de cozido podes pincelar com geleia diluída num pouco de água quente.

O que fazer com sobras de bolo-rei: Nada melhor que as torradas de bolo-rei com manteiga nos dias seguintes ao Natal. Se ainda não experimentaste, vale a pena.

Artigo relacionado: Guia de compra para balanças de cozinha

#4 Filhós

Ingredientes:

  • 30 ml de aguardente
  • 100 ml de leite meio gordo
  • 10 ovos M
  • 100 ml de azeite
  • 100 g de açúcar
  • 1 colher de canela em pó
  • 1 kg de farinha
  • 2 colheres de sobremesa de fermento em pó
  • Sal

Modo de preparação:

  1. Coloca a farinha, o fermento e o sal numa tigela e mistura bem.
  2. Junta a aguardente e o leite, e começa a amassar com as mãos.
  3. Junta os ovos, um a um, e continua a amassar.
  4. Quando tudo estiver bem ligado, unta as mãos em azeite e trabalha a massa até esta se despegar da tigela.
  5. Continua a amassar por mais 2 minutos, tapa a tigela com um pano e deixa levedar por 2 horas.
  6. Faz pequenas bolas achatadas e frita em óleo bem quente.
  7. Polvilha com açúcar e canela e serve.

Os filhós são os fritos típicos da ceia de Natal. Doces, fritos em azeite e servidos envoltos de açúcar e canela, deixam um cheiro no ar tipicamente natalício. Esta sobremesa tradicional portuguesa tem origem nas Beiras mas é um clássico em todo o país.

#5 Rabanadas

Ingredientes:

  • 800 ml de leite
  • 100 g de açúcar
  • 1 casca de limão
  • 2 paus de canela
  • 3 ovos M
  • Óleo para fritar
  • Pão fatiado (cacete)
  • Canela e açúcar para polvilhar

Modo de preparação:

  1. Ferve o leite com a casca de limão, a canela e o açúcar.
  2. Bate os ovos. Se não tens uma batedeira, compra uma em segunda mão.
  3. Depois de colocares o óleo a aquecer, molha as fatias de pão na mistura de leite e depois passa pelos ovos batidos.
  4. Depois de fritar, seca as fatias em papel de cozinha e polvilha com açúcar e canela.

As rabanadas já são bem conhecidas nesta época e não faltam à chamada das sobremesas típicas da ceia de Natal. Um caso diferente são as rabanadas com vinho tinto. Espreita a receita e experimenta qual das duas gostas mais.

#6 Rabanadas de vinho

Ingredientes:

  • 0,5 l de vinho tinto
  • 2 colheres açúcar
  • 1 pau de canela;
  • 10 fatias grossas de pão
  • 2 ovos M

Modo de preparação:

  1. Leva ao lume meio litro de vinho tinto com duas colheres de açúcar e um pau de canela.
  2. Verte para um prato e mergulha as fatias de pão cortadas.
  3. Passa o pão por dois ovos batidos e frita em óleo bem quente.
  4. Podes servir polvilhadas com canela.

Para resultados mais saborosos, faz as tuas rabanadas com um cacete do dia anterior, para que esteja um pouco seco e não se desfaça na preparação.

Artigo relacionado: Reduz o desperdício alimentar em 7 passos

No Natal existe maior propensão ao desperdício alimentar. Entre as várias opções para minimizar o desperdício, estas são as mais importantes:

  • É essencial começar com uma boa preparação e seleção da quantidade correta de alimentos para a família;
  • É possível aproveitar várias sobras da ceia de Natal e transformá-las noutros pratos igualmente saborosos e ricos nutricionalmente;
  • Armazenar os alimentos corretamente é essencial para reduzir o desperdício alimentar;
  • Dividir as sobras entre todos permite que o desperdício alimentar seja reduzido ou até mesmo eliminado.

Segue estas receitas e cria uma ceia de Natal inesquecível com quem mais gostas!


Próximas leituras:

Sabe se está na altura de trocares as escovas do para-brisas
A borracha das escovas para-brisas gasta-se e há que substituí-las periodicamente. Será …
O teu carro está a fazer barulhos estranhos
Se não tens o ouvido treinado para identificar o tipo e a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.