Há uma certa tendência para confundir o climatizador com o ar condicionado, mas são dois dispositivos e conceitos diferentes. Estas são as principais diferenças entre estes dois equipamentos.

Método de funcionamento

Sabias que para arrefecer, um ar condicionado primeiro aquece? E que um climatizador funciona com evaporação de água e por isso não é tão eficaz em locais húmidos? As diferenças começam logo no método fundamental de funcionamento, que vai influenciar todas as restantes características destes equipamentos. Estes são os princípios gerais de cada um.

Climatizador

Os climatizadores funcionam por evaporação, isto é, arrefecem a temperatura do ar por meio de água. O aparelho absorve o ar da divisão, que passa por um filtro húmido e é transformado em ar fresco, para ser expulso na divisão através de um ventilador.

É necessário encher o depósito de água para que o processo de evaporação ocorra. Importa também referir que quanto mais calor e menos humidade estiver, mais baixa será a temperatura alcançada.

Ar condicionado

O ar condicionado funciona um pouco como um frigorífico, e combina funções de ventilação, aquecimento, circulação, arrefecimento e filtragem do ar. Confuso? Tudo acontece em 5 passos.

  1. O processo começa quando o ventilador suga o ar do ambiente para dentro do aparelho de ar condicionado;
  2. A seguir, o ar passa por um circuito onde contacta com uma substância líquida, chamada R22, formada por uma mistura de cloro, flúor e carbono. Ao absorver o calor do ar que vem do ambiente externo, esta substância evapora;
  3. De seguida, este composto passa por um compressor onde sofre um aumento de pressão e aquece;
  4. A seguir, o condensador, que está no exterior do aparelho em contacto com o ar ambiente, faz com que este composto volte ao estado líquido (dá-se a condensação que é de onde vem a palavra “condensador”);
  5. Daí, a substância refrigerante entra numa válvula que a faz perder pressão, reiniciando o ciclo.

Durante todo este processo, o ar do ambiente interno para o qual o aparelho está voltado é continuamente refrigerado e sofre gradualmente uma perda de humidade. Ao mesmo tempo, a parte externa do equipamento torna o ar mais quente e húmido.

O ar condicionado tem maior capacidade para baixar a temperatura do que o climatizador, em média. Em climas secos, os climatizadores podem reduzir a temperatura entre 10 e 12 graus. Já em climas húmidos, a redução pode verificar-se entre 5 e 7 graus.

Clica aqui e encontra o ar condicionado ideal para casa com estas dicas

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

Se vives em zonas muito húmidas, o ar condicionado, devido ao seu método de funcionamento, é a melhor solução para ti. Em geral, é o que apresenta maior capacidade de refrigeração.

Instalação

Neste ponto a grande diferença é a necessidade, ou não, de abrir a parede para criar uma ligação ao exterior.

Climatizador

Os climatizadores mais comuns não precisam de tubo com saída para o exterior, basta apenas ligá-los à corrente elétrica. Além de que não requerem obras para instalação, os climatizadores são portáteis, fáceis de transportar.

Ar condicionado

O ar condicionado pode ser colocado em qualquer divisão da tua casa ou do teu escritório, mas necessita de uma abertura para o exterior por onde passará o tubo por onde obtém o ar. Por isso, exige obras.

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

Se não estás disposto a contratar um profissional para instalar o ar condicionado, o climatizador é a melhor opção para ti.

Consumo

Também neste capítulo há diferenças importantes entre os dois.

Climatizador

Os climatizadores são mais eco-friendly em relação aos aparelhos de ar condicionado, o que pode representar uma poupança de até 80% em energia. O seu consumo oscila entre 60 e 180 W, consoante o modelo que escolhas.

Podes ter como ponto de partida as seguintes recomendações:

  • Para uma divisão entre 0 e 15 m² precisas de um climatizador de 100 W;
  • Para uma divisão de 20 m², como uma sala, basta um climatizador de 150 W;
  • Para climatizar o exterior, necessitas de um aparelho com maior potência e uma tomada para o ligar. Podes ainda procurar por alguns modelos que permitem ligar diretamente uma mangueira para o abastecimento em água.

Ar condicionado

O ar condicionado, para além da necessidade de uma saída de ar para o exterior, tem um consumo energético superior.

O primeiro ponto a considerar é que não há um só tipo de ar condicionado, mas vários:

  • Portátil. Equipamento que exige a instalação de um kit de deslocação de janelas nas divisões onde vai ser utilizado.
  • Fixo para uma divisão (split). Equipamento tradicional que exige a instalação de uma unidade interior e uma unidade exterior, sendo utilizado para a climatização de apenas uma divisão.
  • Fixo para duas ou mais divisões (multisplit). Aparelho tradicional que exige a instalação de duas a cinco unidades interiores e uma unidade exterior capaz de suportar as necessidades de climatização.

Cada tipo de ar condicionado tem consumos padrão distintos, pelo que devem ser comparados apenas modelos da mesma tipologia.

Por outro lado, alguns modelos oferecem uma funcionalidade conhecida como Inverter, que permite uma maior poupança energética, melhoram a qualidade do ar, fazem menos ruído e têm design leve e compacto. Como referência, a potência destes equipamentos pode facilmente atingir 1.000 a 2.000 W, portanto muito superior aos climatizadores, e com consumo energético proporcional.

Mas nenhuma comparação estará completa sem se considerar os BTU (ou British Termal Units), métrica que avalia a capacidade de refrigerar de um equipamento. Para os mesmos 1.000 W de potência, um equipamento pode atingir os 7.500 BTU e outro os 10.000 BTU. Isto quer dizer que o segundo é mais eficiente, ou seja, que com a mesma potência e consumo arrefece mais.

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

No que toca a consumo energético, o climatizador sai vencedor. Mas tudo depende do utilizador. Evita mudanças de temperatura acentuadas, uma vez que o consumo energético aumenta 7% cada vez que aumenta a temperatura apenas 1ºC. A temperatura ideal da casa deve rondar os 18ºC e os 22ºC.

Sabes o que é a Aerotermia? Lê tudo sobre este sistema aqui

Alcance

Quanto maior o alcance do equipamento, maior a capacidade de arrefecer uma sala de grandes dimensões. Neste campo, existem diferenças importantes e um claro vencedor.

Climatizador

O climatizador é perfeito para espaços pequenos, mas não está desenhado para arrefecer a casa toda. Mesmo assim, a maioria destes equipamentos possui rodas para que possam ser facilmente transportados.

Ar condicionado

A capacidade de arrefecimento de um ar condicionado é expressa em BTU. Para encontrar um modelo que arrefeça uma área grande basta escolher um modelo com mais BTU. Como referência:

Área da salaBTU
até 10 m2até 7.500 BTUs
12 m27.500 BTUs
15 m210.000 BTUs
20 m212.000 BTUs
30 m215.000 BTUs
40 m218.000 BTUs
50 m221.000 BTUs
70 m230.000 BTUs
Fonte: Megaclima

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

O vencedor é claro: se tens um espaço grande para arrefecer, prefere o ar condicionado.

Renovação do ar

A qualidade do ar é cada vez mais uma preocupação e, muitas vezes, o ar interior é mais poluído do que o exterior. Isto porque não há uma renovação eficiente, problema que a melhoria dos isolamentos veio agravar.

Climatizador

Outra das vantagens dos climatizadores é a capacidade de renovar o ar para obter um ambiente mais limpo, fresco e filtrado, evitando fumos e odores. Alguns modelos incluem ainda um ionizador e, por isso, revelam-se adequados para pessoas com problemas respiratórios.

Ar condicionado

A instalação do ar condicionado exige uma saída de ar para o exterior, mas não existe captação direta de ar do exterior para dentro de casa nem a recirculação de ar entre espaços. O aparelho que está na sala de estar arrefece o ar que já estava na sala de estar. Por si só, o ar condicionado não garante a necessária renovação do ar.

É por isso que se recomenda a abertura frequente de janelas e portas. Neste caso, é preferível abrir as janelas mais vezes durante o dia e por períodos de tempo de cinco a dez minutos. Assim, pode ligar o seu aparelho de ar condicionado, e evitar que o ar fique “viciado”.

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

Neste capítulo, o vencedor é o climatizador. Mas é sempre preferível a renovação natural do ar, abrindo as janelas.

Encontra o teu climatizador mais barato no OLX

Versatilidade

A versatilidade é a capacidade de adaptar a utilização dos equipamentos a diferentes espaços e necessidades, com um esforço mínimo. Quem vence?

Climatizador

Sabias que o climatizador pode ser utilizado no interior da casa e também no exterior, como em terraços? Em ambientes secos, é perfeito, já que evapora a água.

Por outro lado, não é recomendado em climas húmidos. De facto, é necessário ventilar a divisão com frequência para evitar a condensação de humidade e para que o climatizador possa resfriar o ar novo repetidamente.

Ar condicionado

A instalação do ar condicionado pode ser complexa e mudar o local de instalação exigirá obras. No entanto, adapta-se melhor a ambientes mais húmidos, um dos problemas do climatizador.

Por outro lado, existe sempre a hipótese de escolher um ar condicionado “portátil”, alguns dos quais vêm com rodas. Mas nota que são equipamentos pesados, e alguns podem medir quase um metro de altura. Tendem também a ser mais caros do que os fixos, para os BTU que apresentam.

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

Depende. Se precisares de mobilidade, o climatizador é a melhor opção. No entanto, o ar condicionado funciona melhor numa variedade grande de condições ambientais.

Manutenção

Qualquer uma das opções exige manutenção e cuidados. É importante seguir o plano de manutenção para evitar a acumulação de bactérias e fungos que podem ser perigosos para a saúde. Estas são as diferenças entre os equipamentos.

Climatizador

O climatizador requer manutenção e limpeza superiores ao de um ar condicionado, uma vez que ao operar com água é propenso a acumular cal e outros resíduos nocivos. É necessário efetuar uma inspeção e limpeza anual do depósito de água, para que o teu climatizador funcione nas melhores condições. É também recomendado fazer ainda uma última inspeção do aparelho no final da temporada de utilização.

Ar condicionado

A manutenção do ar condicionado passa pelos seguintes elementos:

  • Filtros. Os filtros eliminam ácaros, vírus e bactérias. Limpá-los é uma tarefa bastante simples. Deverá abrir a tampa da unidade interior, retirar o filtro do porta-filtros e de seguida usar um aspirador para retirar todas as partículas de pó. De forma a manter um ar purificado em todo o ambiente, o filtro deverá ser limpo a cada 15 dias.
  • . A limpeza da frente plástica e do equipamento do ar condicionado, deverá ser periódica, com uma flanela ou um pano macio ligeiramente embebido em água morna e sabão neutro. Não utilizes álcool, detergentes, ou mesmo água diretamente sobre a frente plástica do aparelho.
  • Gás. A perda de gás refrigerante é um mal comum dos ares condicionados. Caso isso aconteça, o carregamento de gás não é uma boa solução. É necessário localizar a fuga e repará-la.

Conclusão: Climatizador ou ar condicionado?

O ar condicionado sai vencedor, mas os dois precisam de cuidados regulares. Se detectares um problema e não saibas como resolver, pede ajuda a um técnico especializado.

Preço

Normalmente, o preço de um climatizador é inferior ao de um ar condicionado.

Afinal, qual é a melhor opção para casa?

Resumindo as várias características principais, estes são os mais adequados para cada situação:

  • O climatizador é mais fácil de instalar, renova o ar interior, é móvel, barato e tem menor consumo, mas não é indicado para ambientes húmidos ou espaços grandes;
  • O ar condicionado é mais fácil de manter, mais versátil, mais potente e tem maior alcance, o que permite facilmente arrefecer espaços grandes, mas consome mais, não renova o ar interior e é mais caro.

Qual é o melhor para ti? Qualquer que seja a tua escolha, não te esqueças de que o mercado em segunda mão é uma excelente opção para adquirires estes equipamentos, a preços mais baixos. Quanto a isso, conta com o OLX!


Próximas leituras:

Os melhores processadores de 2021
Tudo o que precisas de saber para escolher processadores está neste guia. …
Tudo sobre o Realme GT 5G
Descobre tudo o que precisas de saber antes de comprares o teu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *