Bonitos, pequenos, surpreendentes. Assim são os bonsais, réplicas fiéis de árvores na natureza, em tamanho reduzido. A sua origem remota ao século III A.C, quando religiosos budistas começaram a produzir estas pequenas maravilhas na China. Hoje como há mais de 2.000 anos, os bonsais exigem minúcia e paciência. Neste artigo damos-te 8 dicas chave para cuidar de um bonsai.

Os diferentes tipos de bonsais

Para cuidar de um bonsai, é essencial saber que não existe apenas um tipo. Cada um tem um nível de exigência e cuidados diferente.

Tachi-gi — Bonsais de tronco único e ereto

Um tipo de bonsai, que se subdivide ainda em diferentes subcategorias, que importa conhecer para entender como cuidar de um bonsai:

  • Bonsai vertical formal: É o mais indicado para principiantes, uma vez que tem uma forma simples, com o trono reto e contornos arredondados, com uma base mais larga que o topo.
  • Bonsai inclinado: Tem a base inclinada e o seu tronco fica na diagonal.
  • Bonsai vertical informal: É semelhante à primeira subcategoria, no entanto, o tronco é curvilíneo e sinuoso
  • Bonsai varrido pelo vento: Está totalmente inclinado para uma determinada direção parecendo que está a ser empurrado pelo vento forte.
  • Bonsai vassoura: É um tipo raro. É proporcional por todo, o tronco é direito e a copa abre-se uniformemente, devendo o nome às vassouras tradicionais japonesas.

Kengai Bonsais de tronco projetado para baixo

Os bonsais Kengai são uma outra categoria que também tem várias subdivisões:

  • Bonsai cascata: Neste bonsai, o tronco está instruído para crescer na vertical e depois virar totalmente para baixo, ficando pendurado do vaso.
  • Bonsai semi-cascata: Parecido ao anterior, no entanto, apenas um dos troncos fica virado para baixo.
  • Bonsai literati: O tronco é robusto e tem uma imensidão de curvas.

A estes ainda se juntam os bonsais de tronco composto, com tronco duplo ou múltiplo, assim como o bonsai bosque ou floresta, que simula mesmo uma pequena floresta. As categorias referidas são as mais comuns e fáceis de encontrar em lojas da especialidade. Se souberes como cuidar de um bonsai, a sua esperança média de vida é bastante longa.

Encontra o teu bonsai preferido no OLX

Dicas sobre como cuidar de um bonsai

Vamos desmistificar a crença de que o bonsai é uma árvore difícil de cuidar, de manter são e vigoroso? Tratar delas não é assim tão difícil, se souberes como cuidar de um bonsai e seguires algumas regras básicas e dicas chave.

Bonsai na secretária

1# Localização

Para que o teu bonsai cresça de forma saudável, deves perceber qual a melhor localização para ele. Começa por perceber se o teu bonsai é de interior ou exterior, uma vez que isso vai implicar uma diferença nos seus cuidados.

Os bonsais precisam de muita luz solar, ainda que não diretamente, de ar, humidade e chuva. As variedades de interior devem ficar perto de janelas amplas e bem iluminadas. Os espaços frescos e longe de fontes de calor são os mais indicados.

Os bonsais de exterior podem estar em varandas, jardins ou terraços que recebam a luz, o ar e a chuva que tanto precisam, mas de forma a ficarem protegidos e resguardados do calor intenso, assim como da geada e do frio extremo.

Existem alguns sinais de alerta a ter em conta. Folhas amareladas indicam excesso de luz. Folhas muito escuras são o alerta de que não recebem luz suficiente.

Conhece quais as melhores plantas de interior aqui

2# Rega

A rega de um bonsai é um dos momentos mais importantes para o seu cultivo. A quantidade de água que precisam depende da sua espécie, da localização em que se encontra e até da época do ano.

Quando notares que o substrato está seco, deves regar de forma abundante, até que a terra fique totalmente molhada e que a água saia pela drenagem. A rega deve começar desde cima, para que a humidade abra os poros da terra.

Após a rega, a bandeja não deve ficar cheia de água, para que as raízes não apodreçam. As bandejas de plástico ou cerâmica servem apenas para evitar que encharques os teus móveis. A rega é recomendada à noite.

Apesar de tudo, mais do que seguir uma regra, é necessário observares a tua árvore e perceberes os sinais que indicam que precisa de ser regada. Uma mistura para o solo que conserve mais água vai facilitar esta tarefa.

É ainda aconselhável pulverizar a planta de vez em quando, caso o bonsai esteja dentro de casa, uma vez que acumulam poeira nas suas folhas. Se pretendes apenas a limpeza das folhas, basta pulverizar uma vez por semana. Se queres reavivar um bonsai cansado, então podes pulverizá-lo todos os dias.

Para anotar:

  • 90% dos bonsais morre devido ao excesso de água;
  • Se a humidade for baixa, as temperaturas médias superiores a 20º e a planta tiver até 30cm, deves regá-la todos os dias;
  • Nos dias de maior calor, deves molhar copas e galhos;
  • Nos dias de temperaturas baixas, deves regar em dias alternados.

3# Adubo

Para que o bonsai cresça saudável, deve ser adubado com frequência. Tal como acontece com outras plantas, o bonsai precisa de receber nutrientes e, sendo um bonsai de vaso, o adubo é essencial para o fazer crescer.

As épocas de maior crescimento, como a primavera e o final do verão, são as alturas ideais para adubar. Existe o adubo líquido, que se dissolve na água da rega, ou o sólido, que se coloca em cima da terra do vaso. Deve-se adubar em pequenas quantidades, mas frequentemente.

4# Poda

O bonsai pode ter a forma que tu desejares e consegues isso através da poda. Não existe uma época ideal, porque isso varia consoante a espécie do bonsai. Como regra, recomenda-se cortar os ramos pequenos no início da primavera, assim como os que consideres inúteis ou que estejam defeituosos.

A pode permite controlar o tamanho do bonsai, favorece o seu crescimento e fortalece-o. Para além da poda, também se aconselha colocar um arame no tronco, sem apertar demasiado, para corrigir a inclinação dos ramos.

A poda serve ainda para que as partes internas do bonsai se desenvolvam. Podes começar por podar com uma tesoura de poda, aparando a árvore, mantendo-a uniforme. Para galhos grossos, um alicate côncavo vai facilitar esta tarefa.

5# Transplante

Faz parte de cuidar de um bonsai considerar o transplante, quando as raízes crescerem e ocuparem a totalidade do vaso onde se encontra. Quando a terra se desgastar ou até quando notares que a água já não é absorvida da mesma forma, chegou o momento.

Há bonsais que indicam a necessidade de ser transplantados anualmente, outros de dois em dois anos. No entanto, os mais velhos podem resistir até cinco anos. Tudo depende de como te entregas e vais cuidar de um bonsai.

Para um transplante de sucesso, segue este passo a passo:

  1. Levanta o bonsai do vaso e retira a terra velha;
  2. Apara cerca de um terço das suas raízes;
  3. Planta o bonsai num novo vaso, com terra nova. Introduz as raízes com cuidado e evita a formação de bolsas de ar;
  4. Rega bem até que a água saia limpa pela drenagem, que corresponde aos orifícios na parte inferior do vaso.

Materiais necessários para cuidar de um bonsai

Para cuidar de um bonsai é necessário o seguinte material:

  • Vaso: O vaso deve ter orifícios na parte inferior para possibilitar a drenagem da água.
  • Ferramentas: Luvas, , tesoura de poda e alicate côncavo para tratar da rega, poda ou transplante do bonsai.
  • Regador com orifícios finos: É o mais indicado porque devido aos furos pequenos, evita que a terra se desloque com a rega e evita possíveis danos nas folhas da planta.
  • Substrato: Recomendamos que te informes sobre qual o mais indicado para a espécie que queres adquirir.

Os bonsais não são imunes a pragas e doenças

É importante que saibas como cuidar de um bonsai atacado por pragas ou doenças, pois estes podem colocar em causa a sua saúde. O inseto que mais ataca esta árvore é o pulgão, mas também podem surgir lagartas.

Caso observes insetos nas folhas do bonsai, procura um inseticida orgânico ou químico e aplica-o de acordo com as instruções. Podes começar por uma dose pequena e ir reforçando aos poucos, sempre sem exagerar na aplicação.

Se as folhas mudarem de cor ou notares que os galhos começam a morrem, remove as partes estragadas e afasta o bonsai de outras plantas, para evitar que haja contágio. Num ataque de fungos, evita molhar as folhas do bonsai e procura um fungicida para tratar do problema.

Há quem diga que cuidar destas árvores é uma excelente técnica de relaxamento e libertação do stress. Podes adquirir um bonsai já plantado ou cultivá-lo tu, a partir de sementes, estacas e plantas de viveiro.


Próximas leituras:

Como fazer churrascos em casa sem fumo
Todos gostamos de fazer churrascos em casa mas ninguém quer a casa …
Como organizar a cozinha: 10 dicas imperdíveis
Estás cansado de arrumar e nunca ter um espaço totalmente funcional? Revelamos-te …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *