Se ainda não montaste a árvore de Natal, ainda vais a tempo! Estamos em contagem decrescente, mas para te ajudar, vamos dar-te dicas para tornar tudo muito mais simples.

O ano de 2020 foi diferente. Começamos o ano com aquela expectativa de cumprir os desejos das últimas doze badaladas da virada do ano, mas 2020 trocou-nos as voltas.

Isso não é motivo para terminar o ano desanimados e fechar o espírito de Natal num gavetão. A árvore de Natal é uma tradição para manter. Há quem a cumpra religiosamente e se mantenha fiel aos ornamentos mais tradicionais, conservando-os de ano para ano. Não falta também quem queira inovar e aposte em árvores de Natal mais ousadas.

Alguns utilizam ornamentos diferentes de ano para ano, misturando o tradicional com o contemporâneo e, há ainda quem os complemente com adornos especiais, como adereços feitos pelas crianças da família.

Inspira-te com as nossas sugestões de decoração de Natal

Sabes de onde surgiu a árvore de Natal?

A tradição da árvore de Natal surgiu com os romanos. Na época, a 21 de dezembro celebrava-se o nascimento do Deus Sol, com o início do solstício de inverno. As árvores eram vistas como a ligação entre a Terra e o Céu e como simbolizavam fertilidade eram decoradas com diferentes ornamentos, mantendo a estrela tradicional no seu topo.

A árvore que hoje conhecemos teve origem na Alemanha, no século XVI. A escolha do pinheiro como símbolo deveu-se ao seu formato triangular, representando assim a Santíssima Trindade e, também, porque os verdes das suas folhas se mantinham com o frio.

Ainda não tens árvore de Natal? Encontra já a tua aqui mesmo!

Ideias para simplificar a decoração da tua árvore de Natal

Árvore de Natal com bolas e enfeites dourados

1# Escolhe a localização

A verdade é que uma árvore de Natal não tem uma dimensão simples, mesmo que pequena. É importante perceber onde ela terá lugar dentro de casa.

Ter uma árvore de Natal mais pequena também não é sinónimo de menor espírito natalício. Mesmo pequena, pode conjugar perfeitamente com a restante decoração e ter igualmente um equilíbrio perfeito e um resultado deslumbrante.

2# Natural ou artificial?

Se tentas manter uma atitude sustentável e reduzir a tua pegada ecológica, certamente já te deparaste com esta questão: que árvore de Natal terá menor impacto no ambiente?

Existem vários fatores a considerar. Se tens um jardim onde possas plantar um pinheiro natural, depois das festividades, então podes optar por uma árvore de Natal natural em vaso, com as raízes.

Caso não tenhas um jardim, mas pretendas optar por um pinheiro natural, podes adquirir um da Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários. Parte do custo do pinheiro reverte para os Soldados da Paz. Passada a época, podes devolver o pinheiro à procedência, e a madeira será convertida em biomassa para gerar energia.

A árvore de Natal artificial permite, por outro lado, que seja conservada e reutilizada por muitos anos. Apesar de ser feita de plástico e de conter químicos na sua composição, que servem para minimizar o risco de incêndio, a durabilidade pesa bastante na redução da pegada ecológica.

3# Vaso, base e tapete

As árvores de Natal naturais deixam à vista o tronco, na sua base. Deves pensar onde a pretendes colocar. Talvez um vaso, um recipiente feito de junta ou outro material ao teu gosto. 

As árvores artificiais têm uns pés pouco interessantes, que provavelmente vais querer disfarçar. Podes utilizar um tapete com motivos natalícios, decorar a base com ornamentos da época ou outros. Dá uso à tua criatividade!

Escolhe aqui uma base ao teu gosto!

4# Escolher a decoração

A tua árvore de Natal tem de condizer contigo e com a tua casa. As cores habitualmente presentes na decoração desta época passam pelo vermelho, verde, dourado e prateado. No entanto, podes sempre arriscar mais um pouco e apostar nos tons de azul ou branco.

Um calendário do advento pode compor a tua decoração de Natal

5# Ornamentos comuns

Para além da estrela, no topo, existem vários adereços que são comuns a diferentes árvores de Natal, de diferentes casas. Entre eles encontram-se as bolas, os flocos de neve, os anjos, as pinhas, estrelas e laços. 

Para quem pretende acrescentar mais personalidade à sua árvore, pode juntar-lhe adereços que representem as pessoas da família, um hobbie, uma paixão ou outro. Há quem junte bolas com referências a países para onde já viajou, quem coloque adereços de um filme ou série, ou quem escreva sonhos e os espalhe pelos ramos verdes do seu pinheiro.

Quer sigas a tradição ou cries o teu próprio caminho, o que importa é que realmente a tua árvore de Natal esteja ao teu gosto e desperte o teu espírito natalício.

Encontra aqui várias decorações

4 modelos de árvores de Natal, para além da tradicional

  1. Árvore de Natal Dourada: Transmite luxo e sofisticação. Pode ser conjugada com enfeites no mesmo tom ou em cores neutras, para deixá-la delicada.
  2. Árvore de Natal Branca: É neutra, transmite harmonia e adapta-se a diferentes decorações.
  3. Árvore de Natal Azul: Perfeita para quem procura uma solução suave intercalada num toque moderno e ousado, sem sair do ambiente natalício.
  4. Árvore de Natal Artesanal: Para quem pretenda fazer a sua própria árvore de Natal, existem múltiplas opções, basta apenas libertar o artista que há em ti!

8 dicas para montares ainda hoje a tua árvore de Natal

  1. Revê os ornamentos do ano anterior: Separa o que está em bom estado, se estão bonitos e prontos para ser utilizados, se precisam de reparação ou até mesmo de serem substituídos. Não te esqueças de verificar o funcionamento das luzes de Natal.
  2. Procura inspiração: O Pinterest é um excelente canal onde podes beber da fonte de inspiração. Guarda os pins que mais te atraem e que pretendes reproduzir na tua árvore de Natal.
  3. Escolhe os enfeites: Separa as cores e tipos de enfeites que pretendes reutilizar do ano anterior e verifica que tipo de adereços queres comprar para compor a decoração. É importante selecionar diferentes tamanhos, para preencheres os espaços da árvore.
  4. Começa pelas luzes: De preferência de cima para baixo e com elas acesas, para teres uma noção do seu preenchimento. Em média, cada 30 centímetros de árvore, requer cerca de 50 a 100 lâmpadas miniaturas à volta.
  5. Grinaldas: Começa por distribuir de cima para baixo, aumentando a quantidade à medida que te aproximas da base da árvore de Natal. Se for uma grinalda como um colar, devem ficar suspensos de ramo em ramo. Se for uma fita, papel ou alumínio, podem ser expostas a toda a volta.
  6. Laços e anjos: Se pretendes colocar laços ou anjos procura distribuí-los uniformemente. 
  7. Bolas: Para terminar, preenche os espaços em falta com as bolas e outros ornamentos que queiras adicionar à tua árvore de Natal. Não te limites apenas às pontas exteriores, mas preenche também o seu interior. Assim terás uma árvore com profundidade.
  8. Decoração da base: Montar uma árvore de Natal provoca agitação nos ramos e acabam por cair pequenas folhas. Depois de tudo limpo, termina a montagem com a decoração da base, que pode passar pela colocação de um tapete, por exemplo.

5 jogos de tabuleiro que vão a animar o teu Natal

Se decidiste que este era o último ano da tua árvore de Natal artificial, mas ela ainda se encontra em bom estado, já sabes: vende-a no OLX. Não guardes o que não te serve mais, nem deixes que te fique a ocupar espaço até ao próximo Natal.

É possível ter um Natal sustentável, por isso reaproveita o que te fizer sentido, faz compras conscientes, e desfruta desta época mágica, que passa a voar, sem esquecer os filmes de Natal que já são um clássico.


Próximas leituras:

Como reutilizar garrafas de plástico
Sabias que podes proteger o ambiente e, ao mesmo tempo, desenvolver a …
Como fazer velas perfumadas em casa: as receitas mais populares
Faz as tuas próprias velas perfumadas, com ingredientes fáceis de comprar e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *