O regresso à escola está à porta e chegou o momento de ir às compras. Em Portugal, cada família gasta até 500 euros no início do ano letivo, um valor que tende a aumentar à medida que os filhos avançam para o ensino secundário. Mas existem formas de poupar.

Regresso às aulas: 9 essenciais para o novo ano letivo

10 dicas para poupar no regresso à escola

Para poupar neste regresso às aulas, experimente seguir estas 10 dicas simples. São úteis para qualquer família e podem fazer a diferença no orçamento.

#1 Define um orçamento

Definir o orçamento é essencial para não perder o fio à meada. Tendo em conta a realidade financeira e familiar, reflete sobre o montante máximo a alocar ao regresso às aulas.

2# Faz um inventário da roupa

O primeiro passo para poupar é ver o que tens por casa e pode ser reaproveitado. Começa pela roupa. Vejam o que ainda serve, o que ainda está bom para mais uma temporada e o que está a precisar de ser trocado ou em falta e junta à lista de compras.

#3 Confere o material disponível

À semelhança da roupa, também algum material fica de ano para ano. Um inventário de materiais ajuda a que não compres nada desnecessariamente.

Se tens cadernos que ficaram com inúmeras folhas por preencher, aproveita-os. Lápis e canetas? Reutiliza. Um irmão mais velho? Perfeito para reutilizar material e poupar no regresso à escola.

Acima de tudo, ensina a importância de reutilizar e explica o impacto para o planeta, para que as crianças deem mais valor ao que é usado e se preocupem menos em comprar novo.

#4 Faz uma lista

Sabendo o que tens em casa, faz uma lista do que é efetivamente preciso comprar. Tal como nas compras de mercearia, se partires o regresso às aulas sem uma lista do que é necessário para o ano letivo, vais acabar por te esquecer de alguma coisa ou trazer algo por impulso, que afinal seria dispensável. Prepara uma lista básica do que é efetivamente necessário.

Depois de teres o mínimo necessário para o regresso às aulas, basta esperar tranquilamente pela lista da escola. Para não comprares coisas desnecessárias, aguarda pelas indicações do professor para fazeres as compras finais.

#5 Acede aos vouchers MEGA

Todos os alunos que frequentam a escolaridade obrigatória, do 1.º ao 12.º ano, no ensino público, têm direito a manuais escolares gratuitos. Por isso, se tens filhos nestas condições, podes contar com este apoio.

Para usufruíres desta campanha e obteres os teus vouchers ou vales, basta fazer o registo na plataforma MEGA ou através da app Edu Rede Escolar, disponível apenas para Android. Enquanto Encarregado de Educação, só precisas de introduzir o teu número de contribuinte e as credenciais de acesso ao Portal das Finanças.

Uma vez validado o registo, podes encontrar os vouchers, assim como a lista das livrarias aderentes, às quais deves dirigir-te para o caso de te terem sido atribuídos vouchers para livros novos. No caso da atribuição de livros usados, deves levantá-los na escola. Em alternativa a tudo isto, podes dirigir-te à escola e pedir diretamente os vales em papel.

Dá uma segunda vida aos teus livros escolares usados

#6 Planeia as compras

Planear é a palavra de ordem no que respeita à poupança no regresso à escola. Defina o que precisa de comprar e comece mais cedo para aproveitar descontos das marcas. E para evitar gastar muito dinheiro de uma vez, divida as compras até ao início do ano letivo, diluindo as despesas por mais tempo.

#7 Compara preços

Comprar preços entre as diferentes cadeiras de supermercados e lojas especializadas com artigos de papelaria é uma das dicas essenciais para poupar na fatura final. Este momento de comparação também vai permitir-te ficar a par das melhores campanhas e promoções.

Por vezes, compensa dividir o material em várias lojas diferentes, reduzindo consideravelmente o valor final a pagar. Mas o preço mais barato é sempre no OLX, onde encontras milhares de produtos para o regresso à escola.

#8 Vende o que já não tem uso

O que efetivamente já não serve mais para os teus filhos, mas pode servir para outras pessoas, não deve ficar na prateleira. Além disso, quanto mais amealhares com a venda de materiais ou roupas que já não servem para a tua família, maior será o valor que podes abater no regresso às aulas.

Vende o teu material escolar usado no OLX e ganha uns trocos

#9 Prefere artigos em segunda mão e marcas brancas

As marcas brancas que encontramos em Portugal são de alta qualidade. Escolher estas marcas é uma alternativa viável para reduzir significativamente a fatura final do regresso às aulas.

Além disso, a compra de materiais em segunda mão é igualmente válida. Desde roupa, a mochilas, materiais escolares diversos ou até mesmo livros e manuais é uma dica infalível para poupar neste momento.

#10 Pede fatura

Aquando do pagamento das compras, não te esqueças de solicitar a respetiva fatura. Junta-as a todas e faz a soma dos teus gastos, depois guarda-as para servir de comparativo para o próximo ano.

O ideal é pedir a fatura com o número de contribuinte dos teus filhos, uma vez que desta forma consegues deduzir estas despesas no IRS.

Com estas dicas para o regresso à escola, não há dúvidas de que setembro se pode tornar mais leve aí por casa. Além disso, podes sempre contar com o OLX para vender e comprar tudo o que necessitares.

A poupança é um processo e uma aprendizagem contínua. Podes ainda implementar hábitos como a partilha de carro para a escola com outros amigos da mesma turma, idas a pé ou de transportes ou aderir à marmita. Assim, além de poupares no orçamento mensal, asseguras uma alimentação mais saudável neste regresso às aulas.


Próximas leituras:

Esquentador ou cilindro: qual escolher?
Descobre como escolher entre um esquentador ou cilindro. Estes são os principais …
Gás ou eletricidade: qual é a melhor opção?
Descobre como escolher entre gás ou eletricidade, quais as principais diferenças entre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *