Vender carros usados online é cada vez mais comum e as evidências mostram que o futuro do comércio automóvel é mesmo digital.

As vantagens de vender carros online não deixam margem para dúvidas. Rapidez em fechar negócios, comodidade, ganhar dinheiro sem sair de casa, chegar a mais potenciais clientes em menos tempo e de forma mais económica — estes são apenas alguns dos benefícios. Para quem compra também há vantagens, nomeadamente a comodidade, oferta e preços apelativos.

As estatísticas de há 5 anos mostravam que os clientes visitavam em média 7 stands antes de fazerem uma compra. Consegues imaginar-te a fazer esta maratona para encontrar o carro ideal para ti? Atualmente, 89% dos clientes começam a sua jornada de compra de carro nos canais digitais. Descobre como tirar o melhor proveito desta oportunidade.

Carro ou Mota: que fatores devo ter em conta?

Guia completo para venderes o teu carro de forma rápida e segura

1# Faz uma pesquisa

Antes de colocares o teu carro à venda, é importante que analises o mercado:

  • Que tipo de anúncios existem?
  • Que preços estão a ser praticados?
  • Que características os clientes procuram num carro?

Esta etapa é fundamental para conseguires dar os próximos passos e venderes o teu carro à velocidade da luz.

2# Garante que tens o carro impecável

Uma forma de cativares os teus potenciais compradores é trabalhado a apresentação do carro. 

Fazer um check-up completo antes de vender o carro pode ajudar. Para além do estado do próprio veículo, garante que está lavado, aspirado, com os vidros limpos antes de tirares fotografias, e que não tem cheiros. Na hora de mostrar o carro isto pode ser mais um ponto a teu favor.

Dica extra: muitos compradores preferem ver o motor sem estar limpo, para poderem verificar possíveis fugas, por isso deixa esta parte por limpar.

3# Tira boas fotografias

Carro limpo: check! Passemos para as fotografias. 

Escolhe um local neutro e bem iluminado, se possível ao ar livre para teres luz natural ou num parque de estacionamento/garagem com boa luz. Tira fotografias ao exterior e ao interior, de diferentes ângulos e perspetivas.

Realça os pontos fortes do automóvel – aquilo que identificaste como valorizado pelos clientes na primeira etapa vai ser importante nesta fase. E não escondas as imperfeições, isso irá transmitir confiança aos interessados e fará com que o processo de vender o carro seja mais tranquilo.

4# Cria um anúncio apelativo

É hora de criar o anúncio no OLX ou no Standvirtual para vender o carro. 

É importante que tenha um título apelativo e que a descrição seja o mais completa possível. Esforça-te para tocar em todos os pontos importantes e que te façam fechar negócio rapidamente: 

  • Modelo e marca;
  • Ano de fabrico;
  • Cor;
  • Quilómetros;
  • Combustível;
  • Número de sinistros;
  • Resultados da inspeção;
  • Autonomia (para os elétricos);
  • Necessidade de reparações;
  • Preço e se é negociável.

Coloca também os teus contactos, localização e indica que estás disponível para mostrar a viatura a potenciais interessados.

5# Define o teu preço

Sabias que o valor comercial de um carro desce 11% nos primeiros 100 quilómetros, e que este valor pode descer até cerca de 52% em apenas 4 anos? Tem isso em conta na hora de definir o preço. 

Além disso, deves ainda pesar o estado do carro e todos os pormenores que tanto podem valorizá-lo, assim como o contrário. Analisa os preços de outros carros com um modelo igual ou semelhante ao teu noutros anúncios do OLX e no Standvirtual e chega ao valor que aches mais justo. Se estiveres disponível para negociar o valor, indica-o no teu anúncio.

6# Reúne toda a documentação necessária

Começa por reunir toda a documentação necessária e verifica se está tudo atualizado para poderes vender o carro: Documento Único Automóvel, Cartão de Cidadão e Declaração de Venda Automóvel.

  • DUA: Sem este documento é impossível venderes o teu carro. Tem de estar atualizado, carimbado pelo IMTT e deve ser entregue ao comprador, juntamente com a guia que comprova a alteração do registo de posse do carro.
  • Cartão de Cidadão: Tens de apresentar o teu CC no ato da transferência do carro do teu nome para o nome do novo proprietário. Os dados do teu cartão de cidadão serão necessários para preencheres a Declaração de Venda do Automóvel.
  • Declaração de Venda do Automóvel: Ou Requerimento de Registo de Automóvel vai registar e comprovar que o carro foi vendido por ti a outra pessoa, transferindo assim a propriedade do veículo. Atenção! Se sugerirem que assines um termo de responsabilidade ao invés desta declaração, não aceites! Apenas o Requerimento de Registo de Automóvel é válido por lei e aceite perante as autoridades.
  • Inspeção automóvel: Quando vendes uma casa, o bem passa por um processo de vistoria para garantir que está tudo bem com o imóvel. No caso dos carros, a inspeção funciona praticamente da mesma forma. Se tudo estiver em ordem, é mais um fator que te vai fazer somar pontos perante os olhos dos potenciais compradores e vender o carro rapidamente.

7# Agenda encontros com os potenciais clientes e fecha negócio

Esta é a hora H, o momento em que o comprador decide se compra ou não o veículo. Mostra-te disponível para mostrares o carro aos interessados e para os deixares testar. Muitos compradores fazem-se acompanhar de um mecânico ou pedem para os vendedores levarem o carro até à sua oficina habitual. Facilita o processo, mas investiga primeiro o local para te certificares que é seguro e nunca vás sozinho.

Atenção: Face à pandemia da COVID-19, garante que ambas as partes cumprem as medidas de segurança recomendadas para evitares ao máximo o risco de contágio.

Para além destas dicas-chave para te ajudar a vender o teu carro usado, rápido, a um bom preço e de forma segura, recomendamos ainda que:

  • Respondas rápido a todas as mensagens que recebas. Não basta colocar um anúncio para vender o carro. Deves ter em atenção ao contato com potenciais clientes. O prazo máximo de resposta recomendado é até duas horas.
  • Sejas 100% honesto durante todo o processo de venda do carro.
  • Arranjes as imperfeições que apresentam um melhor custo/benefício. Algumas reparações apresentam custos reduzidos, mas na hora de vender o carro valorizam-no muito mais.
  • Cancela a apólice do seguro. Após fechares negócio, contacta a tua seguradora para que iniciem o processo de cancelamento do seguro. Assim, garantes que deixas de ter qualquer vínculo legal com a viatura que acabaste de vender. Tens de ter contigo o comprovativo da transferência de propriedade.

No OLX encontras peças de automóvel usadas a ótimos preços!

Negócio fechado? É hora de trocares de carro. Se procuras um carro usado, vê os anúncios que temos à tua espera.


Próximas leituras:

Pneus recauchutados: bom ou mau negócio?
Está na altura de trocares os “sapatos” do teu carro e ponderas …
5 dicas para vender uma moto em segurança no OLX
Vais vender uma moto no OLX? Segue as nossas regras de segurança …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *