Até aparecer este novo coronavírus nas nossas vidas, nunca tínhamos parado para pensar tão profundamente sobre as coisas mais básicas e simples das nossas vidas.

Tomávamos muita coisa como garantido. Agora, num momento em que nos encontramos de quarentena, sentimos falta de poder sair livremente, visitar os locais que queremos, fazer desporto num ginásio ou uma corrida em grupo na rua. Agora tudo mudou.

De um dia para o outro fomos orientados a mudar a nossa rotina, os nossos hábitos e até a nossa forma de trabalho. Com isto, mudam também os nossos comportamentos.

Mas no meio disto tudo, é necessário manter alguma normalidade. Precisamos de manter o foco e, principalmente, manter o nosso equilíbrio emocional e psicológico.

A importância do equilíbrio emocional e psicológico

A saúde mental não pode, mais que nunca, ser descurada. Está atento aos sintomas comuns do stress prolongado: a irritabilidade, instabilidade emocional, alterações de memória e atenção, ansiedade, tristeza, esgotamento, diminuição de vontade de fazer tarefas ou continuar com rotinas prazerosas.

Se precisares, podes ainda consultar o trabalho do Centro de Apoio Psicológicos e Intervenção em Crise (CAPID) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que desenvolveu um conjunto de folhetos informativos com vista a informar sobre a gestão emocional durante a pandemia.

São vários os hospitais e centros de saúde que também prestam apoio à distância, via chamada. Procura se na zona onde vives tens também essa disponibilidade.

O Ser Humano é social por natureza. Por isso, esta fase é propícia a um conjunto de reações emocionais que precisam de ser compreendidas, para que não se desenvolvam patologias futuras. É importante que continues a cuidar de ti para obteres o teu equilíbrio emocional e psicológico.

Imagem: Unsplash

Deixamos algumas dicas para te ajudar:

  1. Deves manter-te atualizado com informações diárias das fontes oficiais. Passar o dia à procura de informação pode fazer com que os temores e apreensões se intensifiquem. Tenta restringir essa informação a duas atualizações diárias;
  2. Expressa o que sentes. Seja com amigos, familiares ou num grupo de apoio, podes procurar uma rede onde possas partilhar os teus receios e o que te causa stress;
  3. Experiencia a solidariedade. Encontramo-nos num período em que a ação ou atitude de um pode fazer a diferença na vida tantos outros. Mesmo a partir de casa, é possível. Vê o que está a ser feito e vê como podes também ajudar;
  4. As rotinas saudáveis são fundamentais nesta altura. Elas vão ajudar-te a obter o equilíbrio emocional e psicológico necessário para viveres este período de isolamento de forma mais leve. Experimenta receitas novas, yoga, meditação, aulas de pilates e outras. A oferta no OLX é imensa.
  5. Procura ajuda. Se detetas que estás com um grande nível de stress e ansiedade por causa do medo da infeção, pela frustração, tédio, perdas financeiras ou outras, procura esclarecer as tuas dúvidas. Desta forma poderás ficar mais descansado.
  6. Deves socializar e não te isolar do mundo. Aproveita a vantagem das redes sociais e participa em grupos, fala com amigos, abusa nas videochamadas.
  7. Aproveita o tempo da quarentena para investir em ti através de cursos online. Seja apenas para hobbies ou para enriqueceres o teu currículo. Este é o momento ideal para desenvolveres os teus conhecimentos.

Próximas leituras:

5 dicas para acabar com a humidade em casa
O inverno traz consigo o frio e a humidade. Se também sofres …
Dá uma segunda vida às rolhas de cortiças que tens em casa
Pronto para um novo projeto DIY? Mostramos-te 10 formas criativas para reaproveitares …