Os gatos siberianos são afetuosos e sociáveis, uma excelente adição a qualquer família. Fica a conhecer as suas principais características e quais os cuidados que devem ser tidos em conta, para os acolher da melhor forma.

Origem: raça centenária na Rússia do século XI

O gato siberiano é uma raça centenária de gato doméstico na Rússia, documentada a partir do século XI, pelo que se pressupõe que é o antepassado da maioria das raças de gatos modernas de pelos longos. É uma raça natural da Sibéria e, devido às temperaturas extremamente adversas desta região, a sua constituição é robusta e tem uma pelagem muito densa e impermeável.

Artigo relacionado: Descobre tudo sobre os coelhos anões

Porte: o gato siberiano tem uma constituição grande e musculosa

O gato siberiano é um felino de porte grande, com uma constituição robusta e musculosa. O peso pode variar entre os 4 e 9 quilos, os machos tem uma altura que varia entre 25 e 30 cm, e as fêmeas entre 20 e 25 cm. Apesar do seu tamanho e força, o gato siberiano não é considerado um animal agressivo.

Para além de musculosos e compactos, os gatos siberianos têm uma cabeça redonda, testa curva, olhos grandes e orelhas largas. A cor dos olhos combina com a sua pelagem, variando entre o amarelo/dourado ao verde ou azul.

Pelagem: longa e densa

O pelo do gato siberiano é exuberante e tem a capacidade de se adaptar às diferentes estações do ano. A sua pelagem tem três camadas, sendo este um dos motivos para serem considerados os gatos domésticos mais resistentes ao frio. O pelo mais comum é castanho ou negro.

Durante o verão, o gato siberiano perde o subpelo, e o pelo fica muito mais curto e mais claro. Apesar disso, a pelagem da cauda mantém-se densa, assim como os tufos de pelo entre os dedos e as orelhas, que se mantêm intactos, mesmo nos períodos mais quentes.

Devido ao subpelo espesso, a pelagem longa pode facilmente ficar enrolada e com nós. Principalmente durante o inverno, no período de troca de pelo, é necessário ajudar a cuidar da pelagem. Para isso, basta usar uma escova comum, duas a três vezes por semana.

Apesar de terem muito pelo, não é recomendado dar banho. A camada de gordura protetora e que isola do frio pode ser eliminada, levando ao favorecimento de patologias respiratórias, como a pneumonia felina. Em alternativa, é recomendado o banho a seco.

Se tens receio de que possa ser responsável por causar alergias, fica também a saber que é considerado um gato hipoalergénico.

Personalidade: caçador nato, carinhoso e fiel ao seu dono

O gato siberiano não se destaca apenas pela sua aparência, mas também pela sua personalidade. Caçador nato, é ótimo a saltar e a escalar, gosta de se movimentar e prefere quintais e espaços com proximidade da natureza a estar fechado dentro de casa.

Gosta de explorar ao ar livre, é muito curioso, inteligente, fiel, carinhoso e apegado ao seu dono. Mas apesar de serem animais que se entregam aos seus donos humanos, também tem as suas próprias ideias e podem ser um pouco teimosos.

Alimentação: a dieta deve ser cuidada nas diferentes fases da vida

A nutrição certa é essencial para que o gato siberiano possa viver uma vida longa, saudável e feliz. É uma raça que precisa de refeições ricas em proteínas saudáveis e para quem pequenas quantidades de hidratos de carbono são suficientes.

A quantidade indicada varia com a idade, pelo que, para os filhotes até aos 12 meses de idade, vai de 30 a 60 gramas por dia. Na fase adulta, a ração deve passar para 40 a 80 gramas diárias.

Problemas de saúde mais comuns

Estas amáveis bolinhas de pelo são fortes e robustas, com uma saúde invejável e sem doenças congénitas notáveis. A esperança média de vida varia entre 11 e 18 anos.

Apesar disso, sofrem das doenças comuns a qualquer raça, como a cardiopatia hipertrófica, que consiste num aumento do miocárdio do ventrículo esquerdo. É importante prestar atenção ao estado do pelo, das unhas, das mucosas e dos dentes — a melhor forma de detetar precocemente qualquer problema e de prevenir doenças.

Também nesse sentido, é importante realizar o programa de vacinação e das desparasitações, e seguir sempre as instruções de um veterinário.

Agora que já conheces melhor o gato siberiano, estás mais preparado para receber um felino desta raça na tua família. Aproveita para adquirir no OLX tudo o que precisas para receber o teu gato siberiano e prepara-te para o seu temperamento dócil e sociável, com muitas brincadeiras à mistura.


Próximas leituras:

Beagle: origem, características e cuidados
O Beagle é uma das raças de cães mais famosas e adoradas. …
Teckel: características e cuidados
De olhar doce e fácil de reconhecer graças à sua estatura, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *