Conhecido por ser um cão inteligente, gentil, muito próximo das suas famílias e um grande amigo de crianças, o Golden Retriever é um patudo dócil e afetuoso. No entanto, há sempre alguns cuidados a ter em conta. Descobre quais são.

Origem: da Escócia para o mundo

O Golden Retriever teve origem no Reino Unido, concretamente na Escócia, em 1850. Após 20 anos de cruzamentos, recorrendo a Labrador Retriever, Setter Irlandês, Bloodhound, Cão de água St. John e Terra Nova, nasceu o Golden Retriever como o conhecemos. Inicialmente, os Golden Retriever foram desenvolvidos para a caça de aves aquáticas.

Com o passar dos anos, tornaram-se muito populares no resto de Europa e na América. Além de ser uma raça muito apreciada de cães guia, também podem assumir funções de pastoreio e farejador. E são uma ótima companhia para qualquer família.

Artigo relacionado: Os 10 melhores acessórios para cão

Porte: o Golden Retriever pode ultrapassar os 30 kg

O Golden Retriever destaca-se pela sua pelagem dourada ou cor creme e brilhante. É considerado um cão de porte grande: nos machos, a altura varia entre os 56 e os 61 cm, e nas fêmeas, mais pequenas, pode ir dos 51 aos 56 cm. Já o peso pode oscilar entre os 30-34kg nos machos, e 27-32 kg nas fêmeas.

O Golden Retriever tem um focinho largo, com um grande nariz preto e orelhas de tamanho moderado, que pendem e fazem uma ligeira prega. Apresenta um pescoço elegante e musculado. A densa camada de subpelo protege este patudo das condições climatéricas mais extremas, sendo impermeável à água.

Pelagem: o Golden Retriever pede escovagem regular

A pelagem do Golden Retriever merece uma atenção um tanto exigente, devendo ser escovada regularmente. É um pelo comprido, liso ou ondulado, apresentando-se junto ao corpo ao longo das costas, na parte de trás das patas dianteiras, na parte inferior da cauda, no peito e na barriga, onde é mais comprido.

Os cães desta raça perdem um pouco de pelo durante todo o ano. Por este motivo, é essencial escovar e pentear com regularidade para diminuir o pelo espalhado pela casa. E desta forma, a estação mais quente do ano torna-se mais suportável para um Golden Retriever.

Personalidade: temperamento dócil e afetuoso

Os cães desta raça são conhecidos pelo seu temperamento dócil e afetuoso. Relacionam-se muito bem com crianças, sendo ainda considerados como uma das dez raças mais inteligentes do mundo. Estão à vontade com estranhos, pelo que não são tão indicados para cumprir funções de guarda. A relação com outros animais também é boa, ressaltando o seu comportamento social e a ausência de agressividade.

Mas a simpatia não é sinónimo de passividade. Esta é uma raça muito ativa e vai exigir ao seu dono bastante atividade: recomendam-se duas horas de exercício por dia para que se mantenha em ótimas condições. É um cão adequado para viver num apartamento, mas que vai querer brincar com tudo o que estiver ao seu alcance, apanhar objetos que encontra à sua volta e convidar o tutor a entrar na brincadeira.

Artigo relacionado: Como escolher a melhor comida para cão

Alimentação: o Golden Retriever exige cuidados na escolha da ração

Para que o Golden Retriever cresça forte, saudável e feliz, existem alguns cuidados a ter. Como com qualquer animal, a alimentação tem um impacto significativo na sua qualidade de vida. Para escolher a ração mais adequada, é necessário ter em conta a sua idade, tamanho, peso, nível de atividade e condições de saúde ou necessidades nutricionais específicas.

Regra geral, é importante escolher rações tendo como proteína base a carne, evitar cereais, alimentos com adoçantes e todos aqueles que não sejam benéficos para os cães em geral. Esta raça pode desenvolver problemas de estômago e sensação de gás abdominal, pelo que se recomendam refeições mais pequenas e frequentes.

Problemas de saúde mais comuns

A vida média dos Golden Retriever é de 10 a 15 anos. Tal como acontece com muitas raças, o Golden Retriever pode sofrer de várias doenças e distúrbios, alguns de origem hereditária. Os problemas de saúde mais comuns são a displasia coxo-femural, a dermatite húmida aguda, a piodermatite, a catarata e a atrofia progressiva da retina.

Antes de comprar ou adotar um Golden Retriever, tenta informar-te sobre as origens e linhagem do animal. Caso não seja possível, ou caso sejam identificados potenciais problemas de saúde, o ideal é fazer um acompanhamento do estado de saúde do animal.

Para além disso, é importante fazer check-ups e visitas regulares ao veterinário. Desta forma, é possível identificar e tratar antecipadamente algumas doenças, prevenir infeções e alterações no organismo.

Com estes cuidados e informações, um Golden Retriever pode ter uma longa e saudável vida, e ser um  excelente companheiro para qualquer família. Ajudam a tornar a casa mais completa e alegre, com uma dedicação ao dono sem limites. No OLX, encontras tudo o que precisas para proporcionar uma vida feliz ao teu animal de estimação.


Próximas leituras:

7 parques para cães para levar o teu patudo
Descobre quais são os 7 melhores parques para cães em Portugal e …
Bulldog Francês: tipos, cuidados e alimentação
Descobre tudo sobre o Bulldog Francês, antes de receberes este patudo na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *