Comprar uma moto elétrica usada é uma opção inteligente por motivos ambientais e um contributo para um planeta mais sustentável. Mas há mais vantagens, claro. Não gastas dinheiro em gasolina, estes veículos são silenciosos, fáceis de estacionar e capazes de contornar o para-arranca do trânsito citadino. Há quanto tempo procuravas um veículo assim? A boa notícia é que são muitos fáceis de encontrar. Damos-te uma dica: OLX.

Vê já todas as motas elétricas usadas à venda no OLX

Os apaixonados pelas duas rodas por certo preferem as motos clássicas, senhoras de outra mística. Mas, como já todos percebemos, o futuro da mobilidade é elétrico, seja ele em duas ou quatro rodas. Para quem ainda prefere, ou pensa que prefere, propulsores a gasolina, dizemos que, muitas vezes, os motores elétricos surpreendem os utilizadores mais renitentes. É que, ao contrário das soluções de combustão interna, que precisam de subir de rotações para entregarem a sua máxima força, no caso dos engenhos elétricos essa entrega é imediata.

Guia para comprar uma moto elétrica usada

Com ou sem carta de condução?

As motos e scooters elétricas podem também interessar-te porque há modelos que dispensam carta de condução ou que não obrigam a dispor de seguro. Se bem que, neste último caso, seja aconselhável teres o que vulgarmente se chama “seguro contra terceiros”.

A partir de que idade podes conduzir uma moto?

Pensa na autonomia

Como todos sabemos, uma das principais limitações das motas elétricas é a autonomia. O que convida a pensares bem quais são as tuas necessidades diárias em termos de quilómetros que precisas de percorrer. Se, por exemplo, tens que te deslocar 50 km todos os dias, é conveniente escolheres uma moto elétrica usada que tenha uma autonomia anunciada pelo fabricante bem acima dessa meia centena de quilómetros. Não te esqueças que o alcance indicado pelo construtor é quase sempre (ou mesmo sempre mais otimista do que os valores que obténs em condições reais de utilização.

A autonomia das motos recarregáveis numa tomada elétrica oscila, por enquanto, entre cerca de 300 km dos melhores exemplares e os 50 a 100 km das que têm menor raio de ação (claro que a tendência é para estes valores melhorarem quase a cada dia que passa). Algumas baterias são amovíveis, pelo que é importante verificares se tens condições para recarregar a bateria em casa ou no local onde passas a maior parte do dia. É semelhante a recarregares o telemóvel, só que a bateria é bem maior e, para obteres uma carga completa, poderás ter que esperar umas boas seis horas.

O barato pode sair caro

As motos e scooters elétricas são propostas por inúmeras marcas mais ou menos conhecidas do público em geral ou até dos aficionados das duas rodas. Escusado será dizer que uma marca de motos das mais consagradas, apesar de mais cara, oferece outro tipo de garantias, desde logo ao nível do fornecimento futuro de peças. No caso concreto das baterias, fabricantes como a Panasonic ou a Samsung também proporcionam, à partida, uma utilização mais descansada do que outras marcas menos reconhecidas.

Descobre 4 motos que podes conduzir com menos de 16 anos

A duração da bateria de uma moto elétrica usada está ligada ao número de carregamentos, pelo que, como diria La Palisse, interessa adquirires um modelo com a maior autonomia possível para, desse modo, diminuíres o número de carregamentos. Lembra-te que uma bateria nova poderá custar cerca de 30 a 50% do preço de uma moto ou scooter enquanto nova.

Faz o trabalho de casa

Na aquisição de uma moto usada é necessário ter em conta aspetos clássicos comuns a vários veículos, como é o caso dos km percorridos, tipo de utilização ou o ano do modelo. Mas, como já percebeste, é essencial perceberes o estado da bateria, qual a margem de duração que apresenta e quanto é que custa comprar uma nova. À partida, um motociclo elétrico tem uma manutenção reduzida e, inclusive, as pastilhas de travão até duram mais, tendo em conta que os sistemas de regeneração de energia durante as reduções de velocidade, contribuem para abrandar estes veículos.

Procura no sítio certo

Um bom local para encontrares a tua moto ou scooter elétrica usada é, como te dissemos, no site OLX (também dispões de várias propostas novas). Para não te deixares enganar, avalia o número de quilómetros e pede para testares e assim compreenderes o estado da bateria. E, claro, não cedas à tentação de te levares por um qualquer amor à primeira vista: compara as várias propostas disponíveis. Vais ver que é trabalho que compensa!

Se está na altura de comprares uma moto e procuras um modelo mais amigo do ambiente, agora já sabes tudo o que deves ter em conta. Se tiveres alguma coisa para vender ou trocar, aproveita e começa já a fazer negócio no OLX.

Desempata no OLX

Próximas leituras:

4 citadinos usados por menos de 10.000€
Os automóveis não se medem aos palmos e os citadinos não são …
Filtro de partículas: como funciona o processo de regeneração
Nos veículos com motores de combustão, o filtro de partículas retém as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *