Se tens um jardim ou varanda em casa, certamente dás valor à iluminação exterior. Com a luz adequada é possível estar com a nossa família e receber convidados, proporcionando um ambiente convidativo, aconchegante e seguro.

Dicas para acertar na iluminação exterior: jardim, terraço ou varanda

1# Define o teu estilo

Tal como acontece dentro de casa, é importante que o estilo do teu jardim, terraço ou varanda seja coerente com os teus gostos e com o teu perfil. Ao identificares o teu estilo torna-se mais fácil adaptar a decoração, o que se aplica também aos tipos de iluminação exterior.

Podes tentar criar uma solução mais intimista, com apenas alguns focos de luz estrategicamente posicionados. Ou, se preferes algo mais vibrante, então a iluminação terá maior destaque, mais pontos, e mais intensidade.

Móveis de jardim: renova a decoração exterior

2# Conhece as opções de lâmpadas disponíveis

Existem vários tipos de lâmpadas, com diferentes funcionalidades. Como o mercado é vasto, é importante que tenhas um conhecimento geral sobre os principais tipos disponíveis, para identificares aqueles que melhor respondem às tuas necessidades acerca da iluminação exterior.

  • Lâmpada incandescente: É um modelos muito popular. É barata e tem uma luz amarelada. Existe em várias cores, mas a sua eficiência luminosa é reduzida, isto é, consome muita energia e gera pouca luz. A sua vida útil também é baixa, de aproximadamente mil horas, ou seja, cerca de 41 dias.
  • Lâmpada fluorescente: É energeticamente mais eficiente, conseguindo ser 80% mais económica que a anterior. O tempo de vida útil é também mais elevado, de aproximadamente 10 mil horas ou 416 dias. Podem ser tubulares, compactas não-integradas ou compactas eletrónicas.
  • Lâmpada halógena: Estas lâmpadas são semelhantes às incandescentes, embora ofereça uma redução no consumo de até 40%. A sua vida útil é de aproximadamente 2 mil horas ou 83 dias. 
  • Lâmpada LED: As lâmpadas LED são bastante versáteis e apresentam uma excelente relação entre custo e benefício. São mais modernas e económicas, obtendo uma redução de até 90% no consumo de energia. A sua vida útil é superior a 15 mil horas, o equivalente a 625 dias.

Sabes qual é o teu consumo de energia diário?

3# Encontra o melhor local para a iluminação exterior

Deves escolher os pontos que pedem a presença de luz e qual a intensidade necessária. A posição da fonte de luz depende do ambiente que tens disponível, embora existam algumas orientações para acertar na iluminação exterior.

Por exemplo, os nossos olhos não precisam de tanta luminosidade em locais abertos, por isso, foca-te em corredores, trilhos, na garagem, na entrada, em degraus, no deck, no jardim ou na piscina. Os corredores e trajetos devem ser iluminados de forma acolhedora, mas segura. Além de decorar, servem para orientar o caminho.

A iluminação no chão, voltada para cima, ilumina o caminho e o restante ambiente, de forma indireta. A iluminação de portas de entrada leva a que te foques nos pontos estratégicos. Neste caso, podes combinar uma iluminação direta e indireta, deixando o ambiente bem visível e seguro.

4# Aposta na iluminação embutida

Sabias que podes a iluminação embutida no exterior? Ao utilizar candeeiros no chão e sobre as árvores, por exemplo, a fonte de luz fica totalmente escondida. Nestes pontos, podes incluir luzes refletoras e obter uma boa iluminação exterior.

A iluminação embutida também se aplica bem a locais onde é necessário um maior realce de iluminação, como em áreas de jogo ou de convívio.

5# Usa e abusa das arandelas

As arandelas são excelentes aliadas na iluminação exterior de qualquer jardim ou terraço, uma vez que oferecem a possibilidade de direcionar o feixe de luz para cima, para baixo ou nos dois sentidos. São uma excelente opção para criar um ambiente moderno e intimista.

Existem arandelas de vários modelos, para todos os gostos e estilos. Realçam a área externa e acrescentam um toque de charme quando utilizadas também para iluminar fachadas e jardins.

6# Ilumina a vegetação

O tipo de iluminação uplighting é aquela que valoriza a vegetação, como árvores e elementos específicos do teu jardim. É uma opção que encaixa naturalmente na decoração, respeitando o formato das plantas e proporcionando um ambiente agradável e acolhedor.

7# Ilumina os cantos dos espaços

Se o espaço é pequeno, aplicar iluminação em cada canto é uma excelente forma de decorar e de promover uma iluminação exterior equilibrada. Para tal, podes utilizar lanternas ou candeeiros de jardim

8# Abre alas à decoração

É claro que o objetivo final pode ser simplesmente decorativo e, para isso, tens várias ofertas como as luminárias, os suportes para velas, suportes de candeeiros, abajures, entre muitas outras opções. 

Descobre se vale a pena investir num sistema de autoconsumo

Opta por soluções de iluminação exterior sustentáveis

Qualquer que seja o teu estilo ou espaço que pretendes decorar, é importante que prefiras soluções de iluminação exterior amigas do ambiente. O planeta agradece e a tua carteira também. Segue estas dicas.

  • Iluminação LED: Este tipo de lâmpadas pode ser utilizado também no exterior, uma vez tem um consumo energético bastante mais reduzido, em comparação com as outras lâmpadas.
  • Luz entubada ou claraboias tubulares: São uma alternativa simples para criar iluminação à base da luz natural, em qualquer ambiente, como para o alpendre ou um deck coberto.
  • Painéis solares: Podes gerar a tua própria energia através por meio de painéis solares. Pode não ser um investimento baixo inicialmente, mas vai revelar-se num grande fator de poupança energética no futuro.

A iluminação exterior depende de variáveis como o teu estilo, o tipo de espaço e o ambiente que pretendes criar. Contudo, tem presente que, em muitos casos, menos é mais. A iluminação exterior deve estar em harmonia com o resto da casa e com a decoração envolvente.

Nem sempre conseguimos fazer tudo sozinhos – e não há nada de errado nisso. Para obteres o apoio dos melhores profissionais na área da iluminação exterior, podes explorar os serviços disponíveis no OLX.


Próximas leituras:

Organizar frigorífico: truques para o manter limpo e arrumado
Queres saber como organizar o frigorífico, conservar melhor os alimentos e ainda …
Móveis de paletes: ideias DIY para decoração
A madeira dá um charme especial à decoração de interiores e os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *