Os produtos que habitualmente encontramos à venda no mercado para a limpeza de casa são, por regra, agressivos para o meio ambiente. Contudo, é possível optar por hábitos mais sustentáveis e, ainda assim, reduzir a fatura das compras.

Existem várias opções para reduzir a nossa pegada ecológica e caminhar em direção a uma maior sustentabilidade, com práticas mais amigas do ambiente.

6 dicas de limpeza de casa mais sustentáveis

Segue estas dicas para tornar a limpeza de casa mais amiga do ambiente. Não precisas de gastar muito dinheiro, nem ser um ambientalista ferrenho. São sugestões que todos podem seguir.

1#  Utiliza materiais biodegradáveis

As esponjas de cozinha têm um tempo indeterminado de decomposição no meio ambiente. Troca por buchas vegetais, que se vão decompor naturalmente. Cada bucha dura para aproximadamente dois meses.

Ainda sobre a louça, podes aproveitar fronhas e lençóis velhos para fazer panos para a limpeza de casa no geral, como da louça, dos vidros ou do chão, reaproveitando este material e dando-lhe uma nova finalidade.

2# Opta por produtos concentrados

Se estás a utilizar produtos de limpeza industrializados, podes tornar essa opção mais sustentável, com o que tens em mãos. Quanto menos lixo for gerado, mais perto estás do teu objetivo.

Opta por embalagens reutilizáveis ou familiares e vais estar a contribuir para a redução da produção destes materiais, para além do custo indireto na otimização do transporte desta matéria.

Cria os teus próprios produtos de limpeza naturais

3# Usa produtos naturais ou faz os teus produtos de limpeza caseiros

O bicarbonato de sódio e o vinagre são também dois ingredientes para fazer produtos naturais, com grandes capacidades de limpeza.

Com água quente, o bicarbonato de sódio tem a função de desentupidor de ralos e limpa manchas nas paredes, em qualquer divisão da casa. No que respeita ao vinagre, é perfeito contra mofos, bolores e mau cheiro.

4# Não desvalorizes a reciclagem na hora da limpeza de casa

Não podemos começar a querer incutir hábitos sustentáveis na nossa vida diária, sem tratar da reciclagem. Contrariando os quilos de lixo e resíduos que produzimos diariamente, avalia o que pode ser reaproveitado, separa o que é realmente lixo e contribui para poupar o planeta.

7 erros mais comuns na hora de reciclar

5# Evita utilizar as máquinas apenas com meia carga

Sabias que a máquina de lavar roupa consome cerca de 150 litros de água por cada lavagem? Para não falar do detergente, amaciador e talvez perfumador, e que vai diretamente para o esgoto.

Aproveita a carga completa e reduz na frequência da realização das lavagens. Se tiveres oportunidade, podes ainda reaproveitar a saída da água para uma área exterior e limpar esse espaço, seja varanda ou terraço.

6# Seca a roupa ao ar livre

Se é verdade que os eletrodomésticos de lavagem e secagem são dos mais práticos que podemos ter para o dia a dia, também vale relembrar que são os que mais consomem energia.

Reserva a secagem da roupa na máquina para dias mais húmidos ou de chuva e aproveita todos os momentos bons para secar a roupa ao ar livre.

10 dicas para uma lavagem de roupa mais eficiente

Organiza as limpezas profundas, para manter a casa sempre limpa

Para te ajudar nos hábitos de limpeza de casa, preparamos-te uma checklist por divisão.

DivisãoDiariamenteSemanalmente
QuartoFazer a cama;
Limpar o pó;
Arrumar roupas e objetos espalhados.
Trocar a roupa da cama;
Limpar e arrumar o guarda-fatos;
Limpar o pó;
Aspirar o chão e tapetes;
Lavar o chão.
SalaArrumar almofadas e objetos espalhados;
Limpar o pó.
Aspirar o sofá, o chão e os tapetes;
Limpar objetos decorativos;
Lavar janelas;
Lavar o chão.
CozinhaLavar e arrumar a louça;
Limpar a banca e o fogão;
Lavar o chão;
Deitar fora o lixo.
Limpar o microondas, o forno e outros eletrodomésticos de uso frequente;
Limpar móveis;
Lavar o balde do lixo;
Rever o frigorífico e organizar.
LavandariaPreparar a roupa para lavar;
Apanhar e guardar a roupa seca;
Lavar os panos de limpeza.
Passar a ferro;
Limpar a máquina de lavar e de secar.
Casas de banhoLimpar o lavatório;
Higienizar a sanita;
Deitar fora o lixo;
Lavar o chão.
Limpar vidros e espelhos;
Lavar azulejos e o chão;
Limpar o balde do lixo;
Trocar as toalhas.

É importante que, pelo menos uma vez por mês, dediques um pouco do teu tempo a algumas tarefas que são mais demoradas para fazer no dia a dia. Assim, aproveita um dia para a limpeza do frigorífico, do interior dos armários, de portas, janelas e juntas da louça sanitária.

De seis em seis meses, ou de acordo com as mudanças principais de estação, sensivelmente, aproveita para lavar cortinas, travesseiros, tapetes, almofadas, colchas, para limpar os colchões, arrumar os guarda-fatos e armários e, claro, organizar os produtos de limpeza e higiene.

Escolhe produtos verdes por um futuro mais ecológico

Os detergentes e produtos de limpeza de casa podem ser naturais e, ao mesmo tempo, eficazes nos seus resultados. Tal facto é também extensível aos produtos corporais, como shampoos e sabonetes, existindo cada vez mais opções no mercado ou receitas disponíveis para fazer em casa.

Um produto natural biodegradável é aquele que, além de ter uma rápida decomposição, não gera resíduos poluentes que se acumulam na natureza. Portanto, o objetivo é suprimir as nossas necessidades, sem sacrificar o meio ambiente.

Entre os benefícios para o meio ambiente, optar uma limpeza de casa ou até por produtos naturais corporais e de estética, também se reflete positivamente na proteção dos animais, na tua saúde e da tua família, nos bens materiais, na energia e na poupança económica.

Está na hora de colocar mãos à obra e organizar a próxima limpeza de casa de forma mais consciente, com produtos ecológicos sem químicos e de origem vegetal. Com os produtos certos, que podes encontrar no OLX, uma rotina planeada e tantos benefícios associados, limpar a casa nunca foi tão fácil!


Próximas leituras:

Como reutilizar garrafas de plástico
Sabias que podes proteger o ambiente e, ao mesmo tempo, desenvolver a …
Garrafas reutilizáveis: o primeiro passo para cortar no plástico
O consumo de plástico é um problema global com uma solução individual. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *