O lixo eletrónico diz respeito aos equipamentos indesejados, que não funcionam e que estão a chegar ao fim da sua vida útil. Computadores, telemóveis, televisões, impressoras e rádios – estes são os aparelhos mais comuns no lixo eletrónico. 

Desde o início da era tecnológica que nos deparamos com o desafio contínuo de como descartar equipamentos eletrónicos usados e indesejados. Este tipo de lixo é bastante perigoso devido aos produtos químicos e tóxicos que naturalmente saem dos metais internos. 

Alguns destes produtos contêm quantidades elevadas de berílio, cádmio, mercúrio e chumbo, que representam sérios riscos ambientais para o nosso solo, água, ar e vida selvagem. E com o volume de lixo eletrónico que todos os anos produzimos, é necessário encontrar soluções viáveis. 

David Malone, reitor da Universidade das Nações Unidas e subsecretário geral da organização afirma que são precisos “esforços substancialmente maiores para garantir uma produção, consumo e reciclagem mais inteligentes dos equipamentos elétricos e eletrónicos”.

Sabias que em 2019 a quantidade de lixo eletrónico gerado atingiu valores recorde com 59 milhões de toneladas?

A composição complexa e o manuseamento incorreto do lixo eletrónico afeta negativamente a saúde humana. Cada vez mais estudos mostram preocupação com as consequências que este lixo pode ter na nossa saúde.

De acordo com um relatório divulgado pela União Internacional de Telecomunicações das Nações Unidas, o lixo eletrónico pressupõe um “risco crescente para o ambiente e para a saúde humana”.

Mudança de paradigma: como deves descartar o teu lixo eletrónico

A aquisição de mais dispositivos irá certamente continuar e aumentar, por isso é muito importante reforçar a mensagem de que precisamos de reciclar os modelos mais antigos corretamente, em vez de optarmos pela solução aparentemente mais fácil: deitá-los no lixo comum.

Como já referimos, existem sérios riscos ambientais ao enviar os nossos produtos para aterros sanitários e não os reciclar. Por estas razões, devemos aplicar a esta situação o mantra “Reduzir, Reutilizar, Reciclar”:

Reduzir

Estamos a usar cada vez mais dispositivos e a substituí-los com mais frequência, aumentado assim o lixo eletrónico produzido. Ao reduzir as tuas compras, dás o primeiro passo para quebrar este ciclo de destruição ambiental.

Se o teu dispositivo avaria, opta por arranjar e não por substituir. O objetivo é conseguir utilizar o aparelho e adiar por mais tempo a compra de um novo.

Reutilizar

Se estás a pensar investir num aparelho novo e se o teu antigo continua a funcionar, porque não anunciar no OLX?

No nosso site existem muitos utilizadores à procura de aparelhos em bom estado ou peças para arranjar outros dispositivos iguais ao teu. 

Tens várias vantagens ao comprar um dispositivo em segunda mão, nomeadamente, preços muito mais reduzidos e ajudar o ambiente.

Dá uma segunda vida aos teus aparelhos eletrónicos usados no OLX

Reciclar

Caso não queiras utilizar ou reutilizar o teu equipamento, nunca o deves colocar no lixo comum. Sabias que as coimas para os consumidores que não cumpram as regras variam entre 2 a 10 mil euros?

Não deixes os resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE) no lixo indiferenciado nem junto aos ecopontos. O mais provável é serem desviados, os seus materiais de valor roubados e o restante acabará abandonado sem o devido tratamento. Desta forma, perde-se a possibilidade de aproveitar os componentes e criam-se impactos ambientais muito negativos. 

Uma ótima solução é entregar estes dispositivos em centros específicos de tratamento de lixo eletrónico: ecocentros, depositrões e pontos eletrão. A rede Electrão tem cerca de 3 500 locais de recolha, dispersos por todo o País.

Além disso, caso compres um equipamento novo, a loja é obrigada a receber o antigo.

“Um grande e silencioso risco emergente para a saúde das gerações atuais e do futuro”

Maria Neira, Diretora do Departamento de Alterações Climáticas e Saúde da OMS

Vê a reciclagem de lixo eletrónico como um aliado

Segundo um relatório publicado pela revista Environmental Science & Technology, é 13 vezes mais caro extrair minerais naturais do que recuperá-los de resíduos tecnológicos para fabricar novos aparelhos. Para obter os minerais necessários para este processo, é necessário utilizar grandes quantidades de água e energia.

Para teres uma ideia, uma televisão CRT normal contém por volta de 450 gramas de cobre, 227 gramas de alumínio e 5,6 gramas de ouro. O estudo “Observatório Global de Lixo Eletrónico 2017” lamenta não se aproveitarem os “ricos depósitos de ouro, prata, cobre, platina, paládio e outros materiais de alto valor que são recuperáveis”.

O que fazer antes de reciclar ou vender aparelhos?

Já deves ter ouvido falar que documentos e dados pessoais precisam de ser destruídos antes de deitares equipamentos fora. Só assim consegues impedir que alguém tenha acesso a dados que permitam roubar a tua identidade.

O processo de deitar fora ou vender um smartphone ou computador não é muito diferente. Deves retirar todos os teus dados pessoais, como por exemplo, contactos, palavras-chave, fotografias e vídeos.

O ideal, após fazeres um backup das tuas informações para um novo equipamento ou para a cloud, é fazeres um reset completo ao sistema operativo, o que irá restaurar os parâmetros definidos pelo fabricante para aquele dispositivo.

Faz reset aos teus aparelhos e à poluição

Para restaurares um dispositivo eletrónico de forma a voltar a ter as configurações de origem, tens de seguir os seguintes passos:

  • Em sistema Android: Clica em Configurações, Sistema, Opções de Reset, Apagar todos os Dados. 
  • Em sistema iOS: Clica em Definições, Geral, Reset, Todo o Conteúdo e Configurações.
  • Em computadores Windows: seleciona Configurações, Atualizações e Segurança, Recuperações, Reset PC.
  • Em computadores Apple: Reinicia o computador e quando este começar a ligar, carrega ao mesmo tempo nas teclas option+command+r. Quando aparecer o globo a rodar, liberta as três teclas e escolhe reinstalar macOS. Depois, segue as instruções e quando te pedirem, seleciona a hard drive para limpar.

Começa hoje a trabalhar na saúde do Planeta e a preservá-lo para as gerações futuras. Protege-te a ti e a quem te rodeia dos impactos do lixo eletrónico.

Visita o OLX e vende ou escolhe já hoje equipamentos eletrónicos e acessórios em segunda mão.


Próximas leituras:

5 dicas para acabar com a humidade em casa
O inverno traz consigo o frio e a humidade. Se também sofres …
Dá uma segunda vida às rolhas de cortiças que tens em casa
Pronto para um novo projeto DIY? Mostramos-te 10 formas criativas para reaproveitares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *