Em Portugal há uma adesão cada vez maior à prática de BTT. Esta é uma excelente forma de explorar locais isolados e de difícil acesso, nomeadamente serras e montanhas. Geralmente, é o desporto eleito por quem aprecia a natureza e não dispensa uma boa aventura.

O território português está repleto de locais com as condições perfeitas para fazeres BTT. Neste artigo assinalamos o nosso TOP 5. 

Todos os percursos indicados são gratuitos e estão diferenciados de acordo com uma sinalética que representa os níveis de dificuldade – os verdes são os mais fáceis; os azuis são acessíveis; os vermelhos são os difíceis e os pretos são os muitos difíceis. 

5 locais para fazer BTT em Portugal

1. Melgaço, Viana do Castelo

Melgaço é o município mais a norte de Portugal, muito conhecido pelas suas lindas paisagens naturais, a sua vasta herança histórica e as suas deliciosas relíquias gastronómicas. Está inserido numa importante região montanhosa, a Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés.

Melgaço ostenta paisagens tipicamente minhotas, de forte e fértil vegetação, que podes facilmente explorar ao volante da tua bicicleta! Há nesta região um centro de BTT que integra cinco percursos, devidamente sinalizados e com diferentes níveis de dificuldade, numa extensão de 170 Km.

Nesta região verdejante destaca-se o P1 Verde, um percurso circular acessível a todos os praticantes da modalidade ou a quem pretende iniciar-se. Este itinerário desenrola-se essencialmente no Parque Nacional Peneda Gerês. É ainda merecedor de destaque o P3 Vermelho, um percurso paisagisticamente semelhante ao anterior, mas com um nível de exigência técnica superior, ideal para quem já é praticante regular de BTT.

P1 Verde:

  • Distância: 4,25 km
  • Tempo: 0h30 – 1h00
  • Desnível Acumulado: 57 m

P3 Vermelho:

  • Distância: 34,2 km
  • Tempo: 2h30 – 4h00
  • Desnível Acumulado: 790 m

O Centro Cyclin’ de Melgaço possui oficina self-service, lavagem de bicicletas gratuita, instalações sanitárias e balneários c/banhos gratuitos.

Antes de te fazeres à estrada, escolhe o capacete BTT mais adequado para ti, a partir de 10€ no OLX!

2. Pampilhosa da Serra, Coimbra

A Pampilhosa da Serra é uma vila do distrito de Coimbra, onde a natureza exibe todo o seu esplendor.  É o local perfeito para quem pratica BTT e, ao mesmo tempo, gosta de contemplar os encantos da natureza. 

A Pampilhosa da Serra possui uma rede de trilhos cicláveis e devidamente sinalizados com cerca 122 Km e 4 níveis de dificuldade. Se enveredares nestes percursos terás a oportunidade de explorar vários caminhos rurais, as típicas aldeias de xisto, zonas de grande diversidade de fauna e flora, e uma paisagem única em redor da albufeira de Stª Luzia.

O P18 Azul, embora apresente um nível de dificuldade intermédio, é o percurso mais indicado para quem pretende explorar a magnífica paisagem da albufeira, dado que a rota circunda os seus limites.  Já o P19 Vermelho percorre as diferentes freguesias, permitindo conhecer o lado mais rural do município e a tão famosa aldeia de xisto. É um percurso mais exigente, adequado apenas para experientes em BTT, dado que possui várias subidas ingremes. Ambos os percursos se destacam dos restantes devido à sua vasta beleza natural. 

P18 Azul:

  • Distância: 27,9 km 
  • Tempo: 2h30 – 4h00 
  • Desnível Acumulado: 830 m

P19 Vermelho:

  • Distância: 36 km 
  • Tempo: 3h00 – 4h30 
  • Desnível Acumulado: 1225 m

Este centro apresenta alguns serviços e equipamentos, como instalações sanitárias, balneários com banhos pagos e lavagem de bicicletas paga. Se já tens um nível avançado de BTT, podes considerar investir numa action cam GoPro para filmares as tuas aventuras, disponível no OLX a partir de 25€.

3. Alcanena, Santarém

Situada em plena área protegida do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, encontramos o centro de BTT de Alcanena. Nele podemos contemplar os fenómenos geológicos, a fauna e a flora em miradouros naturais que proporcionam momentos de grande beleza e descontração enquanto se descansa e disfruta da fantástica paisagem.

O centro Cyclin’Portugal de Alcanena é constituído por 5 circuitos devidamente sinalizados e planeados de forma a criar 4 níveis de dificuldade distintos. São 192 km adaptados a todos os que visitam, desde os mais novos ou iniciantes nesta modalidade, até aos mais experientes e ousados.

De todos estes circuitos, destaca-se o P21 Verde, percurso adequado para principiantes, que explora a zona agrícola que envolve as Nascentes dos Olhos de Água do Alviela, e o P24 Preto, ideal para os praticantes com mais experiência, que se desenrola essencialmente na zona serrana de Alcanena.

P21 Verde:

  • Distância: 7 km 
  • Tempo: 1h  
  • Desnível Acumulado: 85 m

P24 Preto:

  • Distância: 46,5 km 
  • Tempo: 4h – 6h 
  • Desnível Acumulado: 930 m

Este centro de BTT possui excelentes infraestruturas, como instalações sanitárias, balneários com banhos gratuitos, oficina self-service e lavagem de bicicletas paga. Se estás a pensar dar os primeiros sprints numa bicicleta BTT, visita os anúncios que o OLX tem para ti, a partir de 40€.

4. Serpa, Beja

A poucos quilómetros de Beja, encontras Serpa, uma vila alentejana onde se ergue uma grandiosa muralha. Serpa é um concelho rico em património histórico e em paisagens naturais deslumbrantes, onde se evidenciam as vinhas, os olivais e os montados. Além disso, integra o Parque Natural do Vale do Guadiana, onde o Pulo do Lobo proporciona uma incrível vista sobre o grande rio do sul.

O concelho de Serpa possui condições ideais para a prática de BTT, sendo palco da única rede de trilhas cicláveis da região alentejana.  Este é um local regularmente visitado por praticantes que pretendem explorar a área, dado que os seus percursos estão estrategicamente planeados, permitindo chegar a todas as freguesias do concelho, dando uma visão panorâmica de toda a região.

Destaca-se o P1 Verde, acessível a todos os praticantes da modalidade, de todas as idades, que na sua primeira parte permite explorar a ruralidade do concelho e no regresso expõe a beleza desta magnifica cidade alentejana; e ainda o P3 Vermelho, rota mais longa e difícil, que atravessa várias freguesias do concelho permitindo apreciar a tradicional pacatez das aldeias alentejanas.

P1 Verde:

  • Distância: 12 km 
  • Tempo: 1h00 – 2h00 
  • Desnível Acumulado: 150 m

P3 Vermelho:

  • Distância: 64 km
  • Tempo: 3h30 – 4h30 
  • Desnível Acumulado: 1100 m

Este centro dispõe de instalações sanitárias, balneários com banhos gratuitos, lavagem de bicicletas paga, oficina self-service e ainda uma pump track.

Antes de partir, confere que tens todo o equipamento necessário – inclusive as luvas de BTT certas que te podem manter seguro e confortável.

5. Lagos, Faro

O Algarve está a desenvolver uma estruturada rede de percursos de ciclismo e Lagos foi o local eleito para dar início a esta expansão que pretende promover o uso da bicicleta na região algarvia.

Lagos ostenta enorme notoriedade histórica e cultural e um vasto património natural, muitas vezes esquecido e desvalorizado pelos turistas que apenas procuram “fazer praia”. 

Por isso, em 2019 foi inaugurado o centro de BTT de Lagos, o Centro Cyclin’Portugal de Lagos, onde qualquer adepto de bicicletas pode percorrer, de forma segura e sinalizada, uma rede de 300km, com 9 percursos de diferentes extensões e dificuldades. 

Estes itinerários localizam-se essencialmente no interior do concelho, passando por alguns lugares históricos e emblemáticos, como é o caso da Mata Nacional Barão de S. João.

Destacamos o P2 Verde, ideal para iniciantes de BTT, e o P7 Vermelho pautado pela adrenalina e aventura, sendo por isso mais adequado para quem já é experiente na modalidade. O primeiro trata-se de um percurso circular integralmente realizado na Mata Nacional Barão de S. João. O segundo é uma das rotas mais interessantes porque combina dois cenários distintos, a montanha e a praia, proporcionando uma experiência única.

P2 Verde:

  • Distância: 18,6 km 
  • Tempo: 1h30 – 2h30 
  • Desnível Acumulado: 290 m

P7 Vermelho:

  • Distância: 36,0 km
  • Tempo: 3h – 4h 
  • Desnível Acumulado: 600 m

Este centro dispõe de vários equipamentos e serviços, como casas de banho, lavagem de bicicletas gratuita e oficina self-service. Para que nunca te percas, considera este localizador GPS para a tua BTT, no OLX a partir de 70€.

Boas aventuras e já sabes, antes de sair de casa, prepara-te no OLX!


Próximas leituras:

5 dicas para acabar com a humidade em casa
O inverno traz consigo o frio e a humidade. Se também sofres …
Dá uma segunda vida às rolhas de cortiças que tens em casa
Pronto para um novo projeto DIY? Mostramos-te 10 formas criativas para reaproveitares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *