Jogar o que quiseres, quando quiseres? Check. Jogar numa consola mesmo sem TV? Certo. Desfrutar de gráficos de última geração numa experiência de jogo intuitiva? Confirmado. A Nintendo Switch OLED traz estas e muitas outras vantagens. Descobre tudo sobre esta consola, as principais características e os jogos disponíveis.

Nintendo Switch vs. Lite vs. OLED

Com a chegada da nova Nintendo Switch OLED, existem agora 3 versões a escolher. A Nintendo Switch Lite foi otimizada para jogar no modo portátil, compacta, leve e com todos os comandos incorporados. A versão mais recente é a Nintendo Switch OLED, que oferece um ecrã OLED de 7 polegadas com cores intensas. E a consola original, Nintendo Switch, continua à venda no mercado.

Estas são as principais características de cada uma:

Switch OLEDNintendo SwitchNintendo Switch Lite
Dimensões102 x 242 x 13,9 mm102 x 239 x 13,9 mm91,1 x 208 x 13,9 mm
Peso320 g sem Joy-Con
420 g com Joy-Con
297 g sem Joy-Con
398 g com Joy-Con
275 g
EcrãOLED 7 polegadas
Resolução HD (1.280 x 720 pixels)
OLED 6 polegadas
Resolução HD (1.280 x 720 pixels)
LCD Tátil 5,5 polegadas Resolução HD (1.280 x 720 pixels)
CPU/GPUNVIDIA TegraNVIDIA TegraNVIDIA Tegra
Armazenamento64GB + cartão microSD32GB + cartão microSD32GB + cartão microSD
Bateria4,5 – 9 horas4,5 – 9 horas3 – 9 horas
Modo de jogoModo TV
Modo superfície estável
Modo portátil
Modo TV
Modo superfície estável
Modo portátil
Modo portátil
ComandosInclui um par de comandos Joy-ConInclui um par de comandos Joy-ConInclui controlos integrados
Base da Nintendo SwitchLigação à TV através de um cabo HDMI no modo TV

Porta LAN para utilização no modo TV
Ligação à TV através de um cabo HDMI no modo TVA consola não pode ser ligada à TV nem colocada na base da Nintendo Switch
Jogos compatíveisTodos os jogos para a Nintendo SwitchTodos os jogos para a Nintendo SwitchJogos para a Nintendo Switch compatíveis com o modo portátil

Sendo a principal novidade no mercado de consolas nos últimos meses, vale a pena conhecer mais a fundo a Nintendo Switch OLED.

As novidades da Nintendo Switch OLED

A Nintendo Switch OLED distingue-se dos restantes modelos por vários motivos. Além da mudança evidente na tecnologia e no tamanho do ecrã, destaca-se o suporte ajustável e amplo, o dobro do armazenamento interno face ao seu antecessor e o áudio melhorado. 

Photo by: nintendo.pt

Estas são as principais novidades deste modelo.

Maior e melhor ecrã

A grande mudança do novo modelo da Nintendo Switch passa pelo seu incrível ecrã OLED de 7 polegadas e com bordas mais finas. As cores intensas e o elevado contraste do ecrã vão garantir experiências impressionantes, seja qual for o jogo.

Ao contrário dos ecrãs LCD, os OLED apresentam as imagens usando a luz emitida por cada pixel individual. Os tons negros são mais profundos, e o contraste é o melhor que a marca já apresentou.

Apesar de ter um tamanho de ecrã maior, a resolução ainda é HD. É também importante falar de algumas desvantagens do OLED, tais como o possível aparecimento de áreas queimadas de longa duração. Isto porque os painéis OLED usam compostos orgânicos que são mais propensos à degradação e retenção de imagens.

Artigo relacionado: Os melhores jogos para Nintendo Switch

Mais conforto em modo multiplayer

O modelo anterior da Nintendo Switch só podia ser colocado numa única posição, característica que originou muitas reclamações dos utilizadores. O modelo OLED pode ser colocado em diferentes posições, o que torna a experiência em multiplayer mais confortável. Abre o suporte e passa o comando ao outro jogador. Depois, partilha o ecrã e podes aceder ao modo multijogador competitivo (um contra o outro) ou cooperativo.

Mais conetividade e ligação estável à internet

O modelo OLED da Nintendo Switch inclui duas portas USB, uma entrada HDMI para ligar à TV e uma nova porta LAN por cabo, que vai permitir que jogues online de forma mais estável.

Apesar de o modelo anterior também já ser compatível com porta Ethernet, tal acontecia apenas por meio de um acessório opcional que devia ser adquirido separadamente. Agora, está integrada na própria base.

O dobro do armazenamento

A Nintendo Switch OLED oferece 64GB de armazenamento interno, mais do que as suas antecessoras. É ainda possível expandir a capacidade com um cartão microSD compatível. Se gostas de ter vários jogos instalados na sua Switch, a diferença face aos 32GB do modelo anterior é notória.

Áudio otimizado

Podes contar com altifalantes incorporados com áudio otimizado neste modelo. Seja no modo portátil ou de superfície estável, a garantia é de um som sempre nítido. Tendo em conta que os altifalantes eram fruto de reclamações frequentes, este é também um grande upgrade.

Melhor experiência de jogo

Podes jogar todos os títulos para a Nintendo Switch na tua OLED. A experiência de jogo no novo ecrã é sublime e a diferença notória. Os pormenores ganham destaque e as cores mais vivas. Contudo, podem existir diferenças na experiência de jogo com alguns acessórios Toy-Con da série Nintendo Labo.

O que não mudou na Nintendo Switch OLED?

Apesar destas novidades, alguns fãs podem ficar desiludidos por saber que algumas das características mais importantes da consola não sofreram melhorias. É o caso do processador, da RAM, da placa gráfica e da autonomia da consola.

Processador e RAM

Uma das principais expectativas com o lançamento era o aumento da potência da Nintendo Switch OLED. No entanto, tanto o processador como a memória RAM ficaram inalteradas. Apesar de para já estas especificações serem suficientes para os jogos atuais, esta decisão pode fazer com que a consola seja menos capaz de lidar com próximos lançamentos.

Placa gráfica

Tanto a Nintendo Switch quanto o modelo OLED têm um processador NVIDIA Tegra de 2015, utilizado para jogos atuais, mas que podem causar reticências face a novos títulos como Pokémon Legendes: Arceus, que são extremamente exigentes. Além disso, fica por concretizar a esperada saída de vídeo em 4K.

Autonomia

Por último, a nível de autonomia também não se verificaram grandes upgrades. Os números oficiais apontam para 5,5 horas a jogar The Legend of Zelda: Breath of the Wild. O tempo de carregamento mantém-se nas 3 horas.

Opiniões Nintendo Switch OLED: vale a pena?

Em resumo, a Nintendo Switch OLED traz algumas novidades importantes face aos modelos anteriores como um ecrã maior de elevada resolução e uma experiência de jogo mais confortável em multiplayer. o aumento de espaço disponível, de ligações e a melhoria do áudio são melhorias bem-vindas por qualquer jogador exigente. No entanto esperava-se mais deste lançamento no que toca ao processador, Memória RAM, Placa Gráfica e autonomia.

O veredicto depende essencialmente daquilo que cada jogador privilegia mais. Para quem recorre muito ao modo multiplayer e não prescinde de um bom ecrã então o upgrade vale a pena para quem. Se estes dois pontos não são tão importantes, provavelmente a melhor opção será esperar ou manter a tua Nintendo Switch actual.

Para quem quer comprar uma nova Nintendo Switch OLED tendo em casa o modelo Lite ou Nintendo Switch, a melhor opção será colocá-la à venda no OLX. Assim, é possível ganhar algum dinheiro extra, e conseguir a nova consola a um preço mais em conta. Coloca o teu modelo Nintendo Switch à venda no OLX e prepara-te para a chegada do modelo OLED!


Próximas leituras:

Xiaomi CIVI: tudo sobre o smartphone da Xiaomi
Este guia completo tem tudo o que precisas de saber sobre o …
Rápido, barato, robusto: tudo sobre o Xiaomi Mi 11T Pro
O Xiaomi Mi 11T Pro é um dos mais poderosos smartphones, equipado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *