Os carros são máquinas bem lubrificadas que contemplam diversos componentes e sistemas que trabalham para o mesmo fim: levar condutor e passageiros do ponto “A” ao ponto “B”, sempre da forma mais segura, confortável e económica possível, tendo em conta as características e tipologia do veículo.

Os barulhos estranhos que aparecem nos carros podem significar uma série de coisas (não necessariamente graves), dependendo de quando surgem e de onde provêm. O que torna difícil a um ouvido destreinado identificar o que significam.

O que deves fazer se o teu carro estiver a fazer um barulho estranho? Primeiro, não entrar em pânico. Depois, se te parecer grave ou caso sintas algo no exercício da condução, convém parares em segurança assim que puderes. A seguir, podes sempre pedir ajuda, de preferência a um mecânico.

Em todo o caso, se não tens o ouvido treinado para identificar o tipo e a proveniência, nós dizemos-te o que significam os barulhos estranhos que o teu carro está a fazer.

Barulhos ao ralenti

Se ligas o carro e continuas a ouvir um clique depois de o teres deixado a trabalhar durante um bocado, pode ser sinal de baixa pressão do óleo. O que significa que, mais cedo ou mais tarde, terás de procurar um profissional para te resolver o problema.

Se ouves um som sibilante, semelhante a um assobio, vindo de dentro do capot enquanto o carro está ao ralenti, pode querer dizer que o motor está com um problema de sobreaquecimento. No entanto, também pode indicar que existe uma fuga de vácuo algures, o que deve ser fácil resolver uma vez localizado o sítio.

Barulhos ao acelerar

Se ouves um barulho semelhante a uma pancada que parece aumentar à medida que aceleras, pode querer dizer que tens um pneu nas lonas. Lembra-te que sendo este o único elemento de contacto do carro com a estrada, conduzir com um pneu furado ou danificado vai dar cabo da jante e poderá causar danos consideráveis na suspensão e para-choques. Para já não falarmos da segurança. O melhor, mesmo, é parares o carro.

Artigo relacionado: Como escolher os melhores pneus para o teu carro

Se a alavanca da caixa (no caso de transmissão manual) arranha na engrenagem das mudanças, tal pode significar que a embraiagem está gasta ou que o seletor necessita de ajuste. Mas também pode indicar que existe um problema mais sério na transmissão.

Se ouves um chiar proveniente do volante que se altera quando aceleras, geralmente significa que um rolamento de roda ou eixo está a começar a falhar. É melhor resolveres o problema rapidamente antes que as rodas bloqueiem ou se soltem.

Barulhos ao circular

Um guincho agudo enquanto conduzes pode significar que a correia de transmissão está perto do fim. Caso ela se parta ou rasgue, o carro não funcionará. Por isso, verifica o mais rapidamente possível esta situação para evitar uma avaria muito mais onerosa no motor.

Se ouves um chocalhar enquanto conduzes, pode ser difícil identificares o problema. Tudo depende de onde provém o som. Se o chocalhar vier da parte de baixo do carro, pode indicar que um componente do sistema de escape está solto ou o conversor catalítico está partido, o que exigiria, em qualquer dos casos, a intervenção de um mecânico. Se o barulho for proveniente do capot, pode ser qualquer coisa, desde problemas no nível de óleo até uma embraiagem defeituosa da ventoinha. Se o barulho vier de dentro do carro, pode ser, simplesmente, um bocado de plástico solto ou até mesmo algo que está a bater no porta-luvas sendo, neste caso, facílimo de resolver.

Se ouves um tique-taque vindo de dentro do capot, pode significar que o motor está com pouco óleo. Verifica os níveis antes de pensares em dirigir-te a uma oficina. Se os níveis de óleo estiverem corretos, um tique-taque ou uma pancada pode significar um problema mais sério nas válvulas.

Vais trocar de carro? Faz uma pesquisa no OLX

Barulhos ao virar

Um ranger pode indicar que o nível do fluido da direção assistida está baixo. Mas antes disso, o carro avisa-te através de um ranger causado pelas bolhas de ar presas no fluido.

Já um clique, numa curva fechada a baixa velocidade, pode indicar que a junta homocinética (que liga as rodas à transmissão) está danificada ou desgastada. Neste caso, precisa de ser substituída rapidamente. Dirige-te a uma oficina o quanto antes.

Barulhos ao travar

Se ouves um chiar quando travas, quer dizer que está na altura de substituíres as pastilhas. Estas incluem indicadores de desgaste que alertam os condutores para essa necessidade.

Um ranger, provavelmente, significa que deixaste passar os sinais de alerta para substituíres as pastilhas de travão e estás quase a danificar os discos. Deves dirigir-te a uma oficina o quanto antes. Lembra-te que mais importante do que acelerar, é travar.

Se ouves um clique ou uma arranhadela nos travões, pode significar que um ou mais componentes do sistema estão danificados. Ou pode indicar a existência de uma pedra ou de outro objeto preso nos travões. Seja como for, convém ser analisado por um profissional para evitar danos a longo prazo.

Próximas leituras:

Aluguer de autocaravana: 10 dicas antes de partir à aventura
Estas são as 10 dicas essenciais para ter umas férias inesquecíveis antes …
Conheça os incentivos à compra de carros elétricos em 2022
Conheça neste artigo todos os incentivos à compra de carros elétricos para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.