A tua casa é o lugar para onde regressas ao fim de um dia agitado, onde consegues recuperar o teu equilíbrio e te sentes verdadeiramente tu. Justamente por isso, a casa deve estar organizada e decorada num estilo que te representa. E as plantas de interior têm o poder de transformar qualquer espaço, de modo a dar-lhe cor, torná-lo o mais acolhedor possível e de forma a destacar ainda mais a tua personalidade.

Se desejas desfrutar de um pequeno jardim verde em casa, ajustado à tua personalidade e rotinas, preparamos um guia completo sobre plantas de interior resistentes, assim como algumas dicas úteis de cultivo e cuidados.

Temos uma secção repleta de plantas à tua espera

8 plantas de interior resistentes

Além de serem um excelente elemento decorativo, as flores e as plantas de interior ajudam ainda a purificar o ar e a regular o nível de humidade na casa.

Algumas destas plantas conseguem ser bastante resistentes e podem dar-se bem sem muita luz ou água, o que significa que não terás de te preocupar muito com elas. São plantas à prova de praticamente tudo, até mesmo de pessoas esquecidas e sem jeito para plantas. Parece-te familiar?

Para criares o teu jardim, tudo o que tens de fazer é reunir alguns vasos, terra, ferramentas básicas de jardinagem, escolher algumas destas plantas de interior resistentes e pôr as mãos na terra.

1# ZZ (Zamioculcas Zamiifolia)

A Zamioculcas é uma planta nativa de Zanzibar, conhecida pelas suas folhas brilhantes, de um verde intenso, e por não ser nada pretensiosa a fatores ambientais. Cresce bem em condições de luminosidade fraca ou moderada e a temperaturas médias-altas (12-20ºC ou superior, dado que é uma planta africana), sem necessitar de muita água.

Para garantir um crescimento harmonioso, recomendamos-te que a coloques num local com sombra, evitando expô-la à luz solar direta. No Verão, deves regá-la uma vez a cada duas semanas e verificar se o solo está seco antes de a regar novamente. O excesso de humidade da terra pode levar ao apodrecimento das raízes e à degradação das plantas de interior.

2# Violeta Africana (Saintpaulia Ionantha)

Ainda no grupo de plantas de interior resistentes e de origens africanas, apresentamos-te a Violeta Africana – uma das mais bonitas de sempre!

Esta planta é muito fácil de cuidar e floresce durante todo o ano, independente da estação em que se encontre. Isto significa que terás muita cor no teu cantinho natural em casa, 365 dias por ano.

A Violeta Africana precisa de luz, mas deves mantê-la protegida dos raios solares diretos, a uma temperatura entre os 20 e os 24º C. Deve ser regada uma vez por semana – podes colocar a água no prato do vaso ou diretamente no solo, evitando molhar as folhas.

3# Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata)

Mesmo que o nome não pareça muito promissor, podemos garantir que a Língua-da-Sogra, também conhecida como Espada de São Jorge ou Rabo de Lagarto, é uma excelente planta para ter em casa. Além de ser muito bonita, com folhas em vários tons de verde, também é fácil de cuidar.

Deves colocar esta planta num local com claridade, mas longe da luz direta do sol, e deves regá-la aproximadamente de duas em duas semanas (no inverno deves regar menos). No entanto, é importante verificares sempre o solo e garantir que está seco antes de uma nova rega. Sim, é tão fácil!

4# Flor de Natal (Euphorbia Pulcherrima)

Apesar do nome, a Flor de Natal (ou Poinsétia) não é uma planta sazonal que só se pode ver durante a época natalícia, mas sim durante todo o ano. O curioso é que é no Inverno, nas vésperas das festas, que as folhas mudam de cor, ficando vermelhas.

A Flor de Natal, tal como a maioria das plantas de interior resistentes, suporta temperaturas moderadas, entre os 15 e os 24º C. Deve ser protegida do calor e frio excessivos, incluindo durante o transporte da planta, que deve obedecer a estas condições, para que a planta não se degrade a caminho de tua casa.

Deves regar esta planta uma vez por semana e deves mantê-la num local com iluminação natural, mas sem que esteja exposta a luz solar direta.

No início do Outono, deves mover a planta para um local mais escuro, uma vez que a escuridão ajuda a iniciar o processo de floração e transformação das folhas.

5# Yucca (Yucca)

Esta é uma daquelas plantas de interior mais resistentes e que, sem dúvida, daria um toque exótico ao teu jardim caseiro. A Yucca é conhecida tanto pela sua beleza como pela facilidade com que podes cuidar dela.

A Yucca cresce de forma saudável se for colocada num local afastado do frio e da luz solar direta e se for regada a cada duas semanas. Mas lembra-te: é fundamental verificar sempre o solo antes de cada rega para garantir que está completamente seco.

Durante o Verão, podes colocá-la ao ar livre (na varanda, terraço…), resguardada do Sol, uma vez que se dá bem no calor.

6# Árvore de Jade (Crassula Ovata)

A Árvore de Jade (ou Planta Jade) é uma das plantas de interior mais espetaculares que podes ter em casa e é muito fácil de cuidar. As suas dimensões variam consoante o modelo escolhido, mas a principal característica são as folhas muito carnudas e verdes.

Esta planta precisa de uma pequena quantidade de água e deve ser regada apenas uma vez por semana (nos meses de inverno, entre a cada duas/três semanas). Além disso, é uma planta que adora altas temperaturas e luz natural, por isso ficará absolutamente deliciada se a colocares no parapeito da janela, na tua varanda ou no terraço.

7# Aloe Vera (Aloe vera)

Conhecido e apreciado pelas propriedades medicinais e por ser tão fácil de cuidar, o Aloe Vera é uma ótima planta para ter em casa.

Deve ser colocado num local com bastante luz, perto de uma janela, por exemplo, e regado a cada duas semanas se o solo estiver seco. De resto, terá um bom desempenho por conta própria, sem necessitar de cuidados adicionais da tua parte.

8# Jiboia (Epipremnum Aureum)

Se adoras plantas esvoaçantes para colocar em prateleiras ou em vasos suspensos, a Jiboia é das melhores plantas de interior para o efeito.

Esta planta não é nada pretensiosa em termos de condições de luz, dando-se bem tanto em locais bem iluminados como com mais sombra. Apenas tens de te certificar de que o solo está sempre húmido, porque é uma planta que adora água. E é só isso!

Dicas extra para cuidares das tuas plantas de interior

Apesar de estas plantas terem a fama de ser muito resistentes, não deixa de ser importante teres em consideração alguns cuidados, para que as possas desfrutar delas por muito mais tempo, nomeadamente:

  • Depois de comprares plantas, é importante verificar o solo e o vaso em que foram colocadas. Isto porque muitas vezes o suporte em que se encontram é muito pequeno para o tamanho da planta e as raízes saem (ou estão prestes a sair), então precisas de trocar o vaso e adicionar terra nova.
  • Tem cuidado para não afogares as tuas novas melhores amigas. O excesso de água é a principal razão pela qual muitas das plantas de interior morrem tão rapidamente. Portanto, entre duas regas, é importante garantir que o solo está seco e que o vaso tem uma prato para escoar a água. Desta forma, as raízes não apodrecem.
  • Ajuda as tuas plantas durante o período de hibernação, que geralmente acontece no inverno. As flores que passam por esta fase devem ser regadas com menos frequência e levadas para um local mais fresco e com menos luz. Regra geral, durante este período, algumas plantas perdem as suas flores e folhas, mas voltam a recuperá-las quando a fase de crescimento ativo recomeça (quando as temperaturas aumentam).
  • Se reparares que a tua planta se desenvolveu muito, não aparece mais no vaso atual ou dá sinais de estar murcha, é hora de trocar de vaso. Geralmente deves mudar as plantas de vaso ao fim de 6 meses, um ano e dois anos, dependendo da planta. Tem cuidado, no entanto, para que a movimentação de um local para o outro não seja feita antes ou durante a fase de floração.
  • Controla a temperatura do espaço onde reúnes as tuas plantas de interior. Devem estar protegidas do vento e da luz solar direta, para que os raios não as queimem e as destruam por completo. Além disso, toma cuidado para manteres o nível de humidade necessário, especialmente se vives numa região com um ambiente muito quente e seco. Usa um pulverizador para borrifar água nas folhas de vez em quando.

Como vês, trazer a natureza para dentro de casa é uma missão muito mais simples do que imaginavas, especialmente se optares por plantas de interior resistentes.


Próximas leituras:

5 dicas para destralhar a casa
Aprende a destralhar a casa de forma simples e eficaz. Ganha espaço …
Precisas de fazer obras em casa? Segue estas dicas.
Chegou o momento: é preciso fazer obras em casa. Estes são os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *