As plantas para cozinha criam um ambiente mais alegre e bonito. Para além disso, ajudam a renovar o ar, a reduzir a quantidade de pó e até a perfumar o espaço. Existem diferentes tipos de plantas para cozinha que podem dar mais ou menos trabalho. Descobre como escolher a espécie certa para ti.

Estás pronto para ter uma planta para cozinha?

Para saber se estás preparado para receber uma planta na cozinha, verifica se cumpres estes requisitos.

  • Iluminação: Começa por seguir as instruções indicadas no vaso ou pelo vendedor. Algumas plantas precisam de muita luz solar e, por isso, devem ficar perto de uma janela. Mas existem outras que preferem luz média. Se a tua casa tem pouca luz, opta por plantas tolerantes à sombra.
  • Trocar de vasos: Algumas plantas acabam por murchar pouco tempo depois de chegarem a tua casa? É natural que isso aconteça se não as trocas de vasos. Os vasos iniciais devem ser temporários, pois têm um tamanho limitado que impedem as raízes de crescer. No OLX encontras uma centena de vasos disponíveis
  • Drenagem: Para conseguires uma drenagem adequada deves optar por vasos com buracos no fundo, que permitam que a água saia. Se esta não sair, fica acumulada no fundo do vaso, deixando o substrato empapado, o que vai levar ao apodrecimento das raízes, Caso os vasos não tenham estes buracos no fundo, coloca umas pedras no fundo, seguida de uma camada de areia lavada e, só depois, a terra. A areia terá a função de escoar a água, para que siga para a próxima camada, prevenindo a asfixia das raízes.

Aqui tens uma secção para #PlantLovers

As 12 melhores plantas para cozinha

1# Catos e suculentas

Catus e suculentas no chão

Os catos e suculentas podem ter vários tamanhos e formatos e, por isso mesmo, adaptam-se a diferentes espaços da tua cozinha. Podes colocar pequenas plantas, que não crescem para além do tamanho do vaso, por cima da bancada da cozinha ou num apoio estreito que tenhas.

Estas plantas para cozinha são capazes de absorver a poluição eletromagnética, precisam de pouquíssima água, bastando regar apenas uma vez por mês durante o inverno. São bastante resistentes, gostam de estar bem perto do sol e dispensam ambientes húmidos.

2# Aloe vera

Planta de aloe vera na mesa

Esta é também uma das plantas para cozinha recomendadas por ser resistente. Gosta de luz, mas não direta e dispensa o frio extremo. A aloe vera, conhecida como a “planta da imortalidade” pela sua longa vida, traz também propriedades terapêuticas.

O gel das suas folhas auxilia no tratamento de queimaduras menores, bastando, para isso, cortar uma folha interior, perto do caule, remover os espinhos e aceder ao líquido interior. Bastar regar esta planta duas vezes por mês.

3# Hera inglesa

Para pendurar no teto ou em cima de uma janela, esta é daquelas plantas para cozinha que vai conferir um ar carismático ao espaço. É uma planta exuberante, tendo uma variedade de tons de verde com detalhes brancos, amarelos e pretos nas suas folhas.

A hera ajuda a purificar o ar, pois elimina os poluentes mais comuns no interior das casas, tal como o formaldeído, benzeno, mofo e bactérias. Apesar destas vantagens, a hera é tóxica para os animais.

4# Jasmim branco

O jasmim branco é daquelas plantas cujas flores se mantém vivas mesmo em ambientes fechados, principalmente nos meses de inverno. É uma espécie que exige um pouco mais de cuidado, mas as flores e o seu aroma valem bem a pena.

Com um cheiro doce, fresco e a limpo, é uma das plantas para cozinha a manter num local parcialmente iluminado e da qual a terra deve estar sempre húmida.

Descobre quais são as melhores plantas de interior que se dão bem dentro de casa

5# Coleus

Procuras plantas para cozinha que deem cor a este espaço? Então tens a coleus que, com folhas verdes, amarelas, em tons castanhos ou rosa, traz vida à tua cozinha. Esta planta não exige uma grande manutenção, é indicada para espaços bem iluminados e dispensa calor excessivo.

6# Planta aranha

Esta planta adequa-se a uma grande variedade de condições, sem exigir muitos cuidados. É uma das plantas para cozinha que requer algum espaço para crescer, mas que podes colocar junto da janela ao sol ou sobre armários suspensos.

A planta aranha tem a capacidade de filtrar até 90% do monóxido de carbono presente no ambiente, o que vai ter impacto na eliminação de odores e vapores da tua cozinha. Precisa de regas ocasionais e podas pouco frequentes.

7# Jiboia

Denominada cientificamente como Epipremnum aureum, a jiboia é muito comum nas casas portuguesas, sendo uma excelente opção de plantas para cozinha ou para qualquer outro espaço interior da tua casa.

É uma planta resistente, que gosta de luz e precisa de espaço para crescer. O ideal é colocá-la num espaço com luz natural e amplo. Deves pulverizá-la com alguma frequência.

8# Aglaonema

Esta planta tropical é doméstica e tem uma enorme capacidade de adaptação, capaz até de crescer em condições secas e com pouca luz. Entre as plantas para cozinha, esta é daquelas que podes colocar em vasos pequenos e num local com pouca luminosidade.

As folhas surgem em abundância, em tons de branco, creme e prata. É outra excelente opção para remover toxinas do ar e que não exige grandes cuidados.

9# Espada de São Jorge

De origem africana, um clássico das plantas de interior, também entra na listagem de plantas para cozinha. A Espada de São Jorge é bastante resistente a condições adversas, adaptando-se a locais com pouca luz. É conhecida pelo poder de proteção e atração da sorte, por afastar a inveja e as energias indesejáveis.

Subdividida em diferentes espécies, podes encontrar a que mais gostas e que se adapta melhor ao estilo da tua cozinha. A Sansevieria laurentii tem folhas altas, verdes e amarelas, combinando perfeitamente com uma cozinha de decoração mais clássica. Já a Sansevieria cylindrica tem folhas esguias e tubulares, fazendo o match perfeito com o estilo minimalista.

10# Violeta

A par das coleus, as violetas são outras plantas para cozinha que vão colorir todo o espaço. São perfumadas, precisam de pouca rega e têm preferência pela meia sombra, protegidas do sol, mas com claridade. É tida como flor tropical, existindo em várias cores e texturas.

São de fácil cultivo, devendo o solo estar preparado com uma mistura de areia, terra e turfa. Um truque para que a tua violeta se desenvolva bem passa por, quando notares a terra seca, regar com água morna ou à temperatura ambiente, e sempre por cima. Espera que a água seja drenada e escorre o excedente do prato.

11# Begónia

Perfeitas como plantas para cozinha, as begónias são delicadas e coloridas, dando um toque charmoso ao ambiente. Está entre as flores mais comuns e de fácil cultivo, existindo em mais de mil espécies, cada uma com a sua beleza.

Tem cores únicas e folhas verdes ou avermelhadas, compondo uma decoração original e requintada. Como floresce durante a maior parte do ano, é perfeita para decorar a beira da janela ou prateleiras. Pede rega sempre que a terra se encontra seca.

12# Ervas aromáticas

Não podemos falar de plantas para cozinha sem falar das ervas aromáticas. Entre hortelã, manjericão, cebolinho, alecrim, coentros, salsa e muito mais, são várias as opções que podes plantar ou comprar para ter na tua cozinha.

Se tiveres falta de espaço para ter vários vasos em simultâneo, considera construir uma horta vertical. Seja como for, vais precisar de um local com alguma luz e onde possas fazer chegar a quantidade de água suficiente para que as tuas ervas aromáticas cresçam saudáveis.

Se preferires ser tu a plantar as aromáticas, podes fazê-lo aproveitando frascos de conservas, latas de chá, e garrafas, dando-lhes novas utilidades. Para além da horta vertical, podes colocá-las em prateleiras, no parapeito da janela ou até suspensos, não esquecendo que não podem estar diretamente expostas ao sol nem a correntes de ar.

Na hora de utilizares as tuas aromáticas, corta as plantas por cima, à exceção do cebolinho e, preferencialmente, à mão. Se lhes adicionares um pouco de substrato ocasionalmente, elas vão crescer mais viçosas.

7 dicas para criares a tua própria horta em casa

Com alguns cuidados básicos é possível munires-te das tuas plantas para cozinha favoritas e renovar todo o ambiente. Não te esqueças de que a forma mais fiável de saber quando deves regar as plantas é através da palpitação da terra, percebendo que se está seca é para regar.


Próximas leituras:

Guia para escolher um forno elétrico
Descobre tudo o precisas de saber acerca dos fornos elétricos e acerta …
Como escolher o sofá? Um guia prático
Procuras o teu primeiro sofá ou está na hora de trocar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *