As carrinhas são, muito provavelmente, a forma mais consensual e realista de poderes desfrutar da condução quotidiana, sem estares muito limitado quando é necessário transportar a família ou amigos e todas as suas tralhas.

Escolhemos 4 ótimas opções de carrinhas usadas por menos de 20.000€

Renault Talisman Sport Tourer

Renault TALISMAN ESTATE carrinha usada OLX

No catálogo da Renault, o Talisman substituiu o Laguna, contruído na plataforma modular CMF C/D do consórcio francês, também a base do anterior Nissan Qashqai, mas com 2,81 metros entre eixos. Resultado: espaço a bordo para cinco ocupantes sem apertos e bagageira com capacidade excecional (608 litros standard, quase 1700 litros com os bancos posteriores rebatidos, movimento realizado facilmente a partir da mala, recorrendo a alavancas específicas Easy Break).

O acesso à plataforma de carga é baixo, para cargas/descargas sem grande ginástica. No centro do painel de bordo, de série, está o monitor de 8,8 polegadas do sistema R-Link 2. Permite comando tátil de várias funções do automóvel, incluindo dos quatro modos de condução: Perso (individual) – Eco, Neutral, Comfort e Sport, com influência no tato da direção, na resposta do motor ao acelerador e na apresentação do quadro de instrumentos.

No plano dinâmico, as versões mais equipadas contam com o sistema 4Control, que associa o eixo traseiro direcional à suspensão com amortecimento variável – a Renault chama-lhe pilotado. O Diesel mais recente é o Blue dCi com 1,7 litros de 150 cv, com o pacote tecnológico para descontaminação de gases de escape que inclui AdBlue, em substituição do Energy dCi com 1,6 litros.

Quanto custa um Renault Talisman Sport Tourer usado?

Opel Insignia Sports Tourer

Opel Insignia carrinha usada

Em 2017, a Opel lançou uma geração 100% nova da sua bem-sucedida carrinha Insignia, para assumir definitivamente o estatuto de alternativa aos construtores alemães com estatuto premium. Sendo 7 cm mais comprida e 4 cm mais baixa do que a Sports Tourer original de 2008, a carrinha no catálogo da marca do relâmpago ganhou um visual mais elegante e um habitáculo mais espaçoso, fruto do aumento da distância entre eixos em 9,2 cm, para um total de 2,829 metros.

Na medição do interior são mais 31 mm em altura e 25 mm em largura medidos de porta a porta, à altura dos ombros. Mas, não foi tudo. Também a bagageira ganhou volume, atingindo um máximo de 1640 litros, mais 100 litros. O rebatimento dos bancos traseiros pode fazer-se de forma tripartida (na proporção 40:20:40), descobrindo uma gigantesca plataforma de carga com uns generosos 2 metros em comprimento, crescendo 9 cm em relação ao Insignia da primeira geração.

No topo da consola central, destaque para o monitor tátil enorme que concentra todas as funções do sistema de info-entretenimento IntelliLink, compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

Ao nível das motorizações, as versões de combate eram a gasóleo (o 1.6 CDTI de 110 e 136 cv e o 2.0 CDTI que debita 170 cv), mas se não abdicas de prestações e potência procura pelo 2.0 Turbo com 250 cv e 400 Nm, um motor com sobrealimentação por turbocompressor de dupla entrada (twin scroll), que surgiu combinado com caixa automática de 8 velocidades e tração integral.

Vê todos os Opel Insignia à venda no OLX

Peugeot 308 SW

Leve e acessível, poderá ser a trail ideal para te iniciares nas aventuras das viagens mais longas e com terrenos não asfaltados pelo meio. De design cuidado e focada numa utilização mista, chega dotada de um fiável e equilibrado motor de 125 cc, monocilíndrico de injeção eletrónica.

Na verdade, esta Montana apresenta um desenho de dupla finalidade com um par de guarda-lamas, cuja frente é o clássico bico de pato utilizado por outras duas rodas do mesmo género.

Já o vidro, alto, oferece proteção aerodinâmica adequada ao ciclista e cobre o painel de instrumentação digital. Existe também uma porta USB. A direção é assegurada por um guiador largo, ideal para uma boa manobrabilidade.

Interessado num Peugeot 308 SW em segunda mão?

Toyota Auris Touring Sports

Carrinha compacta, espaçosa e confortável, o Auris Touring Sports substituiu o Corolla no segmento C durante algumas gerações.

Na versão mais recente, conta com a moderna motorização híbrida de 136 cv, que se destaca pela eficácia do sistema que vai gerindo a intervenção elétrica e que permite consumos, em condições reais, incrivelmente baixos para carro com motor de 1,8 litros a gasolina. Daí que consiga um custo por quilómetro semelhante ao de muitos automóveis a gasóleo – em especial se tiver bom uso em ambiente citadino, sofrendo apenas quando se puxa por ele em autoestradas.

A suavidade é o ponto alto deste híbrido, em especial quando o sistema decide que role no modo elétrico. Não tem prestações de foguete, mas a caixa permite-lhe boas recuperações. A mesma caixa CVT que, depois, quando o queremos acelerar, faz com que o motor tenha um ruído um pouco irritante em que parece queixar-se de não ter mais relações para passar.

Na mala, a capacidade varia entre os 530 e os 1658 litros com os encostos posteriores rebatidos. Entre as soluções de cariz práticos, destaque ainda para o sistema “one-touch folding” (dobragem com um só toque) de bancos, que permite criar uma área de carga plana num instante. O piso da mala pode ser rebaixado para maximizar a capacidade de carga, ou elevado para formar um piso plano.

Procuras um Toyota Auris Touring Sports usado?


Próximas leituras:

Como funciona o ar condicionado de um carro?
O ar condicionado veio salvar a vida de quem passa muito tempo …
Comprar carro: a importância do test drive
Vais comprar carro? Ótimo. Agora só falta o test drive: não esperes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *