O seguro com cobertura de quebra isolada de vidros não é obrigatório nem está incluído em todos os seguros de responsabilidade civil. Mas neste vídeo, vamos explicar-te porque é que deves adicionar esta opção ao teu seguro.

Em Portugal, a legislação obriga apenas a que todos os veículos a motor e os seus reboques tenham um seguro de responsabilidade civil. 

Mas praticamente todos os veículos, incluindo motos, têm vidros, certo? Por exemplo, mudar o vidro frontal de um carro familiar pode ter um impacto inesperado na tua carteira, caso não tenhas seguro com cobertura de quebra isolada de vidros.

Este tipo de cobertura apenas pode ser acionada se não houver outros danos no veículo, para além da quebra dos vidros, e garante a reparação ou substituição dos vidros frontal, laterais e traseiro e, em alguns casos, também o teto de abrir ou tejadilho panorâmico. 

No entanto, é importante que saibas que as proteções do seguro com cobertura de quebra isolada de vidros diferem de seguradora para seguradora, e algumas podem exigir-te que pagues uma franquia – ou seja, o valor que fica a teu cargo, seja qual for o valor dos danos.

Na Tranquilidade tens opções sem franquia e encontras uma rede especializada de oficinas de Norte a Sul do país, que estão preparadas para a reparação de quebras de vidros sempre que necessitares. Dependendo do seguro contratado, podes também optar por reparar o vidro numa oficina à tua escolha.

Porque no fundo, é tudo uma questão de… tranquilidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.