Lisboa é história, diversão e cultura. As avenidas, as calçadas, a gastronomia e os museus são parte do encanto, mas para estar em contacto com a natureza e descontrair, nada como visitar um destes jardins e parques. Descubra 8 dos melhores sítios para passear em Lisboa.

1. Jardim Botto Machado

Fonte: lisboa.pt

Apesar de estar próximo de locais históricos como o Panteão Nacional ou a Igreja de São Vicente de Fora, o jardim Botto Machado passa despercebido. Recebe mais visitantes no horário em que decorre a bem conhecida Feira da Ladra mas, no resto do tempo, é um sítio calmo onde é possível relaxar numa esplanada, ao lado do miradouro do jardim, com uma vista panorâmica sobre o Tejo.

O caminho é sobre calçada portuguesa e gravilha, ao longo das áreas relvadas, protegidas pela sombras das árvores. As crianças podem ainda usufruir de um parque infantil que está à disposição no parque.

Artigo relacionado: 8 melhores praias perto de Lisboa

2. Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian

Fonte: gulbenkian.pt

Este é um dos jardins mais emblemáticos de Lisboa, e uma referência da arquitetura portuguesa. Aqui é possível encontrar centenas de árvores num jardim de autor – mais precisamente dos arquitetos paisagistas António Viana Barreto e Gonçalo Ribeiro Telles – construído na década de 60.

Oferece diferentes formas, espaços, caminhos e canteiros e há também vários percursos disponíveis: o da Luz e Sombra, o do Lago, das Orlas, dos cheiros ou das vistas. Este é um jardim envolvente, cheio de recantos surpreendentes, tornando-se num dos melhores sítios para passear em Lisboa.

3. Jardim de Campo Grande

Fonte: lisboa.pt

O Jardim do Campo Grande, situado na interseção da Avenida do Brasil e a Avenida da Igreja, é povoado de árvores altas, campos relvados, canteiros e largos caminhos de calçada portuguesa. Além disso, há um grande lago onde é possível, inclusive, navegar de barco a remos.

Ainda em tempos de reis e rainhas, este local foi palco de cercos à cidade, cerimónias militares e feiras. Atualmente é um espaço onde reina a tranquilidade, especialmente dedicado a passeios ou atividades ao ar livre.

Para quem tem um amigo de quatro patas, este é um sítio duplamente especial: é aqui que se encontra o primeiro parque canino de Lisboa, devidamente vedado e repleto de obstáculos para o divertimento dos animais. Para os habitantes, é ainda um dos melhores locais da cidade para correr, passear e desfrutar da natureza.

4. Jardins da Torre de Belém

Mesmo em frente à Torre de Belém fica mais um dos melhores sítios para passear em Lisboa. É uma área plana e ampla, com muita relva e árvores como pinheiros mansos, carvalhos e oliveiras. Ao longo do jardim há um caminho de gravilha e alcatrão próprio, a pensar em pessoas com mobilidade reduzida.

A Torre de Belém atrai a este jardim muitos visitantes, mas com tanto espaço, é sempre possível desfrutar das vistas e do ar livre tranquilamente, e até descansar depois de um passeio à beira-rio. Aproveita para conhecer este local e relaxar.

5. Jardim da Cerca da Graça

Fonte: lisboa.pt

Entre os melhores sítios para passear em Lisboa, o Jardim da Cerca da Graça merece uma referência especial. Este ainda é um segredo da capital, mas é provável que seja por pouco tempo. É um espaço enorme, situado na zona histórica, e ideal para um piquenique em família.

Tem três miradouros, de onde é possível admirar uma fabulosa vista sobre a Lisboa antiga, que vai do Castelo de São Jorge à Mouraria.  Possui ainda um relvado central com muitas árvores e arbustos, zona com parque de merendas e um pomar, e parque infantil, o que faz deste parque uma excelente opção para uma tarde bem passada.

6. Estufa Fria

Inicialmente idealizada como estufa, este espaço é ideal para quem pretende passar umas horas entre lagos, cascatas, regatos, estátuas e centenas de espécies de plantas diferentes, oriundas de todo o mundo – da China ao México.

Aqui é possível assistir a todo o glamour, à mística e ao poder de atração que sempre a acompanharam, desde que foi edificada, ainda nos anos 50. Não admira que até se realizem casamentos aqui. Merece uma visita com tempo.

Artigo relacionado: 10 melhores praias de Portugal, de norte a sul

7. Parque da Quinta das Conchas e dos Lilases

Fonte: lisboa.pt

Erigido no século XVI, o parque da Quinta das Conchas e dos Lilases é o terceiro maior espaço verde da cidade, onde cabem vários caminhos, canais de água, um lago, parques infantis, um pequeno palco, um bar e um restaurante e até uma área de exposições.

Este parque oferece ainda relvados amplos e uma área florestada, com grandes paisagens. É um dos melhores sítios para passear em Lisboa em contacto com a natureza, e foi alvo de uma requalificação recente, que renovou as principais infraestruturas. Agora dispõe ainda de vários locais para relaxar, praças e equipamentos para uma visita mais agradável.

8. Tapada das Necessidades

Fonte: lisboa.pt

Numa região menos movimentada de Lisboa e, portanto, com menos turistas, encontra-se a Tapada das Necessidades. Classificada como Reserva Florestal, tem cerca de 10 hectares para explorar, e conta até com árvores raras, originárias de diferentes países.

Mas o principal destaque deste jardim vai para uma das maiores coleções de catos do mundo. Este é um daqueles sítios para passear em Lisboa que convida a explorar e a perder-se, entre tanto verde rodeado de lagos, numa visita especialmente indicada para os dias mais quentes. Ao lado do jardim, é ainda possível ver o Palácio das Necessidades, um antigo convento do século XVIII.

A capital portuguesa tem muito para oferecer, longe dos locais habituais. Descobre estes e muitos mais sítios para passear em Lisboa, e passa horas a relaxar.


Próximas leituras:

Padel: características, equipamentos e regras do jogo
Descobre tudo o que precisas saber para começar a jogar padel, quais …
Conheça os incentivos à compra de bicicletas elétricas em 2022
A partir de 2022 existem também incentivos à compra de bicicletas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.