Poucas novidades tecnológicas têm tido o mesmo destaque de que a 5G nos últimos meses.

Desde teorias de conspiração relacionadas com o coronavírus, que motivaram ataques a torres de transmissão, aos leilões (e milhões) pela distribuição da rede em Portugal, à catadupa de anúncios de novos telemóveis, e toda a especulação sobre os efeitos na saúde – o 5G parece estar um pouco por todo o lado.

Basta ver o novo slogan da Samsung “5G changes everything” (o 5G muda tudo) para perceber a importância que os fabricantes atribuem a esta nova tecnologia.

E tudo isto ainda sem a rede 5G estar disponível em Portugal, algo que se prevê que ocorra durante o 1º semestre de 2021.

Com tudo o que se tem falado, vale a pena perguntar: O que são exatamente os telemóveis 5G?

A breve história dos telemóveis 5G

5G significa simplesmente 5ª geração da tecnologia móvel. 3G foi a terceira geração, 4G a quarta e agora a quinta geração, 5G.

A principal diferença entre gerações está relacionada com a latência, ou seja, a velocidade com que os sinais são enviados de e para os dispositivos. A taxa de resposta de latência na tecnologia 3G era de 100 milésimos de segundo, em 4G era de 50 milésimos de segundo e em 5G será de 1 milésimo de segundo.

O que muda na prática? O tempo de loading dos jogos online vai diminuir, vai ser possível incorporar novas tecnologias como realidade aumentada e realidade virtual, fazer a edição e partilha de vídeos online e em tempo real, e partilhar quantidades massivas de dados. Tudo em movimento.

Mas será que compensa comprar um telemóvel 5G agora?

Telemóveis 5G: valem a pena?

LG, Motorola, OnePlus, Samsung, TCL, Apple, Huawei – estas são apenas algumas das marcas que já comercializam telemóveis 5G em Portugal.

No entanto, para já, este tipo de smartphone está fora do alcance para quem quiser gastar menos de 300€ num telemóvel. O que justifica estes preços?

Os melhores smartphones para gaming, fotografia, trabalho

Velocidade

Para se ter uma ordem de grandeza da diferença, os testes mostram que o mesmo telemóvel consegue descarregar conteúdos até 40% mais depressa do que com 4G. Um filme da Netflix com 3 horas pode ser descarregado em 3 minutos com o 5G e cerca de 10 minutos com o 4G.

E tudo indica que a rede fique ainda mais rápida. Neste momento, a prioridade das operadoras é maximizar a cobertura, ou seja, chegar ao máximo de pontos do país. A estimativa é que quando a cobertura estiver assegura, a prioridade seguinte passe a ser otimizações de rede para dar ainda mais velocidade aos utilizadores.

Esta mudança em termos de facilidade de acesso a conteúdos tem potencial para transformar o tipo de conteúdos que vemos e, de uma forma mais geral, a forma como navegamos na internet e utilizamos os telemóveis.

Cobertura

Com os desenvolvimentos na tecnologia 5G e com o objetivo de Bruxelas de ter pelo menos uma cidade com cobertura 5G em todos os países da UE, durante 2020 começaram as surgir os primeiros tarifários 5G no mercado português.

Apesar de ainda não existir rede 5G implementada para fins comerciais no nosso país (apenas para testes), já existem tarifários preparados para a “máxima velocidade de internet possível”.

Um alerta: apesar dos tarifários já estarem a ser comercializados, neste momento a rede 5G não está operacional em Portugal. As operadoras clarificam que o período de serviço 5G iniciará a sua contabilização na data de lançamento comercial da tecnologia 5G em Portugal, algo que ainda não existe. Ou seja, mesmo que faças a adesão a um plano como o MEO 5G hoje por 12 meses, o serviço só fica disponível e os pagamentos só começam quando a rede 5G estiver operacional em Portugal, algo que se prevê que aconteça algures no 1º semestre de 2021, mas sem data fechada.

Outro alerta importante, relacionado com a terminologia dos contratos das operadoras. É comum usar-se a expressão “internet móvel 5G à velocidade máxima”. Neste contexto, “velocidade máxima” significa apenas a velocidade máxima que vier a ser disponibilizada pela operadora a partir da data de lançamento comercial da tecnologia 5G.

Os telemóveis 5G são à prova de futuro

Uma das preocupações de quem compra um telemóvel hoje é que este se mantenha atualizado durante os próximos anos. E, ao que tudo indica, esse futuro passa cada vez mais pelo 5G.

À medida que as operadoras aumentam a cobertura 5G, criam as condições para incorporar novas melhorias e tecnologias que serão lançadas ao longo de meses ou anos. Para tirar partido do que aí vem precisas, claro, de ter acesso à infraestrutura, ou seja, de telemóveis 5G.

Os telemóveis 5G já disponíveis

Apesar da rede 5G ainda não estar a ser comercializada em Portugal, já existem vários telemóveis 5G à venda pelas principais marcas.

Samsung Galaxy S21, o melhor para vídeo e fotografia

Fonte: samsung.com

O Samsung Galaxy S21 foi projetado a pensar nos fãs de fotografia e vídeo. 

  • Permite filmar com resolução cinematográfica de 8K a 24fps, a resolução mais alta num smartphone. O 5G, quando chegar, vai permitir gravar e enviar vídeos com esta resolução, numa questão de segundos.
  • Vem com edição automática com Inteligência Artifical, potenciada pela velocidade 5G. É possível, por exemplo, gravar um vídeo e a IA transforma-o em fotos e vídeos mais curtos à medida das redes sociais.
  • O S21 conta também com um editor de vídeo profissional, que permite cortar e estabilizar a imagem.
  • Para videochamadas, a câmara frontal de 10MP com autofoco é especialmente atrativa.
  • O Wireless PowerShare permite usar o telemóvel para carregar os headphones, relógio ou o telemóvel de um amigo.

Disponível no OLX a partir de 870€.

Apple iPhone 12 5G, o mais rápido

Fonte: apple.com

O primeiro modelo 5G da Apple vem carregado de funcionalidades:

  • O iPhone 12 5G traz velocidades mais rápidas e conectividade mais robusta. Nos testes com rede 5G pode atingir os 200 Mbps.
  • O novo processador A14 Bionic é o mais poderoso de sempre num smartphone o que significa uma experiência de utilização mais rápida e fluída, mesmo com várias janelas ou apps abertas.
  • O ecrã é agora OLED e oferece cores ricas e pretos profundos, além de trazer HDR para conteúdo compatível. A imagem é nítida e colorida, tanto em jogos, séries ou filmes.

Publicamos recentemente um guia para conheceres ao detalhe o iPhone 12.

Huawei Mate 20X, o primeiro

O Huawei Mate 20X foi o primeiro telemóvel com 5G a chegar a Portugal.

  • O Mate 20X 5G é 8 vezes mais rápido do que o mesmo telemóvel em modo 4G.
  • Tem um ecrã de 7,2’’ OLED com resolução de 1080×2244 pixéis.
  • Mantém as câmaras da geração anterior, uma Leica Câmara Tripla – uma de 40MP, outra de 20MP e, por fim, uma de 8MP – e a câmara frontal é de 24MP.
  • Uma das características que destaca o Huawei Mate 20x é o espaço de armazenamento de 256GB. Também conta com 8GB de RAM.
  • A velocidade de carregamento duplicou face à geração anterior: passou de 22,5 W para 40W.

Disponível no OLX a partir de 300€.

Se os preços destes telemóveis 5G parecem exorbitantes, talvez a solução seja vender algumas das coisas que tens por casa sem usar. Por exemplo, estes telemóveis antigos valem hoje entre algumas centenas a vários milhares de euros.

Partilha este artigo:


Próximas leituras:

Xiaomi CIVI: tudo sobre o smartphone da Xiaomi
Este guia completo tem tudo o que precisas de saber sobre o …
Rápido, barato, robusto: tudo sobre o Xiaomi Mi 11T Pro
O Xiaomi Mi 11T Pro é um dos mais poderosos smartphones, equipado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *