O modelo de negócio com base no trespasse tem sido, nos últimos tempos, uma das soluções mais procuradas por empreendedores que desejam aventurar-se por conta própria. O mais recente estudo OLX comprova isso mesmo.

O número de pessoas que pesquisaram por “trespasse” na nossa plataforma subiu 60% entre abril (1199 no total) e maio (1921). Curiosamente, entre janeiro e abril registou-se uma quebra de 56% neste indicador. Lisboa (55,1%) e Porto (25,3%) são os distritos onde se verificou maior procura.

Mas se a procura aumentou, muito provavelmente na busca de várias oportunidades de negócio, que normalmente surgem nos períodos de crise, precisamente a oferta também cresceu. Do lado da oferta, o número de anúncios ativos passou de 2110 em abril para 2416 em maio (+15%). No que toca aos novos anúncios, a subida registada é de 38%, revelando as dificuldades que muitos empreendedores estão a passar devido ao atual contexto, principalmente os sectores da restauração e hotelaria.

Segundo a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade suspensa devido à covid-19 e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%.

Restaurante, bar, café e pastelaria são precisamente alguns dos itens com maior procura e oferta mas também  supermercado, cabeleireiro, lavandaria ou ginásio entram na lista das palavras mais pesquisadas e com anúncios novos e ativos na categoria trespasse.

Estes dados demostram que a dificuldade de muitos pode de facto significar a oportunidade para outros. Tu podes ser um deles. Agarrares um negócio próprio que há tanto tempo ambicionavas.

Vamos então saber o que realmente é o trespasse?

O trespasse em si é um modelo de negócio comercial e empresarial, que se caracteriza pela transmissão de um bem entre duas pessoas a título definitivo. Ou seja alguém que detém um negócio e deseja através do trespasse optar por entregar o mesmo a outra pessoa, que manifeste o interesse e tenha capacidade de aquisição e investimento para continuar o negócio. Esta transferência de propriedade deve ser feita a título definitivo, se for temporário já não estamos perante um trespasse, mas de um aluguer ou locação financeira.

Outro dado importante é que o ramo de atividade não pode ser mudado, um cabeleireiro não pode passar a ser um restaurante ou livraria. Mas o novo dono pode abrir num novo local o negócio trespassado.

Portanto num trespasse, não é só o estabelecimento que é passado para o novo proprietário, mas também tudo o que está ligado ou associado ao ramo de atividade e que fazem parte do património empresarial, como por exemplo os equipamentos, mercadorias, utensílios e afins. Basicamente transitam os elementos essenciais ao funcionamento do negócio, até mesmo os colaboradores, caso existam.

A saber…

Contrato

Ainda que não seja obrigatória a escritura pública, a formalização do negócio tem de ser registada por escrito por meio de um contrato.

Dívidas

O novo proprietário de um negócio em  trespasse apenas é responsável pelo ativo e nunca pelo passivo, a menos que seja algo previamente negociado. É por isso importante que na assinatura do contrato, seja verificado se o negócio a trespassar possui algumas dívidas e se o vendedor pretende incluí-las, embora, lá está, o comprador não seja obrigado a tomar posse das mesmas.

Renda

É fundamental avisar o senhorio com antecedência mínima de quinze dias, e por carta registada, com aviso de receção, que o negócio vai ser trespassado, já que segundo a lei, o senhorio pode optar por exercer o direito de preferência do imóvel.  O senhorio deve informar o inquilino no prazo de oito dias da sua intenção em ficar com o imóvel. Se não o fizer, o direito de preferência que tinha deixa de ter efeito.

Vantagens e Desvantagens

Sem dúvida que a grande vantagem em se optar por um trespasse aquando da decisão em se iniciar um negócio próprio é receber, em muitos casos, um negócio maduro, com provas dadas de sucesso, boa reputação, com uma rede de clientes já estabelecida e principalmente, o facto de não existir a necessidade em comprar novos equipamentos, mobiliário novo ou até à realização de obras no espaço, ou seja, à partida implica menos custos.

Por outro lado, um trespasse implica um custo de aquisição, possível má reputação do negócio e até problemas financeiros ou legais.  

Mas certamente com uma análise cuidada ao negócio que será adquirido, será possível verificar quais os pontos fortes a manter e as debilidades que precisam de ser melhoradas, de forma a tornar o negócio lucrativo.

É por isso que não se pode ignorar algumas fases essenciais mesmo antes da tomada de decisão.

Quero avançar com o negócio. Passo a passo: Como fazer um trespasse?

Agora que já tens mais informações sobre o que é um trespasse e queres mesmo pensar no assunto, existem vários fatores a ter em conta.

Para simplificar vamos falar de três passos essenciais referentes a este tipo de transferência de um negócio.

Prospeção do mercado

Investigar o tipo de negócio que se pretende ter, o local, a concorrência, o tipo de investimento que implica, não só inicialmente como na sua manutenção, recursos humanos…uma prospeção de mercado o mais aprofundada possível para que escolhas o melhor negócio para ti. Após já teres a certeza do tipo de negócio que queres e do local, pesquisa e analisa todas as possibilidades que existem. O OLX disponibiliza vários anúncios onde podes encontrar inúmeros trespasses nas mais variadas áreas e cidades.

Negociação e Investimento

Precisas de saber exatamente quanto dinheiro precisas para avançar com o negócio, de ser muito claro e preciso quanto ao valor máximo que estás disposto a investir, e de preferência que essa decisão não comprometa a tua vida privada. Dependendo da área, da localização e de outros fatores, o valor pode ser efetivamente avultado, o que poderá significar um pedido de financiamento.  Se for este o caso, é fundamental que faças uma análise cuidada às diversas soluções do mercado, de modo a que escolhas o empréstimo ideal para ti.

Aconselhamos-te por isso a que descubras rapidamente o negociador que há em ti e comeces desde logo a negociar aguerridamente, quer o próprio valor do trespasse, como tudo o resto que implicará a tua atividade,  seja com os fornecedores, senhorios, bancos, etc.

Sê rigoroso com as tuas finanças, não gastes mais do estritamente necessário é um ponto chave no sucesso do teu negócio.

Contratualização

Tomada a decisão faz um contrato por escrito, onde esteja identificada ambas as partes do negócio, custo e forma de pagamento. Este documento não requer escritura pública, mas deve ser comunicado ao senhorio no prazo máximo de 15 dias. Muito importante, verifica-te que não será passada nenhuma dívida para teu nome ou, se forem, tem em atenção se é algo a que vais conseguir fazer face.

5 Regras a ter em conta na abertura de um negócio próprio

Os sonhos são fantásticos e essenciais na vida de qualquer pessoa, mas sabemos que muito rapidamente se podem transformar num pesadelo. Infelizmente a grande maioria de nós não tem segundas oportunidades, por isso é essencial apostar muito bem no negócio que queremos.

Sabias que uma em cada três empresas fecham mesmo antes de completar um ano de vida? E que apenas um terço delas sobrevivem após sete anos? É verdade, e uma das principais causas é o facto de os empreendedores não estarem capacitados para gerir o seu próprio negócio.

Deixamos-te por isso cinco regras para que possas ser um empreendedor de sucesso e logo à primeira tentativa.

Análise e pesquisa sobre o negócio

Esta é uma fase determinante. Faz o teu melhor trabalho de casa de sempre. Pesquisa por casos de sucesso dentro da tua área de negócio, nacionais e internacionais, o importante é aprenderes com os melhores. Se necessário, fala diretamente com os donos destes negócios, certamente que te irão dar os melhores conselhos para que te possas munir da melhor estratégia de gestão para a tua empresa.

Domínio das contas básicas do negócio

Tens de saber quanto lucro é necessário diariamente para pagares as tuas despesas e receberes o teu ordenado.  O primeiro passo é apurares toda a cadeia de custos dos produtos para poderes identificar quais os preços de venda com base nas margens que decidiste aplicar a cada produto/serviço.  As contas têm de ser precisas e sem margem para erros para conseguires garantir a sustentabilidade do teu negócio.

Ter uma estratégia de vendas definida

A estratégia de marketing e vendas tem de ser eficaz, direta e que consiga fidelizar os clientes. Terás de conseguir ler o que o cliente necessita e como ele se sente feliz, seja pelo preço, qualidade, simpatia…o importante é perceberes o que faz com que os clientes permaneçam e recomendem a tua empresa.

Localização

Por melhor que seja a tua ideia é essencial que o teu negócio esteja bem localizado, tendo em conta as caraterísticas do mesmo, sempre que possível perto dos clientes alvo. Por exemplo, o fácil acesso e estacionamento pode ser um fator determinante, assim como as próprias instalações, o espaço em si, a decoração é atualmente uma forma muito importante de comunicar e dar visibilidade aos espaços. Ter sucesso numa localização menos boa não é impossível, mas demorará muito mais tempo. Outro aspeto a ter em conta é a localização da concorrência.

Contabilista

É sem dúvida um investimento necessário que irá evitar muitas chatices. Um bom contabilista é algo que não podes abdicar. Terá de ser exigente, experiente e rigoroso para que não te atrases na entrega e pagamento de impostos e estares a par dos benefícios e medidas que te podem ajudar. No futuro irás certamente poupar em chatices e dinheiro. Achas que agora já tens toda a informação necessária para ponderares avançares com o teu negócio através de um trespasse? Se sim, passa no OLX e dá início ao teu sonho. Força, certamente que há um empreendedor dentro de ti.


Próximas leituras:

5 dicas para acabar com a humidade em casa
O inverno traz consigo o frio e a humidade. Se também sofres …
Dá uma segunda vida às rolhas de cortiças que tens em casa
Pronto para um novo projeto DIY? Mostramos-te 10 formas criativas para reaproveitares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *