Sabes quanto tempo dura, em média, a bateria do teu carro? E qual é a validade dos pneus ou da embraiagem? Se é fácil saber quando algumas das peças do carro devem ser mudadas, outras nem tanto. Cada componente tem a sua validade e deves saber qual é e o que fazer, para viajar em segurança.

A revisão não pode falhar

Antes de te falarmos das peças do carro, temos de relembrar a importância da revisão automóvel. Não deves falhar as datas, para que evites imprevistos na estrada e multas.

O automóvel está exposto a diferentes agentes que o vão degradando com o uso, tal como as condições climatéricas e as estradas por onde circula. O desgaste natural das peças do carro dá-se com o passar do tempo e a revisão é importante para evitar riscos e para a manutenção preventiva.

A saúde do teu carro é importante para ti e para quem viaja contigo e, claro está, para a tua carteira. A data para realizares a revisão do teu carro é indicada no próprio manual do automóvel.

Procuras serviços de mecânica?

Consequências de falhares as revisões do teu carro

  • Maior risco de acidentes e avarias;
  • Diminuição do tempo de vida do motor;
  • Aumento da emissão de gases poluentes e do consumo de combustível.

Que peças do carro têm data de validade?

1# Limpa para-brisas

As escovas do limpa para-brisas devem ser substituídas frequentemente. A validade aproximada é de um ano, sendo que ficam degradadas graças às condições climatéricas. A borracha dos limpa-para-brisas começa a deteriorar-se e é necessário trocar as escovas.

Este é um componente essencial no que toca à segurança pois, em caso de chuva, é o responsável por te garantir a visibilidade. É uma das peças do carro com a validade mais curta.

2# Bateria

Esta peça do carro dura entre 3 e 5 anos, conforme o uso. 

Deves prestar especial atenção a esta peça do carro, uma vez que apenas os mais recentes vêm equipados com luzes que avisam sobre possíveis problemas e informam sobre o seu estado.

Existem alguns sinais que podem ajudar-te a perceber se a bateria está a precisar de reforma. Entre eles: os faróis com luzes fracas, o arranque demorado quando está desligado ou uma alteração quando, em circulação, ligas o rádio, o ar condicionado ou os vidros elétricos.

Encontra a nova bateria do teu carro mesmo aqui!

3# Pneus

Não é que exista uma data de validade oficial para os pneus, mas esta peça do carro tem um tempo de vida útil de cinco anos, aproximadamente.

Com o uso regular, aliado às condições climatéricas, esta é daquelas peças do carro que tendem a desgastar-se. Deves verificar o estado dos teus pneus junto de um mecânico e substituí-los, assim que se torne necessário. Anota que a pressão dos pneus deve ter 1,6mm, no mínimo.

O OLX diz-te tudo o que precisas de saber para comprares pneus novos

4# Luzes

Tal como as lâmpadas em casa, as que se encontram no carro não são eternas. Em média, as lâmpadas dos carros duram entre 2 e 3 anos. Deves verificar se estão a funcionar corretamente, e se necessitam de ser ajustadas ou substituídas.

Se tens luzes xénon no carro, deves mudá-las numa oficina, uma vez que não podem ser reguladas manualmente.

5# Ar condicionado

Se o ar condicionado emite um cheiro desagradável, se não deita ar suficiente ou se não desembacia os vidros, então está na altura de rever o estado desta peça do carro, junto de um profissional.

É indicado que, a cada dois anos, a carga de gás seja mudada ou, pelo menos, que se verifique se o ar condicionado está a funcionar corretamente. Para além disso, é necessário trocar o filtro do habitáculo uma vez por ano e, a cada cinco anos, o desidratador deve ser substituído por um novo.

6# Airbag

Os modelos atuais já não têm data de validade e, por normal, duram muito tempo com bom estado de conservação. Contudo, se o teu carro é mais antigo, então fica a saber que a validade do teu airbag é entre os 10 e 15 anos. 

No painel de controlo do carro também é normal que uma luz se acenda para alertar uma possível avaria. Independentemente do tempo de vida do teu carro ou do próprio airbag, se esta luz se acender, deves procurar um profissional de imediato.

7# Cinto de segurança

Não que tenha necessariamente uma validade, mas pode exigir uma troca caso se verifique que o tempo de uso o deteriorou. Se existirem rasgos no tecido ou se a âncora não estiver a funcionar da forma correta, deves trocar o cinto de segurança, que é um elemento de proteção.

8# Amortecedores

O amortecedor assegura o contacto correto entre os pneus e a estrada. Ou seja, se estiver a funcionar em perfeitas condições, vai cumprir eficazmente o seu propósito em situações extremas como a passagem em buracos, apoios em curva, travagens ou vento lateral.

Esta peça do carro sofre muito desgaste e é recomendado que seja trocada a cada 60.000 km. Alguns modelos de carro têm amortecedores com maior duração, mas para saberes qual é o teu caso, nada melhor do que te informares numa oficina.

9# Catalisador

O catalisador reduz a toxicidade das emissões de gases do escape do motor e o nível de ruído. Encontra-se no sistema de escape e converte os gases poluentes provenientes da combustão, transformando-os em substâncias inócuas à atmosfera e ao ser humano, tal como vapor de água, dióxido de carbono e azoto.

Um catalisador com defeito polui mais. Um sinal de que possa estar com problemas é a luz que se acende no painel, referente a um mau funcionamento do motor. Esta peça do carro tem um prazo de validade mais curto que os amortecedores, devendo ser trocado entre os 40 e 60.000 km.

10# Óleo do motor

O óleo tem a função de arrefecer os componentes e é insubstituível para o motor. Um descuido pode resultar em avarias com reparações avultadas. A pressão constante de circulação de óleo (o chamado sistema de lubrificação) garante o funcionamento correto do motor. 

Com a passagem do tempo, o óleo começa a perder as suas principais características de lubrificação. Assim que a luz do óleo se acender no painel de controlo, deves atender a esse sinal de imediato. 

Mensalmente, deves criar o hábito de verificar a vareta do óleo, pois quando o sinal do óleo aparece no painel, é sinal que já se encontra em grande desgaste. Em média, o óleo deve ser trocado a cada 10mil km, embora dependa do tipo utilizado.

O nível na vareta deve encontrar-se entre os traços de mínimo e máximo, sendo que o motor deve estar desligado, a frio e sem inclinação. Se estiver no mínimo, acrescenta cerca de 250ml de óleo e voltar a verificar a vareta no dia seguinte. O nível máximo não deve ser ultrapassado.

Procuras um motor novo para o teu carro? O OLX tem tudo o que precisas!

Calendário para rever e substituir as peças do carro

Peça do carroQuando verificar
Óleo do motor e filtro15.000 km
Filtro de ar20.000 km – 30.000 km ou junto com a troca de óleo
Filtro de combustível30.000 km – 50.000 km
Filtro de cabine (anti pólen)Uma vez ao ano
Líquido dos travões20.000 km – 2 anos
Pastilhas dos travões20.000 km – 40.000 km
Vela de ignição2 anos – 60.000 km
Corrente de distribuição80.000 km – 120.000 km
EmbraiagemDesde 100.000 km
Alinhamento de pneus10.000 km – 20.000 km
Correia de distribuição40.000 km – 100.000 km
Correia do alternadorJunto com a correia de distribuição
Correia do compressor do ar condicionadoJunto com a correia de distribuição
Bomba d’águaJunto com a correia de distribuição

Mas… há peças do carro sem validade?

A resposta é: sim! O sistema ABS, o controlo de velocidade ou controlo de estabilidade, por exemplo. No entanto, deves estar sempre atento ao painel de controlo do teu carro para alguma eventualidade.

No OLX, para além de encontrares várias peças do carro para substituíres tu mesmo ou para entregares numa oficina, também tens uma secção dedicada a este tipo de serviços.


Próximas leituras:

As melhores motherboards até 100€
Este guia vai ajudar-te a encontrar as melhores motherboards do mercado. Vê …
Os melhores processadores de 2021
Tudo o que precisas de saber para escolher processadores está neste guia. …

Um comentário a “10 peças do carro com data de validade”

  1. Miguel diz:

    Não sou mecânico mas este resumo está bacano.
    Ando de mota, quais são as 10 peças que devo estar atento para a manutenção preventiva?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *