Existem várias ações que podes colocar em prática para adotar hábitos mais amigos do planeta Terra. O caminho para um futuro melhor parte de cada um e criar uma cozinha sustentável pode ser o ponto de partida.

3 tipos de desperdício que não podem existir numa cozinha sustentável

Desperdício alimentar

Considera-se desperdício alimentar todas as perdas que ocorrem em qualquer fase da cadeia alimentar, da produção ao consumo. Em Portugal, são desperdiçados anualmente mais de 1 milhão de toneladas de alimentos. Esta quantidade era suficiente para alimentar cerca de 360 mil pessoas que passam fome no nosso país.

Todos os anos são enviadas para o lixo 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos a nível mundial. Este desperdício, para além de representar um custo de 600 mil milhões de euros, provoca o aumento de emissões de gases de efeito de estufa, a diminuição das reservas de água potável e, tem impacto na biodiversidade do planeta.

A forma de atenuares o desperdício alimentar e criares uma cozinha sustentável passa por gerir melhor os stocks de comida, planear os menus semanais, optar por soluções eficientes de conservação e confeção, e adotar hábitos de compra e de consumo mais conscientes e sustentáveis.

9 formas de reutilizar borras de café

Consumo elevado de energia

O frigorifico é um dos eletrodomésticos que gasta mais energia na cozinha, e pode até ser o equipamento que mais consume em toda a casa. Descobre como poupar energia:

  • Opta por um frigorifico com elevada eficiência energética, sendo preferencial um que se enquadre na classe A+++. Quantos “+” existirem nas suas características, mais eficiente ele será.
  • Coloca o frigorifico na zona mais fria da cozinha, onde não apanhe luz solar direta. Afasta-o do forno ou fogão. Garante que o frigorifico tem ventilação suficiente, para evitar o consumo elevado de energia e contribuir para uma cozinha sustentável.
  • A temperatura ideal para um frigorifico situa-se entre os 4ºC e os 5ºC e, a do congelador, nos -18ºC. Uma diferença de apenas 1ºC pode ser suficiente para um aumento do consumo energético entre 5 e 10%, por isso, é importante estabelecer esses valores limites.
  • Uma manutenção regular evita perdas de calor. Verifica as borrachas, se a porta sela bem e restante manutenção.

Eletrodomésticos eficientes poupam no orçamento e no ambiente

Desperdício de água

Muitos vezes deixamos a água a correr nas torneiras. Na cozinha, geralmente acontece ao lavar a louça, principalmente a água quente e nos tempos mais frios. A água é um recurso básico e não é ilimitado. Esforça-te por abrir a água apenas quando necessário.

Sabias que esgotamos os recursos naturais da Terra 4 meses antes do final do ano de 2020?

11 Dicas para uma cozinha sustentável

1# Planeamento do menu semanal

Planear o que vais cozinhar durante a semana permite poupar tempo a pensar no que podes fazer para a refeição. Mas também te vai ajudar a gastar menos na hora das compras, uma vez que vais fugir menos ao que realmente necessitas de comprar. Planear também ajuda a diversificar a alimentação.

2# Produtos a granel

Já são várias as superfícies que disponibilizam produtos a granel. Esta é uma das opções para tornar a tua cozinha sustentável, pela redução na quantidade de embalagens que geralmente são necessárias. Comprar a granel também permite experimentar novos produtos, sem desperdiçar quantias elevadas de comida.

7 dicas para dizeres não ao plástico de utilização única

3# Alimentos orgânicos

Há uma tendência crescente para a cozinha sustentável, com recurso aos alimentos orgânicos, cultivados de forma mais sustentável. Optando por estes produtos estás a evitar produtos químicos sintéticos prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente.

Exemplos de produtos nocivos são os agrotóxicos, os adubos químicos e organismos geneticamente modificados. Além de sustentável, a comida orgânica é mais saudável e saborosa.

4# Congelar comida

Podes tornar a tua cozinha sustentável reservando um dia para preparar diferentes refeições para a semana e congelando. Para além de economizares tempo, dinheiro e energia, tornas toda a gestão da casa muito mais prática e com uma alimentação mais saudável.

Com este hábito também vais cair menos vezes na tentação de comer processados, fast food ou encomendar comida.

5# Descongelar comida naturalmente

Se congelares a comida, dá também preferência ao processo de descongelamento natural, evitando o micro-ondas. Para além do gasto desnecessário de eletricidade, algumas comidas podem ter o seu sabor ou textura alterados, quando descongelados de forma artificial.

6# Desligar os aparelhos que não estão a ser utilizados

Se usas determinados aparelhos poucas vezes, mantém-nos desligados. A regra é de que tudo o que não estiver a uso deve ser desligado das tomadas.

7# Deixar a louça de molho

Seja para a lavagem manual ou na máquina de lavar louça, é importante que retires os restos de comida. Se for necessário, deixa a louça de molho.

Esta ação vai facilitar a lavagem, economizar água e detergente e permitir optar por programas mais económicos.

Encontra uma máquina de lavar louça ecológica no OLX

8# Trocar a esponja por bucha vegetal

Sabias que a esponja da louça acumula milhões de bactérias e não é reciclável? Para garantires uma limpeza higiénica e ecológica, opta por uma bucha vegetal ou por uma escova com pega de metal ou madeira.

Enquanto que as esponjas convencionais são produzidas com produtos derivados do petróleo, as buchas são biodegradáveis e podem ser reutilizadas, bastando fervê-las em água.

9# Recusar os produtos químicos

Atualmente já existem várias receitas para fazeres os teus próprios produtos de limpeza em casa. Se preferes comprar, basta que escolhas produtos naturais e, assim, contribuis para a saúde da tua cozinha sustentável.

10# Não deitar o óleo de cozinha fora

Sabias que o óleo de cozinha pode ser utilizado para produzir sabões e outros produtos? No lugar de deitares o óleo usado na pia da cozinha, entupindo-a e contaminando a água, guarda o óleo em garrafas PET e entrega para os efeitos mencionados.

11# Reciclar para manter a cozinha sustentável

Esta é a atitude básica de uma cozinha sustentável. Faz a separação dos itens recicláveis e orgânicos, e procura saber como contribuir para a coleta seletiva na região da tua residência.

Descobre 7 erros comuns na hora de reciclar

Outros itens que se unem a uma cozinha sustentável

  • Palhas reutilizáveis Existem palhas reutilizáveis em bamboo ou em metal, duram anos e podem acompanhar-te em casa, no trabalho ou em qualquer lado.
  • Sacos de algodão ou juta – Os sacos de algodão substituem totalmente os sacos de plástico e existem várias alternativas à escolha.
  • Garrafas reutilizáveis – Uma cozinha sustentável não tem garrafas de plástico. Adota uma garrafa reutilizável e leva-a contigo para todo o lado.
  • Substituir o papel de alumínio e a película aderente – O invólucro de cera de abelha é um must para deixares de vez o papel de alumínio ou a película aderente. É orgânico, natural e reutilizável. É a alternativa saudável e ecológica que vai tornar a tua cozinha sustentável.
  • Utiliza frascos de vidro – Reaproveita os frascos de vidro que restam depois de gastares os produtos. Podes utilizar para guardar as tuas compras a granel, para armazenar alimentos e manter a sua pureza, qualidade e sabor.
  • Recicla lençóis e toalhas velhas – Do que já não serve para a cama ou para a casa de banho, aproveita para fazer sacos de compras, panos de limpeza, guardanapos ou lenços. Poupas no papel e desenvolves uma atitude consciente.
  • Substitui o papel dos rolos de cozinha e guardanapos – Qualquer cozinha sustentável que faça jus ao nome repensa o gasto do papel. Os rolos de cozinha podem ser substituídos pelos panos de microfibra, reutilizáveis, e os guardanapos por tecido.
  • Limpeza amiga do ambiente – O bicarbonato de sódio e o vinagre são os melhores amigos de uma cozinha sustentável. Com eles consegues limpar praticamente tudo e evitar os produtos químicos que podem ser nocivos para o planeta e para a tua família. Vê aqui como podes criar os teus próprios produtos de limpeza naturais.

No OLX encontras tudo o que precisas para criar uma cozinha sustentável. Começa hoje!


Próximas leituras:

Como reutilizar garrafas de plástico
Sabias que podes proteger o ambiente e, ao mesmo tempo, desenvolver a …
Garrafas reutilizáveis: o primeiro passo para cortar no plástico
O consumo de plástico é um problema global com uma solução individual. …

4 comentários a “11 dicas para teres uma cozinha sustentável”

  1. Laurinda Branco diz:

    Gostei das dicas,muito interessantes e amigas do ambiente.
    Fazem -nos pensar em fazer a cada dia melhor e mais pelo ambiente.
    Grata pela ajuda… bem hajam

  2. Cecilia Carvalho diz:

    Muito util.

  3. Maria Madalena Felício Santos diz:

    Já sou vossa cliente nas vendas onde tenho feito bons negócios e agora a criação do Blog, não perco nenhum artigo.
    Parabéns OLX

  4. Irene Silva diz:

    Ad networks, trackers,
    malware, and scams.

    Uma pena pois até gosto do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *