A Black Friday 2022 vai celebrar-se já a 25 de novembro e, de acordo com um estudo da Google Portugal, 65% da população pretende comprar algo nesta data. As preferências vão para moda, tecnologia, acessórios para casa e livros, mas há muito mais por onde escolher.

Se estás a precisar de te atualizar, a Black Friday é uma excelente altura para o fazer e a preços bem em conta. No entanto, sem os devidos cuidados, também pode ser uma altura de compras por impulso e gastos desnecessários. Descobre como tirar o melhor partido desta data com estas dicas.

1. Define um orçamento

Antes da chegada da Black Friday é necessário fazer alguma preparação, nomeadamente no que diz respeito a estabelecer um orçamento. Começar a Black Friday sem saber quanto se pode gastar é um erro que pode sair caro, já que é provável que se ultrapasse o razoável.

É importante estabelecer um limite daquilo que pode efetivamente ser gasto, para evitar e impulsos e arrependimentos. O orçamento deve ser dividido por categorias, tais como presentes de Natal, eletrónica, acessórios, materiais para casa ou roupas. Compartimentando desta forma é mais fácil cumprir o orçamento estipulado.

2. Faz uma lista de desejos e necessidades

Um passo importante da preparação da Black Friday é a lista de produtos que são necessários. Essa lista pode, inclusive, ser dividida em lista de desejos e de necessidades, para então se priorizar aquilo que pode ser comprado com o orçamento já definido.

Chegar à Black Friday com uma lista na mão ajuda a escapar às tentações dos preços baixos e a manter o foco naquilo que realmente se necessita.

Artigo relacionado: O que é a Economia Circular?

3. Guarda produtos nos favoritos ou carrinho de compras

Com a lista já elaborada, é hora de visitar as páginas online das lojas correspondentes. Guarda os produtos no carrinho ou favoritos, para depois ser mais fácil verificar qual o desconto aplicado na campanha da Black Friday 2022.

No entanto, não esperes até ao último momento para comprar, para não correres o risco de falta de stock. Este é um dos momentos mais esperados do ano, por isso, não há garantias de conseguires o preço até ao momento da compra.

4. Prefere as compras online

As compras online vieram facilitar muito a escolha nesta altura do ano. Contudo, exigem alguns cuidados. É importante ter a certeza que o site é seguro e não inserir qualquer dado bancário em páginas duvidosas. Se possível, a confirmação e aprovação da transação deve ser feita com a máxima segurança, com autenticação de dois fatores com um código enviado para o smartphone.

Para comprovar se as páginas são seguras, verifica se aparece um cadeado na barra de navegação do browser. Outra forma é comprovar as avaliações nas redes sociais ou no Google. Em caso de dúvida, é preferível não comprar.

Artigo relacionado: iPhone usado? Estes são os 8 melhores modelos

5. Verifica se o desconto é real

Apesar de surgirem ofertas aliciantes durante a Black Friday, também existem falsas promoções. Infelizmente, algumas lojas aproveitam estas épocas para inflacionar os preços originais, oferecendo depois ao consumidor produtos com 40%, 50% ou 70% de desconto sobre esse valor mais elevado.

É por esse motivo que é necessário ter um olhar atento, agir com controlo emocional e deixar a impulsividade de lado. O melhor é mesmo registar os preços dos produtos necessários antes da Black Friday para depois poder fazer as comparações de forma correta.

6. Vende o que já não for útil ou deixar de ter uso

Se a Black Friday leva a comprar coisas novas para substituir antigas, estas têm de partir para outro lugar, certo? Seja um portátil que vai ser substituído, uma máquina de lavar roupa, um smartphone ou novos livros, roupas ou acessórios, colocar à venda o que deixa de ter uso é uma excelente oportunidade para receber em troca algum dinheiro.

O OLX é o local perfeito para quem pretende vender, com potenciais compradores em qualquer parte do país. Basta tirar fotos dos produtos, publicar um anúncio com uma descrição detalhada, responder às perguntas dos compradores e fechar o negócio. Depois escolhe um dos Pontos de Encontro ou recorre às Entregas OLX para enviar os artigos de forma simples e segura.

Artigo relacionado: Quanto podes ganhar ao vender coisas usadas?

Além do que já partilhamos sobre a Black Friday, vale sempre a pena lembrar que, depois desta campanha, ainda existe a Cyber Monday. Portanto, deixa ainda algum orçamento disponível para a segunda-feira, 28 de novembro. Com estas dicas, estás mais pronto para encarar esta altura do ano e comprar aquilo que te faz realmente falta a bom preço.


Próximas leituras:

Mundial Qatar 2022: tudo o que precisas para vibrar com a Seleção
Vive o Mundial do Qatar 2022 ao máximo, mesmo sem sair de …
Os melhores desumidificadores que podes encontrar no OLX
Prepara-te para os dias frios com um desumidificador à altura. Descobre o …

Um comentário a “Black Friday 2022: vende antigo para comprar novo”

  1. Fernando CALDEIRA diz:

    Muito obrigado por todo esclarecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *