Apesar das placas de indução ou vitrocerâmica serem visivelmente semelhantes, têm funcionalidades diferentes. Ambas apresentam vantagens e a melhor opção para ti vai depender das tuas necessidades e do teu estilo de vida.

Se estás indeciso entre indução ou vitrocerâmica, tenta responder às seguintes perguntas:

  • Qual é o fornecimento de energia que tens ou queres ter na tua casa?
  • Quantos pontos de aquecimento precisas para dar resposta às tuas necessidades ou tuas e da tua família: 4, 6, 8?
  • Preferes placas de indução ou vitrocerâmica de pousar ou de encastrar?
  • Que tamanho tens disponível para uma placa de encastre, caso queiras optar por essa solução? Tens o recorte na bancada feito ou precisas de o abrir?

Tem em conta dois fatores decisivos para a tua escolha

Espaço

Na escolha entre uma placa de indução ou vitrocerâmica para casa tem em conta o espaço, que pode apenas permitir-te placas com 2 zonas de aquecimento (30 cm). As mais comuns têm 4 e 60 cm de dimensão. Se precisares de mais podes optar por 8 zonas de aquecimento e até 90 cm.

Estilo de vida

És prático e queres cozinhar o mais rápido possível uns legumes crocantes ou simplesmente massa cozida? Dás tudo por um chocolate derretido ou sobremesas a vapor? As placas de indução com função power têm uma potência extra e por isso são mais rápidas.

As caçarolas ou os estufados são os teus favoritos? Então as placas de vitrocerâmica de incandescência rápida com zonas expansíveis para utilização de tachos grandes não te vão desiludir.

Placas de indução: rapidez, segurança e eficiência

As placas de indução têm uma superfície envidraçada e podem até ser confundidas, à primeira vista, com uma placa de vitrocerâmica. Funcionam graças à magnetização do material do recipiente, o que quer dizer que o calor só é transmitido à superfície de equipamentos adequados – não se dissipa calor se usares tachos mais pequenos do que a zona de aquecimento, nem há transmissão para o corpo humano.

Nesta placa é necessário utilizar equipamentos adequados, como panelas, tachos e frigideiras que devem conter materiais magnéticos como ferro, cobalto ou níquel que, ao serem magnetizados são ativados e geram energia em forma de calor.

As placas de indução podem ser mais dispendiosas do que as vitrocerâmicas convencionais. Apesar disto, são tecnicamente mais completas e têm uma tecnologia mais moderna. Os estudos também indicam uma poupança significativa de energia, no prazo de dois anos.

O uso desta placa é mais económico, eficiente e até ecológico. É rápida e confere maior segurança mesmo quando são derramados líquidos, que não se queimam e são mais fáceis de limpar.

As placas de indução trazem sensores que previnem possíveis danos e avarias nos componentes. Desliga-se quando algo transborda e emite um sinal acústico de aviso.

Tipos de utensílios de cozinha permitidos

São necessários utensílios específicos. Estes devem ter um fundo plano e forte, para evitar que se formem bolsas de ar, principalmente ao cozinhar a temperaturas elevadas. Não deves utilizar recipientes de alumínio porque podem produzir manchas na placa.

Os utensílios de plástico estão fora de questão e deves ter particular atenção ao utilizar utensílios de barro, uma vez que a areia que se desprende pode riscar o vidro da tua placa.

No OLX podes comprar todo o trem de cozinha necessário

A limpeza da placa de indução

Seja a placa de indução ou vitrocerâmica, ambas exigem alguns cuidados. Como a de indução tem uma tecnologia que evita que o que se derrama sobre a placa se queime ou fique agarrado, a limpeza é muito simples. 

Não utilizes produtos abrasivos ou que risquem. Geralmente basta um pano húmido ou que utilizes, ocasionalmente, um produto de limpeza para este tipo de placa. Neste caso, deixas o produto repousar por um curto tempo e de seguida passas um pano. Não utilizes esponjas metálicas ou produtos químicos.

Algumas placas de indução permitem que sejam limpas ainda enquanto cozinhas, uma vez que estão equipadas com um sistema de bloqueio por uns segundos. Os alimentos ou produtos derramados na zona de confeção devem ser retirados imediatamente, principalmente os que contêm açúcar, com ajuda do raspador de vidro.

O que ter em conta ao instalar uma placa de indução

Deves certificar-te de que tens uma bancada de 30 mm ou 40 mm, sem silicone. Podes instalar uma placa de indução por cima de fornos ventilados, mas não sobre outros eletrodomésticos. Considera ainda um espaço mínimo de 5 mm para saída de ar, desde o fundo da bancada, na abertura frontal e traseira.

Por cima de uma boa placa deve estar um ótimo exaustor

Placas vitrocerâmicas: preço mais acessível

Esta placa foi desenvolvida para oferecer uma grande liberdade na cozinha, e funcionam com qualquer tipo de panela ou frigideira. O calor residual desta placa torna-a eficiente, ajudando-te a poupar na energia e no ambiente, uma vez que não emite gás para a atmosfera.

As placas de vitrocerâmica são mais seguras que os fogões de gás e permitem que cozinhes mais rápido. Aquecem toda a superfície por via de uma resistência elétrica, que produz o calor para cozinhar os alimentos.

São fáceis de limpar e estão desenhadas para tornar a tua vida mais fácil.

A limpeza da placa vitrocerâmica

A limpeza é recomendada após cada utilização, após esta arrefecer por completo, uma vez que a sujidade acumulada volta a queimar quando ligares de novo a placa.

Para uma limpeza eficaz, deves começar por eliminar a sujidade superficial da placa com um pano húmido e, em seguida, a sujidade incrustada com uma espátula. Adiciona um produto específico para limpar vitrocerâmicas e limpa com uma esponja húmida. Por fim, seca a superfície com um pano seco.

Tem em atenção na utilização de esfregões para não riscares a superfície da placa. Deves também evitar utilizar produtos abrasivos ou fortes, como produtos para limpar metais ou os sprays para limpeza de fornos, uma vez que podem produzir riscos ou descoloração.

Para a limpeza do inox, deves fazê-lo no sentido dos veios e utilizar um produto de limpeza suave, juntamente com um pano macio. Os produtos com amoníaco, cloro, abrasivos, inflamáveis ou indicados para as máquinas de lavar louça, assim como os esfregões metálicos ou de fibras são de evitar.

Com a placa ainda quente, podes eliminar açúcar seco, leite, tomate, película aderente ou papel de aluminio com uma espátula. Utiliza uma luva de proteção, realiza movimentos suaves e superficiais. Quando a superfície estiver fria, elimina os restos que ficaram e utiliza o produto de limpeza para placas vitrocerâmicas.

O que ter em conta ao instalar uma placa vitrocerâmica

Uma instalação inadequada da placa de indução ou vitrocerâmica, pode trazer consequências graves, pelo que deves procurar técnicos especializados para o efeito. A ligação elétrica, tensão e frequência, mencionados nas características da placa que pretendes instalar, devem corresponder à tensão da rede elétrica que tens disponível em casa.

Se a placa estiver encastrada num móvel com porta, não deves fechar a porta durante o funcionamento da placa. Quando fechada, o calor e a humidade ficam acumulados e, como consequência, tanto a placa quanto o móvel e o próprio chão podem ficar danificados.

No OLX podes encontrar serviços de instalação para uma montagem segura e confiável

Vamos à batalha final entre placas de indução ou vitrocerâmica?

InduçãoVitrocerâmica
Não aquece toda a superfícieAquece toda superfície
Exige material específicoLiberdade na escolha da louça para cozinha
Confeção da comida até 2x mais rápidaAquecimento um pouco mais lento
Segurança para criançasPode haver risco de queimadura
A comida não pega à superfícieO que cair sobre a placa exige limpeza cuidada
Fácil limpezaExige limpeza e manutenção periódica com produtos específicos
Maior eficiênciaÉ mais eficiente que um fogão a gás
Custa quase o dobro de uma placa vitrocerâmica equivalenteMais barata que uma placa de indução equivalente

Preferes placas de indução? No OLX encontras 160 anúncios, a partir de 100€. Preferes vitrocerâmica? Tens opções a partir de 70€. Escolhe o que é melhor para ti e faz compras inteligentes no OLX.


Próximas leituras:

Carrinhas usadas que podes comprar por menos de 10.000€
Se o teu orçamento tem o teto máximo de 10.000€, mostramos-te 4 …
Arrumação da casa de banho: 8 dicas para ganhar espaço
Tens dificuldade em manter a arrumação da casa de banho? Trazemos-te 8 …

3 comentários a “Indução ou vitrocerâmica: qual é a melhor opção?”

  1. Paul diz:

    Bom artigo no acto de comprar uma placa quando se tem dúvidas a escolher

  2. Diogo diz:

    Bom artigo! Uma das coisas que era interessante de promover aqui são serviços de instalação. Ando para colocar placa e não há nenhum retalhista que faça o corte necessário na bancada e muito difícil de encontrar alguém que o faça… e envolvendo um equipamento velho a gás é meio sensível de ser um DIY job…

  3. Hugo diz:

    Só faltou algumas informações importantes. Vamos lá então: consumos , sim porque eletricidade paga-se. As placas de indução são mais econômicas que as vidrocerâmicas. Depois a instalação elétrica, deve ser alimentado por cabos de 4mm com um disjuntor de 25A só para essa ligação, ou no caso de ligar também o forno elétrico deve ser de 6mm e com um diferencial de 32A, e assim podem usar os dois em simultâneo e em segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *