Aventura, humor, vingança, romance. As melhores bandas desenhadas de todos os tempos têm um pouco de tudo. Será que são a salvação para passar estes tempos de confinamento?

Confere a lista.

Algumas das melhores bandas desenhadas de sempre

Watchmen

Esta era fácil. Watchmen está no topo da maioria das listas de melhores bandas desenhadas de todos os tempos. E não acumula só elogios da crítica: é o comic mais vendido de todos os tempos e já foi transformado em série e filme.

Mas antes de tudo isso, Watchmen nasceu de uma ideia. Tudo começou da mente criativa do autor Alan Moore, no longínquo ano de 1986. Com a colaboração dos pesos pesados do mundo das bandas desenhadas, Dave Gibbons e John Higgins, os autores deram vida a personagens que se tornaram míticas, como Doutor Manhattan, Rorscharch ou Ozymandias.

Com uma mistura de humor negro, ação e imprevisibilidade, Watchmen é uma obra incontornável para qualquer fã de bandas desenhadas.

From Hell

Ainda dentro do universo Alan Moore, esta é outra peça inesquecível para os fãs do género. Esta obra de ficção policial cobre o mistério do assassino em série mais infame da história: Jack, o Estripador.

Na Londres do século XIX, os assassinatos sucedem-se. Os crimes chamam a atenção do inspetor Fred Abberline, um detetive brilhante e atormentado. Enquanto tenta parar a violência, a personagem principal acaba envolvido emocionalmente com a única vítima que sobreviveu ao pior assassino que alguma vez aterrorizou Inglaterra. Para ler de uma assentada.

Ms. Marvel

Kamala Khan é uma adolescente perfeitamente normal a viver em Nova Iorque e uma enorme fã do Capitão Marvel. Certo dia, tudo muda. Uma inesperada névoa alienígena transforma-a numa super-heroína e dá-lhe a capacidade de mudar de forma a seu bel-prazer.

Será que Kamala vai conseguir equilibrar escola, amigos e vida amorosa, enquanto salva o mundo? Escrita com sensibilidade e maravilhosamente desenhada, esta é uma banda desenhada que vai fazer as delícias de leitores de todas as idades.

Encontra a banda desenhada Ms. Marvel no OLX.

Wonder Woman

“Eu costumava querer salvar o mundo. Mas vislumbrei a escuridão que vive dentro da luz. E aprendi que dentro de cada um deles, sempre haverá os dois.” É assim que Wonder Woman resume a sua visão do mundo.

Antes de ser Wonder Woman, ela era Diana, princesa das Amazonas, treinada para ser uma guerreira invencível.  Confinada a uma ilha paradisíaca, Diana apercebe-se de que está a decorrer uma grande guerra no mundo quando um piloto americano se despenha na sua terra natal.

Convencida de que pode parar a ameaça, Diana deixa a sua casa e junta-se à luta para acabar com todas as guerras. Pelo caminho, Diana descobrirá todos os seus poderes e o seu verdadeiro destino.

Calvin & Hobbes

“É um mundo mágico, Hobbes, velho amigo … Vamos explorar!” Calvin & Hobbes não precisam de introdução, mas, se precisassem, esta frase diria tudo. 

Sinónimo de infância, esta banda desenhada traz-nos um rapazinho muito imaginativo, um tigre de peluche sarcástico, uns pais pragmáticos e um universo deliciosamente distorcido de naves espaciais feitas de cartão, jogos que dobram regras de filosofia, aventuras imprevisíveis e bonecos de neve horríveis.

Prepara-te umas boas gargalhas, de lágrima no canto do olho.

Liga de Cavalheiros Extraordinários

Outra entrada de Alan Moore na lista. A Liga de Cavalheiros Extraordinários foi co-criada pelo escritor Alan Moore e pelo artista Kevin O’Neill em 1999.

Como a maioria das obras de Moore, este livro não é um livro, é um mundo repleto de personagens bem construídas. Uma superequipa que conta com Alan Quatermain, a vampira Mina Harker de Drácula, o Homem Invisível, Dr. Jekyll & Mr. Hyde, um agente secreto americano conhecido por Sawyer, o Capitão Nemo e Dorian Gray. Todos são chamados para acabar com as atividades de um cientista maluco.

V for Vendetta

Outra banda desenhada que deu filme. Criada por Alan Moore (mais uma!), V for Vendetta retrata uma versão distópica e pós-apocalíptica da história do Reino Unido.

Após uma guerra mundial, Inglaterra é ocupada por um governo fascista e vive sob um regime totalitário. Na luta pela liberdade, um vigilante, conhecido apenas como V, recorre a táticas terroristas para enfrentar os opressores. V salva uma jovem chamada Evey da polícia secreta e encontra nela uma nova aliada em busca de liberdade e justiça para o seu país.

A partir daí, a história desenrola-se a um ritmo alucinante, à medida que Evey vai mergulhando cada vez mais fundo numa luta que nunca imaginou ser sua. Para todos os que se perguntam o que significa ser verdadeiramente livre.

100 balas

Um homem misterioso entrega ao leitor uma arma, 100 balas indetetáveis e provas sobre as pessoas que o injustiçaram. Com estas introdução inicia-se uma história de vingança como poucas no mundo da banda desenhada. Para intensificar o efeito noir, a narrativa fluída é suportada de forma irrepreensível por uma ilustração rica, repleta de sombras e contrastes. A não perder.

Y the Last Man

Uma praga de origem misteriosa elimina subitamente todos os homens do mundo – exceto um. O último homem do mundo, Yorick Brown, ajudado pela misteriosa agente 355, terá agora de enfrentar perigosas extremistas, tentar reencontrar a sua namorada que está do outro lado do planeta, e descobrir porque foi ele o único homem a sobreviver.

Será que vão conseguir? Descobre aqui.

As listas são sempre injustas e esta não é exceção. Perguntas como foi possível deixar de fora grandes clássicos como Asterix e Obelix, Tintim ou Corto Maltese? As histórias de Batman, X-Men ou Homem-Aranha?

Diz-nos quais são as tuas bandas desenhadas favoritas e porque deveriam fazer parte do Top. Até já!


Próximas leituras:

8 ideias de fatos e máscaras de Halloween
Estas 8 ideias de fatos e máscaras de Halloween são assustadoramente simples …
Decoração de Halloween: 7 ideias arrepiantes
Abóboras, velas, bruxas e poções mágicas. Descobre 7 dicas infalíveis de decoração …

Um comentário a “As melhores bandas desenhadas de sempre”

  1. Kamala Khan não é Carol Danvers diz:

    Apenas notar que na secção sobre Miss Marvel a imagem não corresponde à personagem descrita. A capa apresentada representa a Miss Marvel original Carol Danvers (1968) hoje conhecida como Captain Marvel e não a Miss Marvel actual, Kamala Khan (2013).

    imagem = Carol Danvers
    descrição = Kamala Khan

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *