A indústria da moda é uma das mais poluidoras do mundo, responsável por 10% de todas as emissões de carbono da humanidade e a segunda que mais consome água do mundo. Com o consumo de roupa a aumentar por todo o mundo, algo tem de ser feito.

Sabias que guardamos as peças apenas metade do tempo do que há 10 anos? E que, em média, utilizamos cada peça apenas 7 vezes antes de a deitarmos fora? Ou que a maioria das pessoas só utiliza 20% das roupas no armário? Por todas estas razões, é mais importante do que nunca dar nova vida à roupa usada.

Descobre como o fazer, de forma sustentável.

Descobre como dar nova vida à roupa usada

Doa a roupa usada

Uma das formas de dares nova vida à roupa usada é através de doações. Para esse efeito, existem contentores específicos espalhados pelas cidades e em pontos como centros comerciais. Depois, essa roupa segue para organizações que se encarregam de a tratar e distribuir pela comunidade.

Sabes qual é o impacto ambiental da roupa que compras?

Recicla

Muitas pessoas colocam a roupa usada, ou que já não querem vestir, no lixo indiferenciado, mas este deve ser um destino a evitar. Uma família média deita fora cerca de 30 kg de roupas por ano e apenas 15% é reciclada, vendida em plataformas como o OLX ou doada. O resto vai direto para o aterro ou é incinerada.

No entanto, nem toda a roupa usada pode ser reciclada. As fibras sintéticas, como o poliéster, são fibras plásticas utilizadas em mais de 70% das nossas roupas. Não são biodegradáveis e podem levar até 200 anos a decompor.

Por isso, é importante que escolhas fibras naturais ou semi-sintéticas e que compres menos, de melhor qualidade e que recicles.

Se a roupa puder ser reciclada, coloca-a nos contentores específicos. A partir daí, a roupa usada segue para empresas que tratam de as reciclar. É sempre melhor colocar a roupa num contentor de reciclagem do que atirar para o lixo.

Vende

Aquilo que para ti já não tem uso pode ser de enorme valor para outra pessoa. A roupa usada que já não te serve é aquilo que alguém anda à procura, neste preciso momento. Só tens de os encontrar.

Como? No OLX, claro. Estás, ao mesmo tempo, a ajudar o planeta, a ganhar algum dinheiro extra e ainda a fazer com que outras pessoas tenham acesso a roupa a bons preços.

Descobre o guia completo para vender roupa usada no OLX

Vende ao Kg

Se a roupa usada está em boas condições, mas não te queres dar ao trabalho de catalogar, fotografar e colocar tudo online, tens uma boa alternativa: vender ao quilograma. O valor final será inferior, mas também te dará muito menos trabalho.

Ainda assim, a roupa deve estar identificada no anúncio para que o comprador saiba o que lá está. Capricha nas fotografias e descrições e sê objetivo quanto ao estado da roupa.

Remenda

Muitas vezes, deixamos de usar algumas peças de roupa que se desgastaram com o uso, estão rotas, coçadas ou rasgadas. Tudo isto pode ter solução e passa por remendar. Tens duas opções, ou fazê-lo por ti mesmo ou com ajuda de um profissional.

Para o fazeres por ti, basta teres algum jeito para costura para conseguires reparações básicas – cozer botões, colocar umas cotoveleiras, tratar de pequenos rasgões, tirar o borboto. Estas pequenas melhorias vão dar uma nova vida às tuas peças.

Composta

Sabias que é possível fazer compostagem a partir de roupa usada? É verdade, pelo menos em alguns casos. Tecidos feitos de fibras naturais como algodão, linho, seda e lã podem ser desfeitos e alvo deste processo natural.

Certifica-te de que as roupas são totalmente naturais e não foram misturadas com nenhum sintético, como o poliéster. Assegura também que não foram tingidas com tinta tóxica.

Remove tudo o que não for biodegradável como fechos, botões e etiquetas antes de começar. Se o tema te interessa, explora o nosso guia de compostagem.

Transforma

Se uma peça não está mesmo em condições de ser usado novamente, nem para ser doada ou remendada, existe uma última opção: encontrar um novo uso. Os trapos para limpeza são uma das formas mais conhecidas e um excelente fim para roupa usada como camisas de algodão.

Se quiseres levar a tua veia criativa ao limite, podes ainda pensar em transformar a roupa usada em tapetes, toldos, sacos de supermercado ou toalhas de mesa.

Troca

Quem disse que a tratar da roupa usada não pode ser divertido? Transforma tudo isto num jogo: convida os teus familiares e amigos para uma troca de roupa usada.

Cada pessoa deve trazer pelo menos 5 a 10 peças de roupa usada que já não usem e que esteja em boas condições. Enquanto anfitrião, prepara alguns aperitivos e bebidas e que comece a festa.

Se quiseres levar as coisas a outro nível, aumenta a expectativa nos dias anteriores com algumas fotos da roupa usada que vais vender, estrategicamente partilhadas no grupo de chat. Desta forma, toda a gente ganha um novo guarda-roupa e o planeta agradece.

Neste preciso momento, podes ter algumas dezenas ou centenas de euros no armário, a ocupar espaço, em roupa usada que já não usas.

Talvez já não te sirva ou simplesmente deixou de ser o teu estilo. Talvez tenhas decidido adotar um estilo de vida minimalista e queiras purgar tudo que não te traz alegria.

Tudo o que precisas para tornar o teu guarda-roupa mais sustentável está à distância de um clique, no OLX.


Próximas leituras:

Como reduzir a pegada ecológica
Como reduzir a pegada ecológica? Em Portugal, temos muito que emagrecer se …
Biodegradável vs Compostável: quais são as diferenças?
Existem alternativas sustentáveis que nos ajudam a ter um consumo mais consciente. …

14 comentários a “O que fazer com a roupa usada?”

  1. Esmeralda Lourenço diz:

    Bom dia,
    De facto tenho muitas coisas usadas e outras até novas para vender ou trocar mas infelizmente dos poucos anúncios que já coloquei no OLX passado poucos dias sou informada que o anuncio grátis acabou e para o recolocar terei que pagar custos, ora como sou uma pessoa de idade, doente de alto risco oncológico e não só e ainda sem meios de sobrevivência derivado há miséria dos 344 euros que recebo como reforma, essa é a razão porque não coloco muito mais anúncios grátis,

  2. Nuno Zea Bermudez diz:

    Acho óptima ideia,já comprei roupa várias vezes através do OLX.

  3. Odete Aguiar diz:

    Bom dia:
    Agradecia que me doassem roupa de senhora.
    Obrigada.
    Odete Monteiro

  4. Esmeralda diz:

    Pois é a roupa que se lá mete .
    Depois vão veder , e ganhar dinheiro á nossa conta .
    Pensam que as pessoas são todas parvas.
    Eu não meto nenhuma , e digo sempre as pessoas para não por.
    Dou ou vendo eu.
    Tenho muita no sótão e calçado .
    Mas dou a quem eu quiser .
    É como dar a roupa para a cruz vermelha é a mesma coisa .
    Depois se alguém precisar.
    Tem de pagar o que demos .
    Pessoas que nem dinheiro tem para comer. Agora metem tudo para vender.
    Vergonha.

  5. Maria do Pilar Pais diz:

    Estou totalmente de acordo com o artigo referente á roupa usada, mas o problema é que no OLX só se pode anunciar 2 ou 3 peças de cada artigo, o que dificulta muito o processo. Isso acontece me. E sou obrigada a utilizar outros meios.
    Esta é a minha opinião, vale o que vale.
    Obrigada.

  6. Alice Gonçalves diz:

    Concordo em absoluto, aliás sou incapaz de deitar uma peça de roupa no lixo. Geralmente dou pois é muito difícil vender no OLX, apesar de colocar peças praticamente novas. Será que há outro site onde possa colocar? Obrigada

  7. Maria diz:

    pois eu prefiro doar toda a roupa que já não uso para instituições.
    não a vendo a meia dúzia de euros , coloco-a toda em sacos e vou mete-los nos contentores da junta de freguesia e da Humana .
    se a vendem , se a usam ou se a dão já não é problema meu.
    As ações ficam para quem as pratica .

  8. Antonio Soares Carvalho diz:

    A Dª Esmeralda tem alguma lógica no que afirma pois acredito que algumas pessoas se aproveitem da roupa dos contentores para fazerem algum dinheiro e para terminar aceito que muita gente aproveita vender algo para ter dinheiro para comer, pois a situação está para muitos complicada.

  9. Saudade Ribeiro diz:

    ainda que seja verdade…que a roupa deixada nos contentores seja vendida …e a sua receita beneficie alguem, já é um aproveitamento…o objectivo é exactamente dar nova vida á roupa…..se alguem a revendeu…e alguem a comprou, ja se cumpriu o objectivo….RECICLAR..não desperdiçar, proteger a natureza.
    Deixemos de ser egoistas…..deixar a roupa apodrecer sem a usar, não é benefico para ninguem….pois quando morremos fica cá tudo, e nessa altura alguem deitará tudo fora, ou venderá ou doará, por isso vamos repartir com os outros o que já não precisamos. alguem ficará agradecido……….

  10. Isabel Gonçalves diz:

    Tenho muita roupa em bom estado que pode ser usada porque a maioria está nova

  11. Ivo Barreiro diz:

    A roupa que é metida nos contentores é vendida. Não é reciclada ou dada a quem precisa. Teoricamente é vendida e o dinheiro é para ajudar pessoas desfavorecidas. Infelizmente tudo o que envolva dinheiro tem de ser completamente transparente, coisa que não é. Como tal prefiro dar a pessoas que necessitam.

  12. Anabela diz:

    Muita da roupa que se põe nos contentores, é tirada e vendida, por gente com poucos escrúpulos.

    Já vi meter uma criança no balde em que se põe a roupa para ir para dentro do contentor.

    Depois o pequeno punha a roupa para fora que era tirada para o pai e este dava à mãe que tinha um saco grande onde punha a roupa tirada do contentor.

    Quando a minha nora antes de casar se propôs ajudar a separar a roupa a roupa da igreja que era para dar a quem precisasse, viu a esposa do sacristão agarrar num casaco de cabedal e dizer: este fica para mim…

    Para os que mais precisam, acredito que pouca irá para eles.

  13. Maria Paula Mascarenhas Serra de Sousa Cerejeiro diz:

    continuo e continuarei a por roupa nos contentores. acho que é um boato que anda por aí a circular há muito tempo!
    aproveito para felicitar a OLX. Obrigada pelas dicas e pelo cuidado sustentável

  14. Raul Silva diz:

    Ótimas ideias, eu tenho um monte de rendas para vender todas por extrear boa ideia essa de vender ao kg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *