O USB-C ou Type C é cada vez mais comum para carregar smartphones, portáteis de última geração e muitos outros dispositivos. Transfere dados, imagem, som e até energia, e permite, por exemplo, carregar o smartphone a partir do portátil ou ver uma série num monitor externo. Mais: espera-se que este se torne o novo padrão universal de carregamento na União Europeia, o que irá reduzir o lixo eletrónico. Descobre o que é exatamente o USB-C e quais as vantagens.

O que é USB-C?

USB significa Universal Serial Bus – e a palavra-chave é mesmo a “Universal”. Foi criado no final dos anos 90 com o objetivo de fazer com que todos periféricos se pudessem conectar com mais facilidade aos PCs. Hoje, além de ratos e teclados, também monitores, impressoras, smartphones e muitos outros tipos de dispositivos tiram proveito desta entrada para tornar as conexões mais simples.

Ao longo dos anos, o padrão USB passou por diferentes versões começadas por letras, tipo de conexão física (A, B, mini, e agora C) e outras começadas por números (2.0, 3.0, 3.1, 3.2 e 4.0), sinónimo de velocidade de transmissão de dados. A evolução foi-se fazendo em paralelo, mas nem sempre ao mesmo ritmo. Ou seja, à medida que as ligações foram ficando mais pequenas e finas, foram tornando-se mais rápidas.

Assim, o USB-C refere-se a um tipo de conexão fina, leve e alongada, e o USB 4.0 a uma ligação com taxa de transferência de até 40 Gbit/s (5 GB/s). Deve ficar claro que USB 4.0 e USB-C não são a mesma coisa, embora funcionem em conjunto.

Artigo relacionado: 9 melhores auriculares Bluetooth de 2022

Quais as vantagens do USB-C?

Da versatilidade ao peso, dos consumidores ao ambiente, são muitas as vantagens da transição.

Maior versatilidade

Uma das principais vantagens do USB-C é a sua versatilidade: para além de transmitir dados, imagens, vídeo e som, como faz, por exemplo, o HDMI, o USB-C também permite carregar dispositivos de forma rápida. Assim, smartphones, tablets e laptops compatíveis podem carregar com segurança e mais depressa, a partir de outros dispositivos ou de tomadas.

Maior velocidade de transmissão de dados

No que diz respeito à velocidade para a transferência de dados, tudo depende do padrão de transmissão de velocidade. Mas o USB Tipo C usa apenas o padrão USB 3.1, 3.2 e 4.0, o que significa que permite uma taxa de transferência de até 40 Gbit/s (5 GB/s).

Carregamento mais rápido

Dependendo da fonte, o USB-C pode fornecer até 100W de potência, se estiver equipado com o protocolo USB Power Delivery. Isto é mais do que suficiente para carregar, por exemplo, um portátil, sem necessidade dos cabos de alimentação pesados tradicionais. A comparar, por exemplo, com uma conexão padrão 2.0 que oferece apenas 2.5W, o carregamento pode ser até 70% mais rápido.

Facilidade de uso

Outra das vantagens é que funciona da mesma forma independentemente do lado em que se conecta. O USB-C foi desenvolvido para ser de simples utilização e evitar as dúvidas típicas sobre como se conecta, se está na posição correta ou, ainda, para que lado deve ficar virado, se para cima ou para baixo, graças à uniformização de ambos os lados.

Funcionamento universal para qualquer marca e dispositivo

A partir de 2025, entrará em vigor a nova normativa Europeia que vai impor o USB-C como o padrão único de carregamento para vários dispositivos como smartphones, tablets, câmaras digitais, auriculares, colunas ou laptops, embora estes últimos possam mudar até 2026.

Melhor para o ambiente

Graças à normalização, evita-se a existência de diferentes tipos de cabos para o mesmo uso e portanto serão produzidos menos resíduos e lixo eletrónico.

Artigo relacionado: Os 9 melhores acessórios para iPhone

Quais as limitações do USB-C?

Apesar de todas as vantagens, o grande problema é que o USB-C não é compatível com outros tipos de ligações. Portanto, vai ser preciso sempre um adaptador até que todos os dispositivos usem o mesmo padrão de conexão.

Com estas informações estás mais do que pronto a receber o novo conector do futuro, o UBS-C. Nota que, se o mesmo vem para uniformizar o mercado e reduzir a pegada ecológica no ambiente, os cabos e carregadores antigos não devem ser simplesmente descartados. Deixa-os no destino certo para que possam ser reutilizados ou vende-os no OLX.


Próximas leituras:

Diferenças entre todos os AirPods da Apple na base dos preços
Planeia comprar AirPods Apple? Contrasider estas funcionalidades e os preços do AirPod …
Como funciona o cancelamento de ruído?
Enquanto procuras os auscultadores perfeitos poderão encontrar o termo "cancelamento activo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *