Já paraste para pensar como é suposto organizar o frigorífico? Quais os locais indicados para guardar cada artigo, quais as zonas mais quentes ou frias, ou como conservar os vegetais e frutas, sem os deixar apodrecer?

Existem conselhos básicos e simples de colocar em prática, tais como a temperatura ideal, que deve situar-se nos 4ºC no frigorífico e, -17ºC, no congelador. As temperaturas baixas previnem o aparecimento de bactérias e micróbios, responsáveis por estragar a comida ou até provocar doenças.

Um frigorífico demasiado cheio dificilmente vai estar organizado e não mantém uma temperatura baixa e consistente, uma vez que a circulação do ar será afetada. Para além disso, a comida toda junta faz com que se criem bolsas de ar quente e frio, o que aumenta o consumo energético. Descobre como organizar o frigorífico.

Organizar o frigorífico começa nas portas

As portas dos frigoríficos são a sua zona mais quente e, por isso, devem ser reservadas para os ingredientes que resistem melhor ao calor. Pela variação de temperatura a que estão sujeitas, as comidas que se estragam facilmente não devem ficar aqui colocadas.

A guardar nas portas do frigorífico:

  • Condimentos;
  • Ketchup, mostarda;
  • Sumos;
  • Água;
  • Pickles.

A não guardar nas portas do frigorífico:

  • Ovos;
  • Lacticínios.

À procura de um frigorífico?

O que colocar nas prateleiras de cima do frigorífico

Como as prateleiras do topo estão perto das temperaturas mais estáveis, podes organizar o frigorífico a partir daqui, com as comidas ou alimentos que não precisam de ser cozinhados. Ou seja, nesta zona refrigerada podes deixar sobras de comida, bebidas, ervas aromáticas, charcutaria e frutos silvestres.

Avança para as prateleiras de baixo, a zona mais fria

Este local deve ser destinado àqueles produtos que se estragam mais facilmente. Para evitar que as bactérias da carne passem para as outras comidas, por exemplo, deves mantê-las embaladas e em cima de um prato ou recipiente, que possa ser lavado regularmente.

Às gavetas destinam-se as frutas, alfaces e vegetais. Nota, no entanto, que há frutas como as peras, maçãs, ameixas ou os pêssegos, que produzem etileno que as ajuda no amadurecimento, mas que colocadas ao lado de vegetais, fazem com que os legumes apodreçam rapidamente.

Como também são alimentos que contêm micróbios e bactérias, deves lavá-los antes de os guardar. Depois de lavados, podem ser colocados num saco de plástico abertos com uma folha de papel de cozinha, que vai absorver o excesso de humidade, evitando que apodreçam.

Ao organizar o frigorífico deixa de fora o tomate, a cebola, a abóbora e as batatas. Alguns destes vão perder o seu cheiro característico e tornar-se farinhentos. Os tomates, por exemplo, devem ser guardados num local com espaço e à temperatura ambiente. As cebolas, as batatas e as abóboras devem manter-se em locais frescos, escuros e sem humidade.

Como organizar a cozinha: 10 dicas imperdíveis

Agora que sabes o lugar de cada coisa, anota 10 truques para organizar o frigorífico

Organizar o frigorífico é mais fácil com estes truques que qualquer pessoa pode fazer, mesmo que não tenha muito tempo para a cozinha ou paciência para organização. No fim, vais ver que ganhas tempo à procura dos alimentos, que a comida dura mais e que a fatura elétrica diminui.

  1. Repensa a capacidade: Se o espaço nunca te chega, procura perceber se não está na hora de trocar este eletrodoméstico. Um eletrodoméstico funcional é meio caminho andado para melhor organizar um frigorífico.
  2. Desinfeta o interior regularmente: Basta passar um pano com um produto desinfetante nas bandejas e superfícies do frigorífico para o manter limpo. Ao organizar o frigorífico desta forma, também vais ter um melhor controlo dos alimentos e dos seus prazos de validade.
  3. Limita e define os espaços: Segue uma regra para manter ordem no teu frigorífico. A porta e a área superior são indicados para alimentos que requerem menos refrigeração, a zona do meio para lacticínios, ovos e refeições quase prontas e, a parte de baixo para o restante. Depois de incutido o hábito, torna-se tudo mais fácil organizar o frigorífico – vai ser uma tarefa quase natural.
  4. Recipientes são aliados: Sejam de plástico ou de vidro, os recipientes são excelentes aliados para organizar o frigorífico. Utiliza tupperware para guardar e conservar melhor a charcutaria, o peixe, a carne, os queijos e muito mais.
  5. Os rótulos melhoram a organização: Não há melhor forma de controlar o conteúdo de um recipiente ou a validade de um alimento. Rotula cada recipiente ou tupperware, para saberes exatamente até quando podes consumir o seu conteúdo.
  6. Descarta embalagens de papelão: Diz adeus a todas as embalagens de iogurte, queijos e afins, pois servem apenas como fonte perfeita para bactérias e para acumular sujidade. Descarta todas as embalagens desse tipo antes de guardares as tuas compras no frigorífico.
  7. Frutas e vegetais já cortados devem ser tapados: Seja com filme transparente, capas de silicone ou outros substitutos mais sustentáveis, opta por cobrir os legumes e frutas cortadas, tanto para evitar a mistura de odores, como para impedir que se estraguem prematuramente.
  8. Não sobrecarregues o teu frigorífico: De nada adianta organizar o frigorífico, se a seguir vais sobrecarregá-lo com mais compras e produtos. Para além de inconveniente do ponto de vista energético, conduz-te ao desperdício.
  9. Adapta o interior do frigorífico às tuas necessidades: As prateleiras, por norma, são reguláveis, já para não falar de acessórios extra que podes comprar para obter mais espaço. Altera a localização das bandejas ou cria compartimentos personalizados, desde que te faça sentido para um frigorífico organizado e prático.
  10. Toma cuidado com as mudanças de temperatura: As mudanças repentinas de temperatura podem estragar alguns alimentos, causar sujidade ou odores indesejados. Antes de colocares algum alimento no frigorífico, deixa que este arrefeça.

Cultiva hábitos ponderados e sustentáveis

Planear as refeições em lotes semanais nos vai ajudar a organizar o frigorífico, a poupar no desperdício alimentar, na energia e no tempo. É o chamado batch cooking, uma das principais tendências do momento.

Assim, reserva então umas horas para planificares o que pretendes cozinhar e em quantas refeições. Prepara tudo de uma vez só e coloca o fogão e o forno para trabalhar. Depois de tudo pronto, não te esqueças de deixar arrefecer à temperatura ambiente e de forma natural, para depois armazenar adequadamente e guardar no frigorífico.

Posto isto, só falta terminar com a recomendação de uma limpeza mensal a fundo, na qual podes utilizar uma mistura de duas colheres de bicarbonato de sódio, para cada ¼ de água quente. Para além de uma limpeza natural e sustentável, evitas utilizar produtos químicos, dos quais os alimentos podem absorver odores.

Agora que já sabes tudo o que precisas de fazer para organizar o frigorífico, já podes colocar todos os truques em prática. No OLX encontras o que necessitas para esta tarefa seja mais simples e menos aborrecida.


Próximas leituras:

5 dicas para destralhar a casa
Aprende a destralhar a casa de forma simples e eficaz. Ganha espaço …
Precisas de fazer obras em casa? Segue estas dicas.
Chegou o momento: é preciso fazer obras em casa. Estes são os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *