E se pudesses plantar 40 árvores por ano? É exatamente esse o impacto de mudar para a energia verde em tua casa. Descobre o que é.

O que é a energia verde?

Portugal já é o 3.º estado-membro da União Europeia que mais utiliza energia verde. Mas o que significa isto exatamente?

A energia verde é produzida a partir de fontes renováveis, tais como a energia eólica, solar, hídrica e biomassa. A geração deste tipo de energia não produz substâncias contaminadoras nem gases de estufa, respeita a biodiversidade e o ser humano.

A energia verde ajuda a combater e contrariar as mudanças climáticas, e a garantir o futuro da humanidade e do planeta Terra. Descobre todas as vantagens para o planeta e para a tua carteira.

As vantagens da energia verde

Estas são as principais vantagens de aderir à energia verde:

  • Sustentável – O sol, o vento, as marés e o calor da Terra são recursos inesgotáveis e sustentáveis. Pela sua origem renovável e limpa, a energia verde é um contributo para a proteção do meio ambiente.
  • Menor dependência energética – Deixa de existir a necessidade de importar combustíveis fósseis do estrangeiro, tal como carvão ou gás natural.
  • Maior qualidade de saúde pública – A poluição do ar, na água e no solo é uma consequência da produção de energia através de combustíveis fósseis. A aposta na energia verde vem eliminar estes problemas e, consequentemente, contribuir para a melhoria da saúde pública.
  • Pensamento global – As pequenas mudanças do dia a dia contam e, se cada um a fizer a sua parte, caminhamos em prol de um planeta mais saudável, oferecendo uma melhoria na qualidade de vida dos seus habitantes.
  • Escolha económica – A energia verde pode ser produzida em casa e, em alguns casos, os excessos podem ser vendidos à rede. Para o consumidor, é uma poupança significativa na conta de eletricidade ao final do mês.

Passo a passo para uma casa eco-friendly

De onde vem a energia verde?

Energia solar

É produzida através da utilização de painéis solares. Estes transformam a energia natural do sol em energia solar fotovoltaica. Os raios solares que incidem nos painéis são convertidos em energia elétrica pelas células fotovoltaicas que os compõem.

Painéis solares: ajuda o ambiente e a tua carteira

Energia eólica

O vento já foi utilizado para deslocar barcos à vela, moer cereais ou elevar água dos poços. As centrais eólicas são instaladas em locais onde a velocidade média anual do vento excede 6m/s, sendo as zonas montanhosas ou junto à costa, os locais ideais em Portugal. Esta energia verde representa hoje 25% da eletricidade consumida pelos portugueses.

Marés

As marés e o movimento do mar são aproveitados para gerar energia elétrica, através de um sistema de turbinas. É considerada uma fonte de energia limpa e renovável, que provém do movimento das ondas em direção à costa, vezes sem conta. É uma energia verde: é inesgotável e não gera gases prejudiciais.

Energia Hídrica

Através da transformação das águas em eletricidade, as centrais hídricas (ou barragens) são o modo mais eficiente de gerar eletricidade e ainda contribuem para a estabilidade do sistema elétrico. Em Portugal, cerca de 30% do consumo energético é proveniente deste tipo de energia verde.

Energia de Biomassa

Produzida através da decomposição das bactérias encontradas em matéria orgânica de origem vegetal ou animal, a biomassa é outro tipo de energia verde. A energia da biomassa compreende a queima de madeira, carvão vegetal, fezes de animais ou resíduos agrícolas. De acordo com o relatório da ANEEL, 14% da energia consumida em todo o mundo é proveniente desta fonte de energia.

Energia Geotérmica

Esta energia verde é proveniente do interior do planeta Terra. Também conhecida como energia geotermal, é considerada uma das energias mais limpas e fiáveis, dentro das opções de energias renováveis.

O calor vem à superfície graças aos movimentos da crosta terrestre, por intrusão de magma fundido e pela circulação de águas subterrâneas. A energia geotérmica proporciona um ambiente energético alternativo, que evita a queima de combustíveis fósseis e pode produzir eletricidade 24h/dia.

Qual é o teu consumo de energia diário?

5 dicas para criar uma casa mais verde

1# Instala painéis solares

Investir num sistema solar fotovoltaico vai baixar a tua fatura de energia mensal e ainda valorizar a tua casa. A maior parte dos painéis disponíveis no mercado garantem produção por 25 anos.

Mesmo sem sol, em dias nublados e chuvosos, a fonte de energia não é comprometida. A energia é produzida a partir da luz do dia. Para além disto, durante o verão e calor terás a casa mais fresca, porque os painéis absorvem os raios solares, impedindo que aqueça em demasia.

2# Escolhe eletrodomésticos eficientes

Também é importante manter uma atitude sustentável dentro de casa. Uma atitude simples como encher a máquina de lavar louça totalmente vai proporcionar uma poupança de cerca de 400 litros de água. Aparelhos energeticamente eficientes podem ainda reduzir a energia em 30% por ano.

Conhece a nova etiqueta energética aqui

3# Adere à compostagem

A compostagem doméstica reduz gases de efeito estufa. Este processo biológico de valorização da matéria orgânica, ocorre quando os microrganismos, como fungos e bactérias, degradam a matéria orgânica. O resultado é húmus, um material fértil e rico em nutrientes.

Compostagem caseira: tudo o que precisas de saber

4# Adere à energia hídrica

Se vives perto de um rio ou fluxo de água corrente, podes considerar um sistema de microprodução de energia hídrica. A produção desta energia verde é contínua e os custos são bastante reduzidos.

5# Recorre à energia de biomassa

Se tens uma pequena propriedade, podes produzir energia a partir de biomassa através do reaproveitamento madeira ou resíduos agrícolas. A forma mais comum é pela gasificação e, para tal, precisas de instalar um biodigestor doméstico.

Nas zonas urbanas, é comum ver este tipo de energia verde produzida através da combustão, com recurso a pellets nas lareiras e salamandras, como fonte de energia térmica para as habitações. Conhece ainda mais dicas para aqueceres a tua casa de forma ecológica.

Para te ajudar nesta mudança, o OLX disponibiliza quase tudo o que precisas para manteres a tua casa energeticamente eficiente, sustentável e verde.


Próximas leituras:

Como reutilizar garrafas de plástico
Sabias que podes proteger o ambiente e, ao mesmo tempo, desenvolver a …
Garrafas reutilizáveis: o primeiro passo para cortar no plástico
O consumo de plástico é um problema global com uma solução individual. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *