O minimalismo é um estilo de vida mais consciente, na defesa de um “ser” em prol de um “ter”. Mais do que reduzir coisas, trata-se de tentar viver com consciência e simplificar.

Descobre as vantagens de seguires este estilo de vida.

Porquê adotar o minimalismo?

Estas são as vantagens do minimalismo, do impacto ambiental à poupança para a tua carteira:

  • Liberdade – Liberta-te das coisas físicas, que te prendem, de alguma forma, tanto psicológica quanto financeiramente.
  • Tranquilidade – Com menos coisas a que te apegares, a vida fica mais simples e tranquila. Um ambiente organizado e onde se viva o minimalismo leva a uma redução de stress. Se apenas tens aquilo que precisas, tudo está no seu sítio, perto de ti quando o necessitas. O stress da procura é eliminado. A Atenção Plena é trabalhada e cada momento é uma nova e interessante experiência.
  • Dinheiro – com o minimalismo, as compras impulsivas reduzem. Antes de comprar pensa: “preciso mesmo disto?” ou “porque preciso disto?”.
  • Satisfação –Uma atitude consciente vai levar-te a uma maior satisfação com o que tens e elimina a sensação de angústia de querer sempre mais.
  • Produtividade – Quem vive no momento, focado numa tarefa de cada vez, é mais produtivo, seja no trabalho ou na vida pessoal. Vais conseguir fazer mais, em menos tempo.
  • Impacto ambiental – O consumismo imprudente tem impacto também no planeta Terra. Um dos benefícios do minimalismo é despertar-nos para a importância da nossa pegada no meio ambiente.

O OLX tem tudo o que precisas para entrar no mundo da meditação

Para além de tudo isto, ao tomarmos uma atitude mais consciente perante a vida, passamos melhores exemplos para as crianças e jovens, no que respeita principalmente ao consumo consciente.

Vejamos, na prática e em 5 atitudes, o que significa praticar o minimalismo.

O que é o minimalismo em 5 atitudes

1# Desconectar, para reconectar

O uso excessivo da tecnologia afeta-nos a vários níveis. A reconexão é importante para que consigas sair desse ciclo. Dá uma pausa à tua mente e procura o tempo para recriar o vínculo aos elementos mais puros da tua vida – a natureza, a família, a reflexão.

2# Menos é mais

Coisas em excesso provocam desordem e estagnação. Com o minimalismo, passas a usufruir mais das coisas, em vez de seres refém delas. Se não usas, não acumules, doa, vende ou descarta.

Economia Circular: sabes como tornar o planeta ainda mais redondo?

3# Consciência presente

Até na hora de gastar dinheiro é preciso tomar decisões de forma consciente, em vez de ações automáticas sem reflexão.

Quantas vezes compraste coisas por impulso, de que realmente não necessitavas? Para praticares o minimalismo, aprende a não gastar dinheiro em vão e a alinhar os teus recursos com os teus propósitos.

4# Simplificar

O minimalismo permite-te desenvolver a capacidade de viver com qualidade e de forma inteligente, simplificando. Esta filosofia vai além dos bens materiais, aplica-se também aos relacionamentos.

5# Priorizar

Contra a perda de contacto contigo mesmo, o minimalismo orienta-te para o que é realmente importante e necessário para seres feliz. Os compromissos, agenda, gestão de tempo, entre outros, seguem essa prioridade.

7 truques para adotares um estilo de vida minimalista

Apesar de tudo, existem alguns desafios no minimalismo

O estilo de vida minimalista é um constante treino de desapego. Definir o que é importante é um desses desafios. Por vezes, torna-se difícil responder a essa pergunta ou pensar sequer em prós e contras claros. É, por isso, importante que não sejas demasiado exigente contigo mesmo e que sintas liberdade, leveza e tranquilidade durante o processo.

Lidar com a partilha quando alguma coisa não é realmente essencial também pode não ser fácil. Pensar em alugar uma roupa de festa, em vez de comprar essa roupa para uma utilização única, pode ser desafiante.

Saber exatamente o que queremos vai ajudar-nos a seguir uma vida de minimalismo mais tranquila. Desta forma, tens a real noção do que necessitas e da distância a que te encontras dos teus sonhos.

Vais ainda perceber que o consumismo não te traz felicidade, podendo ser até impeditivo, uma vez que tira o teu foco de experiências em que podes realmente investir para ser mais feliz.

O minimalismo relembra-nos ainda que as melhores coisas que temos na vida estão ou vão ficar guardadas na tua memória. Esta noção permite-te ver as coisas também por outras perspetivas, permitindo apreciar todos os aspetos do quotidiano.

Quando desenvolveres o autoconhecimento, tornas-te capaz de tomar decisões verdadeiramente conscientes, conhecendo-te a ti e ao que realmente queres. Na ausência do minimalismo, a incapacidade de decidir e a falta de foco estão mais presentes.

Slow Living: a arte de viver o momento

Em suma, para adotares atitudes do minimalismo, lembra-te de priorizar o que merece a tua atenção, destralhar o que não tiver sido utilizado durante o último ano, e comprar menos e de forma consciente.

Desconecta-te, descansa e medita, porque tratar de ti é essencial. Concentra-te numa tarefa de cada vez e deixa de lado a urgência do multitasking, em casa ou no trabalho.


Próximas leituras:

8 melhores microondas para cozinhas pequenas
Estes pequenos eletrodomésticos são um excelente aliado na cozinha e têm evoluído …
Aquecimento central: vale a pena?
Instalar um sistema de aquecimento central é um investimento no conforto e …

6 comentários a “Minimalismo: o que é e como funciona?”

  1. Helena Lopes diz:

    M/Obg. 🙂

    Excelente artigo! Clarificou e deu estrutura ao caminho que à muito tento percorrer destralhando e simplificando o meu dia a dia e daqueles que me rodeiam.

  2. José morais diz:

    Muito bom,Boa explicação,bastante real e verdadeira.
    Nunca me tinha debruçado sobre este assunto, mas fiquei quase convencido

  3. Cláudia diz:

    Boa explicação, estou lendo muito sobre o tema eb procurando por em prática na minha vida. Aos poucos e sem saber já estava pondo em prática algumas coisas. É bom pra nós, bom pro nosso bolso e pro planeta.

  4. a. sousa alves diz:

    Finalmente é com satisfação que encontro um “ser minimalista” pelo menos com um PC que compreende a intenção da minha tentativa de venda de um objeto, para mim perfeitamente inútil.

  5. Felicia Piteira diz:

    Parabéns ao Olx por partilhar artigos deste teor. O minimalismo, é uma filosofia de vida, que venho praticando, já há algum tempo. Tal como o trabalho de aperfeiçoamento pessoal, é para a vida, trabalhar a simplificação e o desapego, também
    Há que estarmos sempre atentos, porque o apelo ao “ter” está sempre lá, em todos os lugares. Obrigada!!

  6. Obrigado diz:

    Excelente artigo. O minimalismo será sem dúvida o estilo de vida a adoptar no presente e a no futuro, tornando a nossa vida mais ecológica, sustentável e naturalmente mais feliz. Passinho a passinho, chego lá! Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *