Gás ou eletricidade? A dúvida é comum entre quem pretende mudar de casa. E pode-te ajudar a poupar sem comprometer a qualidade de vida.

Os dois sistemas possuem vantagens e limitações. A melhor opção para o teu caso vai depender de diversos fatores, entre os quais a tua tarifa energética e o abastecimento de gás natural canalizado. Mais abaixo explicamos-te tudo.

É realmente importante que optes pela solução mais vantajosa para a ti. Os dias frios já chegaram e aproxima-se aquela que é a época mais dispendiosa em termos de consumo energético do ano.

7 dicas para aquecer a casa de forma ecológica

Diferenças entre gás e eletricidade: gás é mais barato?

O gás natural é uma das formas de fornecimento mais económicas. Pelo preço e elevado rendimento, representa muitas vezes a melhor opção disponível para os consumidores.

Desvantagens do gás natural

Apesar das vantagens, este sistema tem limitações quando comparado com a eletricidade – a instalação e a cobertura de abastecimento de gás canalizado. O que é que isto quer dizer?

  • Instalação: Ao passo que, atualmente, todas as habitações possuem instalação elétrica, nem todas estão preparadas para abastecimento de gás. Caso pretendas aquecer a casa e a água a gás, vais necessitar de uma instalação própria.
  • Cobertura de gás canalizado: Se pretendes optar pelo gás por causa do preço, certifica-te primeiro de que tens acesso a uma linha de gás. Em zonas urbanas é comum haver fornecimento de gás natural canalizado. Contudo, nas zonas rurais não é muito frequente. E nestes casos, a alternativa à canalização é o abastecimento através de garrafas de gás, que normalmente saem um pouco mais caras.

Portanto, se pretendes ter gás natural em casa deves, primeiro, certificar-te de que tens todas as instalações e acessibilidades. Depois deste passo e das contas feitas, deves então contactar a companhia com a tarifa mais vantajosa para o teu caso.

Vantagens do gás

  • Preço: O preço do gás natural tem aumentado, mas a um ritmo inferior do que de outras formas de energia.
  • Manutenção: Requer uma menor manutenção do que outros tipos de aquecimento.
  • Eficiência: As caldeiras de condensação supõem uma maior eficácia e dão melhores resultados. Atualmente, a renovação das instalações de gás butano, gasóleo ou carvão tem subvenções para conseguir uma poupança energética e melhorar o meio ambiente.

Quando é que não devo escolher o gás?

Se não tens instalação preparada para aquecimento central a gás ou se não tens cobertura de abastecimento de gás natural canalizado, talvez devas pensar duas vezes. Não só terás de investir dinheiro na instalação, como pagarás o preço do gás engarrafado.

Se decidires optar pela energia elétrica em vez de gás é importante fazer uma boa gestão do consumo. Como? Nós damos-te algumas dicas:

  • Escolhe uma tarifa adequada à tua dinâmica diária: A maioria dos fornecedores oferecem várias possibilidades, que se dividem entre a tarifa simples, a tarifa bi-horária e a tri-horária. Saber qual destas tarifas de eletricidade é a melhor para ti vai depender dos teus hábitos de consumo.
  • Revê a tua potência contratada: Esta define a quantidade de eletricidade que pode ser canalizada em simultâneo para alimentar os equipamentos elétricos da tua casa. Ou seja, diz-te quantos equipamentos podes ligar ao mesmo tempo. Se não fazes uso de toda a tua potência, talvez te compense baixá-la.

Na hora da compra opta por eletrodomésticos mais eficientes. Quanto menos consumirem os teus eletrodomésticos, menor será a tua fatura da eletricidade, e menor será o impacto ambiental. E se ainda quiseres poupar mais uns trocos, compra usados. Podes fazê-lo no OLX.

Sabias que o gás natural é mesmo natural?

Tal como o próprio nome indica, o Gás Natural é de facto uma fonte de energia de origem natural. Este resulta da decomposição de matéria orgânica vegetal e animal, acumulada ao longo de milhões de anos em jazidas naturais subterrâneas.

Desde a sua extração até chegar ao consumidor final, não sofre processos significativos de transformação industrial, sendo essencialmente utilizado tal como existe no subsolo.

O gás natural também é considerado o combustível fóssil mais limpo. Comparativamente com outros combustíveis fósseis, da queima do gás natural resultam menores emissões de óxidos de enxofre e de azoto (responsáveis pelas chuvas ácidas), bem como de dióxido de carbono, que está na origem do efeito de estufa.

A instalação

Se há coisas que podes resolver em casa, a instalação de qualquer um destes sistemas não é uma delas. Para tudo o que tenha a ver com instalações a gás ou eletricidade, deve ser consultado um profissional, sob o risco de ocorrerem acidentes indesejados.

Se pretendes, por exemplo, investir numa instalação de aquecimento a gás deves contratar um técnico especialista para avaliar a tua situação. Se, por outro lado, pretendes alterar a potência contratada, deves consultar um eletricista.

Gás ou eletricidade, tudo vai depender de ti, das tuas necessidades diárias e da tua habitação. Pondera as várias opções e faz as contas. Para além do investimento inicial da instalação tem em conta os custos mensais do consumo e os custos de manutenção. 

Existem diversas tarifas no mercado. Podes compará-las usando uma plataforma de comparação. Se tiveres dúvidas quanto à opção mais adequada para a tua casa, chama um profissional para te fazer a avaliação.

Encontra o teu eletricista no OLX


Próximas leituras:

Carrinhas usadas que podes comprar por menos de 10.000€
Se o teu orçamento tem o teto máximo de 10.000€, mostramos-te 4 …
Arrumação da casa de banho: 8 dicas para ganhar espaço
Tens dificuldade em manter a arrumação da casa de banho? Trazemos-te 8 …

6 comentários a “Gás ou eletricidade: qual é a melhor opção?”

  1. Miguel diz:

    ‘A pessoa de conhecimento está reforçando o poder, trava a sua guerra com orientação perita.’

    Mais uma vez, grato há equipa OLX pelo esclarecimento sobre como evitar despesas desnecessárias e como fazer render o que tenho segundo as minhas circunstâncias.

  2. André Silva diz:

    Bom dia,
    Excelente artigo sobre as vantagens do gás vs eletricidade.
    Para saber qual o melhor tarifário de eletricidade ou gás, fica a sugestão da aplicação Payper que simula, para o caso concreto de cada cliente, qual o melhor tarifário.

  3. Silvino Jorge Rodrigues diz:

    Falta dizer que a ERSE subsidia as instalações de gás natural, pelo que o cliente particular paga apenas uma pequena percentagem da instalação.
    Claro que tal só é possível se tiver rede de gás natural na sua rua.

  4. L Tavares diz:

    Obrigado por este esclarecimento. Foi de linguagem simples que proporciona a compreensão de toda gente e conciso, focando os pontos principais, sem se tornar cansativo e desinteressante.

  5. G. diz:

    Obrigada pelo artigo.
    Gostaria de também saber sobre o uso da botija de gás para aquecimento? Quais os melhores aquecedores climatizantes com chama visível?
    Como tenho numa casa antiga com cerca 80² com espaços abertos, achei que era a melhor opção para ambientar o espaço, pois, com aquecimento electrico, talvez, posso vir a ter surpresas desagradáveiseis na conta de electricidade.

  6. Antonio Soares Carvalho diz:

    Boa tarde Senhores
    Como saber qual o escalão mais aconselhado para o gaz natural para residência particular
    Obg. e cumprimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *